Previdência: votação não começa esta semana

Embora fossem recorrentes as promessas de Rodrigo Maia de que a comissão especial da Reorma da Previdência votaria hoje o relatório do deputado Samuel Morira, aconteceu o que este e outros blogs afirmavam: não há mais chance de que a proposta seja votada esta semana.

Aliás, nem mesmo começa esta semana, porque ainda restam 40 oradores a falar, amanhã, e a apresentação da complementação do voto do relator, que pode ter de ser apresentado amanhã á noite ou, mais provavelmente, na quinta feira de manhã, porque dificilmente o plenário estará cheio após o meio-dia.

Portanto, votação só na semana que vem e aí o acordo da oposição de não obstruir os trabalhos já não valerá.

Mesmo que recusadas a apresentação de emendas de deputados, haverá mais de 30 propostas de emenda de  partidos, as quais terão de ser obrigatoriamente votadas, com encaminhamentos, votações nominais e tudo o mais.

Não é provável que a votação se encerre senão na semana legislativa que vai de nove a 11 de julho. O recesso começa dia 17, na semana seguinte. Até os prazos regimentais para a apresentação de emendas complica.

Crescem vertiginosamente as possibilidades de que a votação em plenário fique para o segundo semestre legislativo.

Foi sem querer, querendo…

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.