Quem pode ser liberal na economia agarrado ao um Estado fascista?

A ação contra o jornalista Glenn Greenwald, embora provavelmente vá ser rejeitada pela Justiça e não prospere – atualmente, nunca se sabe se absurdos serão mesmo travados – é mais lenha no desgaste internacional do Brasil.

Muito embora a nossa grande imprensa, sempre tolerante (quando não raro servil) a tudo o que diga respeito a Sergio Moro, o ataque a um jornalista de renome mundial por seu trabalho, atropelando inclusive uma ordem do Supremo Tribunal Federal, tem consequências.

Já está tendo, aliás, com grandes coberturas em jornais estrangeiros, como o The New York Times, The Guardian e The Washington Post. Este último diz que “o caso é visto como um teste para a liberdade de jornalistas sob Bolsonaro, um ex-oficial militar de direita eleito no ano passado, apelando ao nacionalismo, homofobia, nostalgia da ditadura militar anterior do Brasil e atacando a mídia”.

Já estávamos na berlinda mundial pela questão ecológica, pela discriminação a minorias, pela tênebra de ideias fascistas e, agora, entramos na seara da liberdade de imprensa.

Pode parecer bobagem na cabeça de nossa elite dirigente, mas o mundo – inclusive o dos negócios – depende hoje do cumprimento de certas convenções.

Um estado policial não tem como deixar de ser um pária no mundo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

17 respostas

    1. Por Milton Alves:

      “Na esteira do episódio que gerou a demissão do secretário de Cultura, o bisonho Roberto Alvim, a mídia corporativa e seus articulistas passaram, imediatamente, a tecer argumentos em defesa de uma suposta separação entre os traços neofascistas do governo e a política econômica conduzida pelo ministro Paulo Guedes. Trata-se de mistificação e uma tentativa de separar a voracidade neoliberal das ações autoritárias do governo Bolsonaro. O neoliberalismo é, nas condições atuais, o fascismo na economia, que esmaga os direitos democráticos, a soberania nacional e as conquistas sociais do povo trabalhador. O discurso neoliberal do estado mínimo, da defesa da meritocracia de fachada, da promoção do darwinismo social são elos da mesma e única cadeia…”

      https://www.esmaelmorais.com.br/2020/01/fascismo-e-neoliberalismo-andam-de-bracos-dados-por-milton-alves/

  1. NÃO PODEMOS ESQUECER OS NOMES DOS VAGABUNDOS,ESTE É UM QUE ENTRA NA LISTA,E PAGARÁ.
    SENÃO PAGAR ,ESTAREMOS CRIANDO UM NOVO MONSTRO
    .OU NA LEI OU NA BALA.
    TÔ DE SACO CHEIO DESSES VAGABUNDOS.

  2. ESTAMOS EM GUERRA.
    SÓ OS INGÊNUOS AINDA NÃO PERCEBERAM.
    O QUE É NECESSÁRIO PARA DESPERTARMOS?????????????????????????????????????????????????????????

  3. O saqueo das riquezas de um país ,a escravidão das MASSAS só pode ser dado a partir de um regime fascista e da FALTA DE CORAGEM DAS VÍTIMAS.
    Num país com cidadãos ,esses delinquentes não poderiam andar nas ruas,nunca teríam sido escolhidos.
    Esse é o problema do Brasil,ele carece de CIDADÃOS ,o Brasil é composto por uma massa imbecil,egoísta e absolutamente BURRA.

    1. Esses milicianos q no Rio aumentaram a cobrança dos moradores da praça seca seriam linchados ou todos presos na sede deles e queimados vivos pela populaçao unida em furia. Esse ha de ser o fim deles.

  4. Gostaria de concordar com você, mas a realidade é que muitos dos países mais influentes do mundo nao respeitam estas convenções. A China é uma ditadura de partido único, sem eleições ou imprensa livre. Isto não atrapalha em nada sua inserção no mundo.
    Israel discrimina através, faz assentamentos ilegais e é igualmente influente. Pra não falar nos próprios EUA que fizeram leis de vigilância geral da população, prisão sem condenação em Guantánamo, assassinato de general de outros países.
    Infelizmente não há esta moral por parte dos países. No máximo há interesses contrários outros e aí se usa destes fatos como desculpa ou justificativa para represalias. obviamente não será o caso pra Bolsonaro, que é um entreguista.

  5. NÃO PODEMOS ESQUECER OS NOMES DOS VAGABUNDOS,ESTE É UM QUE ENTRA NA LISTA,E PAGARÁ.
    SENÃO PAGAR ,ESTAREMOS CRIANDO UM NOVO MONSTRO
    .OU NA LEI OU NA BALA.
    TÔ DE SACO CHEIO DESSES VAGABUNDOS.

  6. O Brasil quebra o pensamento de Marx. Aqui, a história se repetiu a primeira vez como tragédia, e a segunda vez se repete como comédia pastelão radical dos três patetas: Moro, Bolsonaro e Guedes. Claro que a figuração é também de deixar o queixo caído. .

  7. Alguém nestes comentários me acusou de ser pessimista. Levo a sério e reflito sobre comentários e respostas quando são educadas e conectarem o lê com crê. No entanto, pelos acontecimentos vários ocorridos nos primeiros dias do ano, menos de um mês, confirma-se de modo superlativo as minhas desconfianças de que este ano vai ser muitíssimo pior que os anteriores, mesmo muito pior que o ano passado. Se no ano passado comemos o pão que o diabo amassou, este ano vai faltar pão. É possível dizer outra coisa que não seja: sem saída?! Os destruidores do país estão ganhando de lavada. Não vão ter nada para entregar, mas pessoalmente estão se locupletando à larga.

    1. Exatamente. O chefe dos gangsters-milicianos vence a eleição com uma campanha de milhões de mensagens nojentas no whatsapp e Fernando Haddad, em que votei com esperança, lhe dá parabéns e boa sorte. Por literalmente NADA, Dilma Rousseff sofreu um processo de impeachment e foi destituída do cargo legítimo. Trump vem sofrendo um processo de impeachment por muito menos, não vai dar em nada, mas pelo menos foi aberto o processo, foi marcada uma posição e algum desgaste ele vai sofrer.

      Aqui o demente-em-chefe deita e rola, mente, desmente, abusa, ameaça matar opositores, mata e manda matar, pinta e borda, ofende jornalistas, defende a tortura, acaba com direitos trabalhistas, liquida empresas estatais, acaba com educação, saúde, não gera um emprego sequer e a oposição NADA FAZ, esperando que ele morra, tropece e caia sozinho. Infelizmente não vai acontecer. Não entendo por que até hoje não foi aberto um processo de impeachment contra o fela-da-puta-troglodita-desgovernante-em-chefe. Pode dar nada? Sim, sem dúvida. Então vamos sentados em casa jogando vídeo game e assistindo seriados americanos no Netflix.

      Para não enlouquecer estou aos poucos me alienando. Cada vez busco menos informações, venho evitando entrar aqui, no GGN, 247, twitter e evito comentar as noticiais. Aos poucos vou me tornando um zumbi, como todos os que me cercam, na família, no trabalho, todos vivendo na bolha do “as coisas vão melhorar, a economia está se recuperando”.

      Que coisa horrível.

  8. Fernando, por favor, lidere movimento para que o congresso convoque o procurador para prestar esclarecimentos. Constranger essa turma é o mínimo que se pode fazer em resposta aos abusos de autoridade. Deve existir alguma comissão sob controle da oposição para convocar esse cara.

  9. Não estou tão certo que não será dada sequência à denuncia já que o juiz da ação será o mesmo que indiciou o instituto Lula mesmo sem ação do MP.

  10. QUEM VAI DEFENDER A CONSTITUIÇÃO FEDERAL BRASILEIRA ? Após o fracasso o “fritador de hamburguer”, arregimentou o “seu” Ministro da Justiça (ex juiz ) Sérgio Moro, com seu Procurador particular, Wellington Oliveira, que como o “cabo e o soldado”, prontos para tentarem a Intervenção, quem sabe, até fechar o STF.

  11. Pode não ser nada, mas o procurador-morista Wellington Oliveira fez essa patacoada contra o jornalista Glenn no dia seguinte em que o ex-juizeco foi ao programa “Roda Viva” e recusou a presença do jornalista no mesmo. O “timing” da lava jato continua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *