Segundo ministro também vota por reduzir a pena de Lula

Jorge Mussi, o segundo dos integrantes da 5ª Turma do STF a votar também se manifestou pela redução da pena dada a Lula pelo TRF-4, argumentando que o tribunal a havia fixado “comparando” com outros casos.  No total, ele rearbitrou a pena em 5 anos e 6 meses pela acusação de corrupção e outros 3 anos e 4 meses pela alegação de lavagem de dinheiro. Oito anos e 10 meses (e vinte dias), o mesmo que foi fixada pelo ministro-relator , Félix Fischer.

Da mesma forma, considerada a progressão do regime, isso daria a lula a prisão domiciliar em setembro/outubro. Parece que este valor da pena foi o “combinado” pelos independentes juízes.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email