Só a Miriam Leitão ainda vê “recuperação” para ser ameaçada

Na sua coluna em O Globo, Míriam Leitão afirma que a elevação do dólar (neste momento a R$ 4,17) ” é uma ameaça real à recuperação da economia”.

Bom, que um aumento do dólar como o que temos é uma ameaça, não é preciso ser papisa da economia como a moça do ponto eletrônico.

Resta saber a qual recuperação da economia se refere ela, porque a análise mais generosa vê, no máximo, uma estagnação econômica no fundo do poço.

E mesmo isso já acabou há três meses, depois que a greve dos caminhoneiros sacolejou nossas gambiarras econômicas.

O dado divulgado hoje pelo IBGE sobre a variação das vendas no varejo – onde o povão sente a economia – e que reproduzo, em gráfico, aí em cima, mostram isso claramente.

A única  coisa relevante que aparece na coluna de Leitão é a informação de que a inflação no atacado subiu 11,9% em 12 meses, três vezes, praticamente, mais que  a inflação ao consumidor final, entre outras razões, e não só, pelo câmbio.

Vende-se hoje um quarto menos de móveis e eletrodomésticos, um quinto menos de roupas, um terço menos automóveis, motocicletas e peças do que no melhor momento da economia. Como alimentos não se pode  deixar de comprar, embora com redução de 2,6%, a queda global do varejo fica em 8,5% em relação a 2014.

Quando o custo sobe na produção e a falta de poder aquisitivo não permite que ele cresça na venda se forma, é obvio, uma represa de inflação e de recessão: se o preço não pode subir sem perder vendas, o dinheiro sai da produção e vai – já foi, aliás  – para o mero mundo da virtualidade financeira.

E como a sociedade não pode viver sem produção, do lado dos preços vamos preparando uma “Samarco inflacionária” que o próximo governo terá de desmontar, se não se romper até lá.

Não é, portanto, uma “recuperação ameaçada” o que temos. O que temos é um desastre anunciado.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

21 respostas

  1. Correto. Temos um cenário que prediz estouro inflacionário combinado à estagnação da atividade econômica, o pior dos mundos. Tudo isso graças à “inteligência” do “dream team” que o golpe instalou na Fazenda e no BC, com a retaguarda nem tão disfarçada da turma dos bancos nacionais e internacionais. O “ajuste fiscal” suicida, diga-se a bem da verdade começou a mostrar os sinais da tragédia já no segundo governo Dilma, quando ela não soube enfrentar as pressões golpistas e cedeu a um programa neoliberal estúpido com o Levy. Desastre que foi terrivelmente aprofundado nos dois anos de tragédia econômica e fiscal do Temer. De lá para cá a dívida pública disparou e está em quase 80% do PIB, e ao mesmo tempo as medidas de aperto fiscal represeram consumo e renda.

    O próximo governo terá que enfrentar essa bomba. Se for um governo do bolsobesta ou do mercadista obtuso Alckmin, o país será destruído em menos de um ano e vendido aos pedaços aos donos da grana global. Se for de esquerda, precisará da ajuda dos deuses para sobreviver e nos tirar dessa situação.

    1. Precisamos de um Governo de apelo popular não destes generais de pijamas por ai
      Lembram do Figueiredo do “eu prendo e arrebento?
      Pois é né!!
      Deu no que deu!!!

    2. A história provou que Dilma não tinha a menor condição política de governar, visto que foi traída pelo seu vice antes mesmo da eleição. Pois nunca pretenderam dar continuidade a seu governo, mas colocar em ação a Ponte para o Inferno.

  2. E não duvidem que essa “represa de recessão e inflação” será usada para enfraquecer e talvez derrubara ainda mais ràpidamente um eventual governo do famigerado “plano B”, que os golpistas (de dentro e de fora) impuseram ao PT e à Esquerda.

    Se os gorilas e “vacas fardadas” assumirem de vez e formalmente o governo – seja por meio da eleição farsesca e fraudulenta, seja por mais uma manobra do golpe em curso – a violência repressiva, os sumiços, desaparecimentos e mortes de lideranças e militantes da Esquerda terão aumento exponencial. A matança de pobres, negros, mestiços, indígenas, trabalhadores sem-terra, famílias sem-teto, moradores das favelas e periferias também será intensificada com a legitimação dos golpistas de coturno por meio da eleição fraudada.

    O neoliberalismo privatista e entreguista, levado ao extremo, pode implicar em declínio populacional antes de 2020. É provável que o alto comando internacional do golpe (Deep State estadunidense e finança transnacional) esteja revendo a estratégia para manter a América Latina subjugada aos interesse econômicos e geopolíticos dos EUA. Os golpistas de coturnos e baionetas já devem ter recebido instruções para demolir a Fraude a Jato. Notem os leitores que os generais já estão enquadrando os togados. Uma exploração continuada desse fazendão em que transformaram o Brasil precisa garantir pelo menos a ração e a sobrevivência do exército de reserva da mão-de-obra barata, de modo que as castas dominantes – ou pelo menos parte delas – possa viver em seus condomínios fechados e de luxo.

  3. Junte um clima de ódio produzido, desde 2013, contra um projeto popular eleito democraticamente, com o pessimismo causado pela prisão do maior incentivador e líder que esse país tem (Luiz Inácio Lula da Silva), com os juros castradores praticados pelo mercado financeiro, que desincentivam a produção e incentivam a aplicação no ganho virtual; e temos uma receita de fracasso retumbante na economia. Finanças, psicologia e comportamento das escolhas andam juntos. Não existe crescimento com esse clima canibal.

    #HaddadNoGovernoLulaNoPoder13

    1. O que LULA recebeu dos tucanos era um fim de feira, FMI mandando e desmandando, reservas cambiais pífias e as custas de aporte do fundo maligno….e todos nós sabemos o que LULA e o PT fizeram, como recuperaram de fato a economia, inserindo o Brasil entre os países mais ricos , e tirando o Brasil do mapa da fome – vergonha eterna em nosso caso… Quem fez, fará de novo, pois sabe como e oque se deve fazer…. É 13 !!!! É 13 !!!! É 13 !!!!
      HADDAD/MANUELA/LULÃO !!!!!
      O Brasil P ara T odos os brasileiros !!!

      1. O duro é ver pessoas trabalhadoras que estavam bem na epoca do PT reclamarem e dizerem que preferem votar no bolsobosta do que eleger o PT novamente.
        Espero que os republicanos do PT tenham aprendido a lição, enquanto existir Globo e mídia como temos hoje não haverá democracia no Brasil.

  4. a quantidade de mistificação que o Mercado produz só se iguala a de um outro ” Mercado”, o do Walter Mercado…ligue dja

  5. Ser militar é a opção para quem não tem nenhuma aptidão. Eles ainda acreditam que existem comunistas no Brasil. Seria hilário, se não fosse trágico.

  6. Esta turma da Globo estão pisando em ovos, estão tentando alucinadamente levar este imbróglio até o final do ano (se possível até 07 de Outubro) Mas, por mais que estes Generais de pijamas rosnem, há uma realidade irretorquível?: economia já foi pro brejo. Não é com rosnados que estes Milicos de pijamas irão contornar a situação.

  7. Muitas vezes penso se essa senhora não sofre de uma espécie de “síndrome de Estocolmo” prolongada, pois torturada grávida pela ditadura, se rendeu de corpo e alma à rede Globo, apoiadora inconteste do regime militar que a torturou.

  8. Acho impossível dissociar o adjetivo “patética” do nome Miriam Leitão.
    Eu sei q isso não é do feitio do Fernando Brito, mas pra mim essa associação já se estabeleceu; as palavras Miriam Leitão e patética vem sempre juntas !

  9. Assustador esse momento, enquanto isso discursos falam em metralhdoras, o povo assustado pensa em se armar, o judiciário, causa maior dessa desgraça só pensa em aumentar os seus ganhos e privilégios, as eleições estão aí e não se ciscute uma saida. Vamos ver no que vai dar, esse é o sentimento popular. Muita sorte Brasil.

  10. O processo eleitoral destruiu a Míriam Leitão. Ela só funciona se falar sozinha dentro de um estúdio da Globo. Confrontando-se com candidatos como Ciro e Haddad, ela gagueja, ajeita o ponto no ouvido, rodopia como uma barata tonta e não consegue mais passar seus dogmas rasteiros e sua propaganda barata como se fossem a incontestável verdade científica.

  11. É tanta bola fora e tanta subserviência aos patrões, todo dia desmascaradas, que essa moça devia dar um tempo e auto-flagelar-se com urtiga pra atenuar as ânsias do demo que nala vive.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *