Só dois dias depois, Folha pede que entrevista seja liberada

Dois dias depois de ter sido censurada, afinal a Folha reage.

Pede a Ricardo Lewandowski que mande cumprir a ordem de  permitir a entrevista de  Lula que autorizou na sexta-feira.

Provavelmente obterá a ordem, porque o despacho de Luiz Fux, ao que parece, é inepto do princípio ao fim.

Salvo um arranjo, o presidente do STF, Dias Tóffoli, não poderá dizer que estava ausente, pois estava em São Paulo que, ao que conste, é território nacional.

O presidente da República não transfere o cargo se for a Belo Horizonte, nem o presidente do Senado ou da Câmara se licenciam do cargo quando vão ao Ceará ou ao Rio.

Mas  Fux usurpou as prerrogativas do cargo, investindo-se na presidência do STF com a  viagem de Dias Tóffoli a SP.

E atropelou mais o Regimento: seu direito, como presidente interino (se o fosse) estaria limitado a decisões cautelares e não de mérito, como foi a de seu colega Lewandowski, ao decidir permitir a entrevista.

Pior ainda, aceitou uma ação de quem não tinha competência legal para apresentá-la: o Partido Novo, de João Amoedo.

Nunca estive no Poder Judiciário mas, no Executivo  – e não vejo porque seria diferente por lá –  há um documento formal de transmissão do cargo, hoje assinado digitalmente, com hora e data registrados.

Tóffoli passou a presidência do STF a Fux? Sim ou não? Se não, tudo é ilegal; se sim, porque, numa simples viagem a São Paulo?

Estamos diante de – não há terceira via possível – de uma fraude e ou de uma conspiração, onde a cadeira central da Suprema Corte foi deliberadamente deixada a quem não se constrangia em expor-se como um esbirro da ditadura de silenciamento de Lula.

Omis provável, como sugere a jurista Giselle Citadino, é que haja uma armadilha institucional: “Se Toffoli, na segunda, cassar a decisão de Fux, a partir de terça será descrito como a representação do PT no STF. Se não cassar a decisão, perde inteiramente sua capacidade política de exercer em sua plenitude a presidência do STF.”

Os apavorados com o poder da fala de Lula dizem que “preso não pode falar”, numa grotesca ideia de que quem é condenado não possa, nunca mais, defender-se.

Aboliu-se o trecho da Constituição que fala que “ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória”e a sentença  esdrúxula de Lula não o foi nem o será.

Aqui, a notícia pode ainda ser abafada pelo conluio da mídia.Mas não lá fora.

O Judiciário brasileiro está cometendo um harakiri sem sem honra.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

34 respostas

  1. O que acontece é que está dando a impressão de que o Toffoli ficou como um fraco nessa história. Se o Toffoli não reagir logo, vai ficar como fraco e será assim que todos vão vê-lo. O Lewandowski não é visto como fraco, já que fez o que tinha de fazer e pronto. Agora, com certeza, vai dar sequência a sua obrigação. Mas se o Toffoli aceitar abrir a porteira para uma peruca, nunca mais vão precisar de sua autorização para nada.

      1. Pior do que a Carminha?
        É preciso esforço para lá de sobrenatural para conseguir tal feito!
        Mas, reconheço, no Brasil do golpe somente atos de verdadeira Justiça conseguem ser surpreendentes!

  2. “Tóffoli passou a presidência do STF a Fux?”
    Hipótese do Nassif: tudo teria sido combinado entre os dois.
    Faz sentido?

  3. Se isto não é caso para impeachment, não sei o que mais seria.
    Ou a esquerda toma uma atitude, ou revelará uma covardia inaceitável.
    O rei fascista está nu!

  4. Como diria o Barão de Itararé: “De onde menos se espera é que não sai nada mesmo”. Pendemos pelo fio único e fino de uma eleição e vamos precisar mais do que a vitória eleitoral para barrar o arbítrio.

  5. Eu só quero entender porque o Lula vai dar essa entrevista para um de seus maiores algozes. Certamente armarão uma arapuca e depois vão distorcer todas as respostas. Acho bom o PT fazer algumas exigências, como a participação de jornalistas autônomos, como o Fernando Brito, o Eduardo Guimarães e outros. Isso está me cheirando a armação (mais uma, entre milhares) desse jornaleco podre e sem credibilidade alguma. Acho que estão preparando um combustível explosivo contra o PT a 6 dias da eleição. No lugar do Lula eu diria só oito palavras para a Felha: “VTNC golpistas f.d.p.”

    1. Acontece meu caro: A Folha não estará sozinha e qualquer armação, o Jornalista Florestan Fernandes denunciará. Pior pra folha que terá de piar fininho. Imaginem se fosse a Venus Platinada? Inventariam um monte de mentiras, diriam que o Lula está na maior mordomia, diriam que o Lula é abastecido (refeição com Salmão, Caviar, cervejinha gelada , Wiske importado etc e etc. Estaria preso na maior mordomia com Suite etc e etc. Este povo não presta.

  6. Brito, no seu artigo de há dois dias atrás, intitulado “Sérgio Moro tem poder! Fux cassa Lewandowski e proíbe Lula de falar”, eu já alertava que era / é mais uma jogada da direita cretina para “causar”… Literalmente, escrevi num comentário aqui no Tijolaço (na matéria referenciada anteriormente) que “A Foia tem mesmo muito interesse em divulgar qualquer coisa do Lula ou que possa beneficiar o (nosso) lado que ele defende… É claro que mais uma vez vai sair “por cima” dessa com o “crédito” adicional de ter tentado (pero no mucho) divulgar a pluralidade de opiniões. Não me espantaria saber que fizeram tudo isso (a entrevista, a divulgação de que fizeram a entrevista, propaganda etc) já esperando que seriam “censurados” na última hora. Também é claro que há canalhas, canalhas, canalhas no STF (não os estou defendendo, não) mas esperar vir algo de bom de cúmplices do golpe 2016/18 é no mínimo ingenuidade anacrônica e passível de utilização pela direita.”…

  7. NÃO EXISTEM DÚVIDAS E SE ALGUÉM AINDA AS TÊM É PORQUE É UM IMORAL.
    ESTES TOGADOS FAZEM PARTE DE UMA QUADRILHA ILEGAL,ANTI-DEMOCRÁTICA E CONTRA O BRASIL.
    Se no propósito de cumprir as ordens dos chefes da quadrilha ,atropelam a Constituição,as leis,a ética,e o mínimo respeito pela civilidade ( ou oposto é salve-se quem puder) TÁ NA HORA DE FAZER SABER AOS QUADRILHEIROS,NÃO ESCAPARÃO SEM PUNIÇÃO!!!!!!.
    É a única maneira ,a punição exemplar destes TRAIDORES que servirá de freio para os futuros Fuxs/gilmares/bentos carneiros/rosa weber/fachins /barrosos /toffolis da vida não se aventurarem contra o Brasil e seu povo.

  8. Enquanto isso o eterno caminhante do muro decidiú tirar a máscara e deixar toda sua CANALHICE expôsta.
    CIRO VC É UM CANALHA, SUA ÉTICA VALE TANTO QUANTO UM PAPEL HIGIÉNICO USADO ,dizer que a entrevista do Lula seria uma aberração ,somou mais um degrau na descida a fundo da lata do lixo.
    Pensar que os caras que apoiam este canalha ,pensam ser inteligentes ao ponto de criticar por emocional e carente de lógica a escolha dos pts.

  9. Fiz agiu de boa fé, no entanto mostrou total desconhecimento e portanto inépto para o cargo. Sua exoneraçáo deveria ser automática nesse caso. Evidentemente com a perca de sua casa funcional e levar de quebra sua filhinha desembargadora. Sem uma limpa no STF não haverá democracia que resista. Recebem muita grana e deveriam se respeitar pelo menos.

  10. DT – se tivesse brios e vergonha na cara – dava uma enquadrada no peruqueiro ridiculo

  11. A imagem do Levandowisk foi muito queimada quando ele “apoiou ” o Impeachment da Dilma. A impressão para os eleitores foi que ele aceitou de bom grado o afastamento da Dilma pra consegui um polpudo aumento de salário para o Judiciário. Agora com esta traulitada do “peruquento” então que a coisa piorou. Ou Levandw reage a altura contra o “peruquento” ou sua imagem irá pra lata de lixo junto com a maioria dos integrantes do STF.

  12. Cadê o Tofoli??? Com certeza deve estar se borrando de medo escondido debaixo da saia de sua senhora. É um “pamonha”

  13. Reforma do judiciário já. Fim do mandato vitalício para essa corja de bandidos de toga. O cargo é melhor do que para presidente, salário maior que o do presidente, cargo vitalício, acima da lei.

  14. Isso tudo é combinado. Não é a primeira vez que vossas excrescências fazem isso. E além disso está me cheirando a mutreta essa entrevista. Vão editar igual em 89.
    Só não entendi por que o Moro não faz mais palestras internacionais. Picareta.

  15. É bem plausível que tenha sido uma combinação entre o Presidente do Supreminho, o Fuxi e com a orientação do general assessor. Não fosse assim, diante desse descalabro no seio da suposta maior corte, seu presidente teria prontamente se manifestado. Como quem cala consente, tudo leva a crer que foi mais um golpe arquitetado pelos neo fascistas desse bordel que seguem implantando o estado de exceção. Covil de canalhas!

  16. Engraçado os adversarios de Haddad, tentando criticá-lo, associando-o a Lula. Este é o forte da campanha de Haddad. Ou eles pensam que o povo está acreditando nessas acusações e sentenças, sem embasamento, proferidas contra o eterno Presidente?

    1. Mas é fácil Alckmin, Meirelles, Bozo etc rebaterem isso.
      É só se declararem associados a Michel Temer.
      O que, aliás, de fato são, tanto que pretendem, se eleitos (e, felizmente, não serão), aprofundar os desatinos do Vampirão!

  17. Se perguntar não ofende, então? Rolou grana $$$$$$ na sentença do impedimento do FUX???? Com a palavra o Partido Novo da DIRETA ____ $$$$$$$$$$$$.

  18. Duvido que o STF vá liberar as entrevistas. Ele está se lixando pra tudo, o que interessa agora é atrapalhar o PT.

  19. Fernando Horta no Luis Nassif Online

    “…O resultado disto não é bonito. O antintelectualismo cresceu, blogueiros e youtubers passaram a dar pitaco em tudo, de dietas e emagrecimento à política e economia. Professores e acadêmicos foram deixados de lado e a sociedade achou que poderia caminhar cega e bêbada guiada “por deus” e pelo ódio. Mais mulheres mortas e agredidas, violência de gênero explodindo, policiais achando que estão no velho-oeste norte-americano, e o cidadão comum “empoderado” a espancar pessoas na rua e amarrar crianças em postes para serem agredidas.

    Neste cenário, é preciso frisar, o tempo todo a ex-presidente do STF vinha a público – como uma diva sob efeito de psicotrópicos em danceterias dos anos 80 – dizer que “as instituições estão funcionando”.

    Em 2018, começou a “bad trip…”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *