Subida de Haddad segue firme no povão, diz Datafolha

Resultados do Datafolha nas camadas populares, analise.

Entre os de escolaridade fundamental: 27% a 18% de Bolsonaro ( eram 17% x 19% há uma semana);

Entre os que ganham até dois salários mínimos: 28% Haddad contra 18% Bolsonaro ( eram 20% x 19% há uma semana)

Entre os nordestinos, nossos irmãos mais sofridos: Haddad 38%; Bolsonaro 16% (eram 27% a 17%, sete dias atrás)

Não digam mais, nem por brincadeira, que o povo brasileiro é ignorante.

Venceu toda uma avalanche de mídia e de sabidos.

E onde estão os sabidos?

Datafolha, entre os de nível “superior” (as aspas são obrigatórias) : 37% a 17% em favor da besta-fera.

Eles preferem um monstro a alguém que cuide de seu povo.

O inimigo do Brasil é a sua elite, colonial até a medula, que odeia, em lugar de amar, o seu povo.

E nem compreende que este não será um grande país sem ele.

Não entenderam Getúlio Vargas até hoje.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

13 respostas

    1. Não só não entenderam, como se dedicam ensandecidamente a destruir tanto o legado como as figuras físicas de Vargas e de Lula.
      O porta-voz do golpe, FHC, quando eleito presidente declarou repetidas vezes que seu intuito era o de acabar com a “era Vargas”. Tentou e não conseguiu. Depois que saiu da presidência tentou de todas as formas destruir politicamente Lula e por último apoiando e incentivando o plano destruí-lo moral e fisicamente. Falhou nisso tembém.

  1. Getúlio?! Não entenderam a Libertação dos escravos e corroperam a própria idéia de República como uma vingança e uma malcriação à Monarquia que permitiu esse “luxo” do fim da escravidão pelo menos como instituição e negócio. Diria que muitos nunca vão superar o século XIX e em alguns aspectos outros tantos continuam presos a ideia da Inquisição.

    1. Foi quase isso. O imperador Pedro II, um homem de mente aberta que era amigo íntimo de Victor Hugo e de vários outros intelectuais de peso ao redor do mundo, era radicalmente contrário à escravidão. O Império caiu porque ficou claro que a abolição poderia ser decretada a qualquer momento e, na tentava de evitá-la, entrou na cena política o recém fundado Partido Republicano Paulista, que reunia a nata dos barões do café e que era o único partido republicano estatutariamente escravagista no mundo. O PRP mandou emissário ao Rio com muito dinheiro e duas funções: Comprar a imprensa venal para diariamente fustigar o governo imperial, e promover contatos no Exército para miná-lo com o germe da traição. Prevendo a catástrofe política, o Império mal teve tempo para proclamar às pressas a abolição da escravatura. Este emissário conseguiu que um golpe militar fosse dado, e seu pagamento deveria ser a presidência da nova república. Mas como era mulato (!!!), a elite paulista o enganou e, depois da interinidade do governo militar, instalou-se no poder e só permitiu que ele fosse senador. Morreu de desgosto. Seu nome: Francisco Glicério, um dos heróis exclusivamente paulistas.

  2. A máscara do Ciro caiu e mostrou sua verdadeira face de rancoroso e ressentido, ao afirmar de forma decisiva que não apoiará Haddad, no segundo turno, mau perdedor se iguala a Aécio e Bolsonaro e entra assim para o clube que cada vez aumenta mais, o dos ressentidos, se juntando a Marina e Cristovam. Como um menino mimado queria que o maior partido de oposição, o PT, renuncia-se ao direito de escolher um candidato de seus quadros para apoiá-lo. Seu comportamento tresloucado nesse momento comprovou que Lula e o PT tinha razões de sobra para não confiar nele, Ele que faça como a traíra Marina que saiu em campo e criou o seu próprio partido, a Rede, mais carismática que Ciro, a candidata da rede passou a ser uma alternativa àqueles de esquerda que se desiludiram com os governos do PT. Na primeira eleição presidencial que disputou, Marina se saiu muito bem para quem se abrigava numa sigla pequena e sem representatividade em todo o país, chegou perto dos 20% dos votos, no segundo turno ficou neutra. Vem a reeleição da Dilma, Marina de novo reafirma seu carisma e consegue a proeza de repetir a façanha de ficar na casa dos 20% dos votos, mas foi no segundo turno que a candidata da Rede cometeu seu erro crasso, resolveu não ficar neutra e traindo seu eleitorado de esquerda apoiou o candidato da direita e do neoliberalismo Aécio. Nesse momento, ela confirmou o que seus desafetos já diziam que Marina alimentava um sentimento de vingança, de ressentimento por ter sido preterida pela Dilma na escolha dentro do PT e que não tinha mais ideal político mais só o desejo de destruir Lula e seus antigos companheiros. Isso explica o encolhimento eleitoral de Marina, que se confirmarem as pesquisas que lhe dão entre 5% a 8% de intenções de voto vai ter sua maior derrota eleitoral neste pleito.

  3. *********urgenmte***********

    Luiz Fux proíbe
    Lula de dar
    entrevistas,
    suspendendo decisão de Lewandowski

    Saiu agora..

  4. O povão é muito mais consciente do que os sabidinhos da classe média mal-remediada. Estes sabidinhos são mais abertos para receber o veneno da rede Globo, enquanto que o povão é impermeável a ele. O Freando Henrica já sabia disso, quando denunciou que os “desinformados” das classes inferiores eram os culpados pela derrota do Serra em 2010. E eram mesmo, só que em lugar de “desinformados” ele deveria ter dito que eles eram imunes a veneno de cobra. Eles não vão na conversa mole da Globo, nem do Estadão, nem da Veja e muito menos da “justiça” tucana em quem aquela classe média envenenada tanto confia. Alguém por aí já disse que a questão é que o povão provou do “fruto proibido” e despertou para um mundo diferente daquele no qual era explorado, semi-escravizado, tratado como um rejeito social ao qual nunca foi dada a mínima chance de se desenvolver como ser social. O tal fruto proibido lhe foi dado pelos governos do PT, com suas políticas de inclusão.

  5. Sempre afirmo que quem nos premía como republiqueta de banana é a nossa elite, os portadores de diplomas, os mais bem situados em nossa sociedade, o povão mostra que sabe o que quer e faz sua parte para um país verdadeiramente desenvolvido , justo e democrático.

  6. Eu prefiro o monstro no segundo turno. Se derrubarem o nazista haverá uma fraude para colocar o planejado por ELES, Alckmin.

  7. Para ter clareza do momento da pesquisa DUAS são as informações relevantes: (1) Aceitação – os votos que o candidato conquistou até o momento da pesquisa; (2) Rejeição – a repulsa ao candidato.
    Esta segunda informação está faltando. Por favor, Brito, coloque essa informação a nossa disposição para termos um quadro mais completo e podermos comparar Aceitação versus Rejeição.

  8. Por que será que o Coiso e PT são os mais rejeitados ?
    Isso tem alguma influência no resultado ou é algo irrelevante ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *