Temer, como Sarney: um presidente que não pode sair à rua

temersarney1

Será que alguém, depois da cena de hoje no centro de São Paulo, vai querer ser o candidato que “vai preservar o legado” de Michel Temer?

Como José Sarney, apedrejado no Centro do Rio em 1988, 30 anos depois, Temer, ao sair corrido da visita aos escombros do prédio incendiado no Centro paulistanto vai completando a mórbida semelhança com José Sarney, que ascendeu ao poder para ser o antípoda das esperanças despertadas na redemocratização.

Como o seu “mestre”, o usurpador destes tempos está fadado a ser apenas um saco de pancadas nas eleições.

Quem lhe carregava o fardo – Ulysses Guimarães e Aureliano Chaves – foi reduzido a candidato “nanico”, malgrado todas as máquinas partidárias de que dispunham.

Em meio ao drama das famílias miseráveis que perderam até mesmo os farrapos que tinham a presença de alguém que virtualmente paralisou a construção de moradias para os mais pobres – o Governo Temer contratou, ano passado, apenas 23 mil na faixa 1, que atende famílias com renda mensal de até R$ 1.800, não podia dar em outra coisa.

 

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

48 respostas

  1. o que esse demente achou? que ia ser aplaudido pelo legado que ele está deixando?

    1. Ele queria aparecer na imprensa comprada como uma pessoa hmana e solidaria, foi espulso, ponto para os sem teto

    2. Ele achava que a quantidade de “jornalistas” convocados suplantaria a quantidade de gente de verdade e formaria uma cortina protetora de defesa de sua pessoa. Isso não aconteceu e o caldo entornou.

      1. mas o demente convocou a imprensa?
        pra fazer declaraçao, tendo como pano de fundo a tragédia?

        essa eu não sabia – pior ainda
        devia ter apanhado

    3. A resposta talvez seja, algo acontecer com ele, para por a culpa nos “selvagens vermelhos” e tchau eleições….

  2. O sujeito sem valor achou o quê? Que o povo ia lhe atirar flores e gritar Ole Olé Olá… A não ser Foooooora ladrão traidor? Poderia dormir hoje sem essa. Velhaco Mijão.

  3. Incêndio criminoso suspeito, justamente por acontecer no momento que todas as atenções estavam voltadas para o Primeiro de Maio em Curitiba, cuja a palavra de ordem era Lula Livre. Golpistas não dormem em serviço e logo encontram uma maneira de encobrir a repercussão deste Primeiro de Maio em Curitiba. Essa constatação fica mais claro quando vemos o destaque que a grande midia passou a dar sobre o incêndio, deixando de lado a cobertura do Primeiro de Maio. Tudo o que os golpistas queriam encobrir a repercussão das manifestações em favor de Lula Livre no dia do trabalhador.

    1. Nada como um incêndio tão ilustre que até conte com a ilustre presença do presidente dos golpistas, para tentar empanar o brilho do Primeiro de Maio dos trabalhadores. Só que a ilustre testemunha do incêndio foi escorraçado pelo povo como um cão sarnento do local do espetáculo. Em lugar de um a um, o balanço do dia foi de dois a zero contra o Golpe.

    2. Passei por 5 portais esta noite – UOL, Folha, Estadão, Veja e O Globo. Apenas a Veja falou das manifestações, e para dizer que as manifestações de Primeiro de Maio este ano foram menores porque as centrais recolheram menos imposto sindical. Os outros IGNORARAM. Por completo. É uma guerra de informação, quanto mais cedo a esquerda investir em comunicação direta maciça, mais cedo destruirá a narrativa infame da direita. Mas o relógio está correndo.

    3. O asco só aumenta ao ver o esforço nojento da globo em criminalizar as vítimas, numa orquestração diabólica para criminalizar também os movimentos dos sem teto, tudo em nome do mercado imobiliário ao qual as organizações globo estão umbilicalmente ligados.

  4. A globo já vendeu seu peixe. No site dela diz que “outros” governantes já foram apedrejados.
    Quanto receberá do governo temer pela notícia salvadora?

  5. Mas o que os golpistas queriam? Tiraram vários direitos de cidadania, e a gente ficar calado? Não Temer, volte logo à sua insignificância. Reclamava de ser vice decorativo? Agora é muito pior pra vc, querido.

  6. Eu acho que esse merdeiro demo tucano pmdb é o fim da direita no Brasil. …burguesia corrupta e incompetente provando que desde sempre são a mosca do cocô do cavalo.

  7. Os mesmos que dispararam contra Marielle, dispararam contra as manifestações do PT e ainda contra o acampamento, também são os responsáveis por esse incêndio.

  8. Eu quero ver o Alckmin aliado do Temer sair às ruas para pedir votos para presidente e o Doria para governador de São Paulo.

  9. Primeiro de maio de 2018 que vai entrar para a história do Brasil por suas mazelas sociais.

  10. O. Temer ateia fogo no prédio de pobres e depois vai conferir se pegou fogo. Saiu mais queimado que os pobres.

  11. Sarney teve a honra de quebrar o champanhe no casco do Golpe de 2016, quando foi à televisão e falou com todas as letras: “O governo Dilma Rousseff acabou!”.

  12. Como será a campanha nas próximas eleições? Os Golpistas que se cuidem. Correm o risco de tomarem mais que esculacho. O Golpista Bolsonaro e e sua milicia vai dar trabalho.

  13. Esse canalha deve ido deixar lembrança do mundo das trevas para os moradores !! Teve sorte esse canalha espalhador de miséria junto a maldita e a direita fascista!!

  14. Pessoas disputam o semáforo atrás de moedas.
    Percebi que existem muitos estrangeiros inclusive.

  15. Definição de Tiranicídio na Wikipedia:
    “Tiranicídio é a morte ou o assassinato de um tirano geralmente para o bem comum. O termo também denota os que matam um tirano: por exemplo, Harmódio e Aristógito são chamados de ‘os tiranicidas’.
    O termo “Tiranicídio” não se aplica aos tiranos mortos em combate ou mortos por um inimigo em um conflito armado. Raramente é aplicada quando um tirano é morto por uma pessoa agindo por motivos egoístas, como para tomar o poder para si, ou para a morte de um ex-tirano. Às vezes, o termo é restrito aos assassinatos realizados por pessoas que estão realmente sujeitas ao tirano.”
    …… continua mais adiante na Wikipédia……
    “Vários filósofos e teólogos cristãos também escreveram sobre o tiranicídio. No comentário de Pedro Lombardo Sentenças sobre Tomás de Aquino, Tomás de Aquino defendeu não só a desobediência a uma autoridade injusta, usando como exemplo mártires cristãos na Império Romano, mas também “aqueles que libertam seu país, matando um tirano.”

  16. Pessoal como eu disse antes…Temer..golpistas…PSDB…DEM…PIG…LAVA JATO….esses caras NÃO PODEM TER AGENDA NESSE PAÍS!!!!

  17. Sobre o prédio que virou ruínas histórias muitas se sucedem sobre ele. Li, entre outras, que lá fora preso Esquivel, Prêmio Nobel, em 1981. Não sei se é verdade.
    Penso que Temer teve a intenção de se aproveitar do fogaréu pra fazer sua campanha política, com aqueles trejeitos nas faces e os dedinhos rodando à sua frente, enquanto mentiria para os desabrigados com promessas vãs. Não lhe deram tempo pra nada.
    Pelo visto, a vida de Meirelles nos palanques também não será fácil.

  18. TemerLixo, canalha golpista, pode saber : onde você estiver, o povo lá estará para te ” saudar “….
    Não haverá Cantanhêde nem Noblat para te estender a mão….fugirão de você igual fogem de um leproso !
    Na descida, você encontrará todos que pisoteou na subida !!!

  19. TEMER NÃO É PRESIDENTE – Temer, junto com outros facínoras, usurpou o Palácio do Planalto através de um golpe de Estado. Não foi candidato, não foi eleito, não fez por merecer o cargo. É um criminoso, um usurpador, um ditador, um medíocre, sequer decide qualquer coisa. Apenas permite que outros bandidos saqueiem o Brasil a olhos vistos, e talvez muito mais sob as sombras, saberá Deus. É uma infâmia à nossa inteligência que seja tratado como “presidente”. A mesma imprensa que o empoderou e encobre trata presidentes democraticamente eleitos como Nicolás Maduro como “ditadores”, à própria conveniência de interesses geopolíticos. É uma guerra puramente simbólica, e quem acha “besteira” olhe para Lula, o presidente que foi rotulado tantas vezes de “bandido”e “comunista” que as novas gerações nem conseguem julgá-lo pelos progressos que promoveu. JAMAIS chamemos Temer de “presidente”. Isso é um absurdo.

  20. Pior que Sarney, mais detestado do que o Sarney. Não poderá mais sair às ruas. Merece isso.

  21. “O quê é que vou dizer em casa”? O dilema de temer ao ter que chegar de volta 15 minutos após ter saído.

  22. Sejamos justos com Sarney. No primeiro momento, com o congelamento de preços, era popular e o PMDB elegeu praticamente todos os governadores; o tíquete leite foi outro momento e a inflação de Mailson da Nóbrega o terceiro, neste sim, não podia mais andar nas ruas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.