Trump chocado com video de ‘massacre fake’? Pois sabia e fazem pior, há tempos, nas redes

A Folha republica reportagem do The New York Times sobre o mal estar causado pela exibição de uma videomontagem em que um fictício Donald Trump atira em jornalistas e políticos de oposição dentro de uma igreja. Trump apressou-se em dizer que não tinha conhecimento e apenas ficou sabendo – e reprova que isso tenha sido levado para um encontro com seus apoiadores, no resort de propriedade do presidente, aquele onde disse que os brasileiros ilegais eram “uma vergonha” e apoiou a construção do muro separando EUA e México.

Há meses um canal do Youtube está postando vídeo deste tipo, sob o dístico MAGA (Make America Great Again), slogan de Trump e dístico daquele bonezinho com que o filho 03 posou para fotos.

A coisa fica entre o infantil e o repugnante, com os “bandidos” sendo representados por jornalistas, veículos de comunicação e adversários, como Bernie Sanders, que é socado, alvejado e incendiado por Trump.

Doença mental, pura e simplesmente.

O Embaixaburguer deve ter adorado. Capaz até de pedir uma verbinha da Ancine, sempre em defesa dos valores cristãos, para fazer uma versão nacional.

Adivinhou com quem no papel principal?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

5 respostas

  1. Esperar o que de um país em que um dos heróis nacionais é um animal, montado em outro animal, com um fuzil na mão atirando para todos os lados e cuja maior façanha foi ter matado 200 búfalos numa única caçada?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *