“Solução” para crise do PSDB é….Aécio Neves!

criseninho

Incrivel, fantástico, extraordinário!

A colunista Vera Rosa, do Estadão, entendidíssima em tucanos, diz que é tão grave a crise provocada pelo programa de televisão dos tucanos – cuja desgraça foi antecipada aqui quando surgiram as primeiras chamadas da peça de (anti)propaganda – que diz que Aécio Neves reassumirá a presidência do partido para designa um “mágico”, capaz de esfriar a luta interna do partido.

Recorrer a Aécio como “reserva moral” é, francamente, dar entrada num atestado de óbito.

Geraldo Alckmin assiste, sem reação aberta – e certamente com várias encobertas – o avanço da víbora que trouxe para dentro de casa, quando quis ganhar a prefeitura paulista não com um candidato do partido – havia boas chances para qualquer um, dadas as dificuldades do PT.

Como não pode partir para cima daquilo que criou e dispensar seu apoio numa fantasia eleitoral para 2018, tem de se submeter a ficar paralisado com a ousadia do ex-pupilo, que tem a ousadia que Nélson Rodrigues dizia ser própria dos canalhas e se apresenta para ser o que o insuspeito Roberto “Instintos Primitivos” Jefferson define como “o Bolsonaro Intelectual”.

Como as qualidades intelectuais do prefeito são desconhecidas, aproveita-se, de fato, a primeira parte da expressão. E o lugar está ocupado pelo Bolsonaro real, o que contém Dória em São Paulo, não importa quantos passeios faça pelo país.

Do outro lado, a parcela do partido que não tem São Paulo como fonte generosa do voto conservador luta para se livrar do nome Temer que lhe foi tatuado, e não com hena, como fez aquele deprimente palhaço parlamentar.

É ela, que, com Tasso, está na mira dos donos do partido.

Aécio Neves porá o partido na mala e o devolverá a Temer, sem nenhum pudor em acenar a Dória para que deixe Alckmin no sereno, como Serra o deixou uma vez para aliar-se a Gilberto Kassab.

Os tucanos, que por muitos anos exibiam sua vistosa plumagem, viraram aves de terreiro, que vêm mansamente à quirera que se lhes jogam.

Alguém, por favor, avise aos ex-vistosos que o fim está próximo.

“Tomou o poder” com Temer e Dória e morre pelas presas de ambos.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

18 respostas

  1. “Aquele deprimente palhaço parlamentar”.
    (pausa para rir…)
    Para quem não conhece, isto é um tijolaço, meu amigo!!!

  2. Parlamentarismo o cacete. O PSDB não acerta uma.
    Servem a plutocracia fascista, privateiros, exterminadores da nação, entreguistas.
    A desonestidade intelectual é absurda.

  3. Essa corja tucanalha deveria eleger o beiçudo do ‘çupremo’ como presidente, assim escancarava tudo de uma vez.

  4. Nem aquele “humorista político” da Bad News, o Zé Simão, conseguiria supor uma proeza dessas, tão grande o nível de descolamento do tucanato com a realidade.

  5. Texto lúcido, como sempre.
    Desde o início da explícita concepção do moleque velho inserido na prefeitura, reitero a ideia de que o psdb é um Bolsonaro “cheiroso”… As ideias são idênticas, diferenciando-se o grau de hipocrisia

  6. Falsos, vazios, inúteis, indesejáveis, corruptos, ladr?es, deplorâveis! O que mais se tornará pùblico sobre o PSDB e seus caciques?O que mais se conhecerá dessa quadrilha organizada como partido político patrocinada pela Globo e o PIG?

  7. Brito, muito olho vivo nessa turma, pois para o momento do desenlace eles criaram nos laboratórios da Casa das Garças Banqueiras, com participação do ‘profexô’ Bacha, uma Nova mágica para continuarem enganando os paneleiros e adjacentes: criaram e estocaram na prateleira, há 6 anos, o Partido Novo (PSDB) para ser utilizado no momento adequado.
    Na eleição de 2016 tiraram-no da prateleira, antevendo dias difíceis ao partido mãe em 2018 e nesse ano já transferiram os ativos, Huck e Bernardinho, do Velho para o Novo partido, pensando, com ajuda da Globo, fazer do nomeado e agora ex-presidente e ex-executivo de banco, do dito partido (clone físico de Macron), o Macron tupiniquim para 2018.
    Portanto olho no Dionísio fake, que não é de Baco e menos ainda do Balacobaco.

  8. Acontece que o feudo paulista o psdb não perde enquanto perdurar o TRE eivado de juízes tucanos, fraudadores eleitorais e parciais da justiça.A sugestão seria os partidos progressistas treinarem eletronicamente, fiscais eleitorais para atuarem acompanhando às votações de 2018 dentro das secções eleitorais avaliando e monitorando os trabalhos dos mesários. Assim o psdb ficaria neutralizado nas votações paulistas e não contribuiria para impedir à vitoria do LULA à Presidência da República.A questão é marcação dura no TRE paulista onde se presume haver fraudes eleitoreiras.

  9. Estou fazendo um estudo sobre partidos políticos e seus eleitos..Alguém sabe quantos políticos de cor negra foram eleitos pelo PSDB?

  10. O João dollar e Mishell temer são iguais aos dragões da ilha de Komodo, acabam com suas presas só com a saliva, vão salivando os indivíduos com conversas fiadas e onde está acabando com a cidade de são paulo e o outro da mesma forma com o Brasil. Mas todo povo tem o governo que merece, tiveram oportunidades únicas de mudar esse país, mas preferiram retroceder à época da república velha e do império.

  11. As únicas coisas em comum entre todos estes golpistas do PSDB e PMDB é que querem tirar o povo da jogada, querem distritão agora e parlamentarismo já, não importa de terão que se aliar ao diabo ou lá o que seja. Sabem que suas reservas estarão garantidas eternamente, via bancos ou contas no exterior, proveniente dos rendimentos dos juros pagos ao mercado. E os Coxas devem continuar com raiva do PT, para isto a PF continuará com suas operações para não esfriar a raiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.