Se é impossível evitar eleições diretas, Gilmar Mendes resolve?

tesouro

Um ministro do Supremo tem como dever guardar a Constituição.

Um presidente do Tribunal Superior Eleitoral tem o dever de fazer respeitar a lei eleitoral e o respeito à vontade popular.

Errado, caro leitor e estimada leitora.

Gilmar Mendes, diante dos seus acovardados pares – no TSE, agora, parece que só se ingressa se for da “escolinha do Gilmar” – manda chamar os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Senado, Eunício Oliveira para  dar-lhes a missão de implantar o parlamentarismo, duas vezes recusado nas urnas pelo povo brasileiro.

O argumento é simples.

Se não têm candidato para vencer eleições e se é impossível cancelá-las, então faça-se elas não valerem nada.

Tão simples quanto tolo, porque a crise de legitimidade permaneceria e, pior, jogaria o Brasil ainda mais no limbo mundial.

O que isso denota é que bateu o desespero no conservadorismo brasileiro. O movimento surdo da consciência popular está identificado em pesquisas e apavora.

 

 

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

14 respostas

  1. … Canalha depravado!
    Canalha escroto!
    Infame nazigolpista!
    A cara de pau do vagabundo judi$$$iário de merda desta republiqueta do CUnha do mundo!

    1. … Neste puteiro pseudojurídico que responde pela alcunha IDP o “fessô” de Direito Constitucional (ai!) é o infame e depravado nazigolpista ‘mimiSHELL TEMERo$$$o/TEMERário da CUnha Mineirinho’!…
      … Cabras asquerosos!

  2. “A maneira mais eficaz de destruir pessoas é negar e destruir sua própria compreensão de sua história”. – George Orwell

  3. FORA DE PAUTA !!!

    Vacarezza PRESO, não tem preço !!!! Um dos maiores traidores do PT em cana, agora é esperar ele mentir….pra agradar o boca de pinto.

    1. Prezado amigo que busca inspiração nas distantes plagas mongóis: definição perfeita (rindo muito). Temos que encontrar desinfetantes, ou pesticidas, com urgência. Abraços

  4. O Gilmau sempre surpreendendo. Desde quando se muda um regime de governo sem consulta popular? Mais um atropelo à nossa já tão combalida Carta Magna? É isso que se ensina na faculdade de Direito do Gilmar? Isso tá mais prá Organizações de Direito Tabajara. É o fim.

  5. O parlamentarismo “à brasileira” o estamos experimentando agora.Um ladrão no planalto que para se manter COMPRA A SUA PERMANÊNCIA POR MEIO DOS LADRÕES DO CONGRESSO.
    ISSO É PARLAMENTARISMO BRASILEIRO !!!!!LIXO!!!
    É O QUE ESSES VAGABUNDOS QUEREM NOS ENFIAR GOELA ABAIXO !!!!
    Usarão todas as armas possíveis ,até aquele filminho pornográfico “a lei NÃO É PARA TUCANALHAS” da PF e da QUADRILHA de curitiba , será “lançado” numa data que coincida com alguma “espetacular” ação dos BANDIDOS GOLPISTAS .
    a LUTA SERÁ DURA ,mas GANHAREMOS .A história mostra que a mentira tem pernas curtas ,a máscara logo apodrece e cai.
    Não durará 24 anos…,só depende de nós.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.