Veja embrulha Witzel e Bolsonaro na morte de miliciano

Entramos no carnaval da “milícia doida”.

Hoje, a Veja mergulha o governador Wilson Witzel no pantanal da morte do miliciano Adriano Nóbrega.

Ele teria recebido – segundo sua mulher, Júlia Mello Lotufo, 2 milhões de reais em dinheiro vivo para sua campanha eleitoral ao governo do Rio.

Também revelou a ela quem pediu e quem recebeu as mochilas de dinheiro — repassado, nas palavras dele, como uma espécie de investimento, um seguro que garantiria proteção para tocar seus negócios clandestinos sem ser importunado pelas autoridades, especialmente a polícia.

Witzel, claro, nega tudo e diz que vai processar a viúva de Adriano.

Ela, diz que Witzel roeu a corda da relação com o miliciano para colá-lo na testa dos Bolsonaro.

A revista traz mais: o fazendeiro Leandro Abreu Guimarães, “que deu guarida a Adriano em sua fazenda no município baiano de Esplanada” e que ajudou o ex-PM a fugir de um cerco policial na Costa do Sauípe, aparece, sorridente, numa selfie com Jair Bolsonaro.

Não é nada, é claro, senão mais uma coincidência das dúzias de “por acaso” que surgem na história das ligações milicianas do presidente.

Que mais uma? Lauro Jardim a traz: Paulo Catta Preta, advogado da família de Adriano é amigo antigo de Fred Wassef, advogado de Flávio Bolsonaro no caso das rachadinhas.

— o 01 empregava a ex-mulher e a filha de Nóbrega em seu gabinete de deputado estadual. Catta Preta, aliás, já foi até advogado da ex-mulher de Wassef, Cristina Boner.

Ô mundo pequeno…

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

24 respostas

    1. Meus amigos bolsonaristas não dão o braço a torcer nem diante disso. Nem diante dos ataques aos índios. Fingem que não veem e não falam sobre nada disso. São só elogios ao governo do beócio.

      1. São uma CAMBADA DE BABACAS E BEÓCIOS , esses seus amigos, cara Renata.
        Com “amigos” assim, melhor não tê-os.

          1. BOLSOBOSTAS, eu bloqueio TODOS, cara Renata.
            Essa (e) tá bloqueada (o) há SÉCULOS.
            Esses JUMENTOS ACÉFALOS comigo não têm vez .

      2. Que amigos você tem. Eu tenho ex-amigos, é uma questão de carater, não tem como conviver ao lado de bandidos.

        1. Não disse que convivo, ó xente.
          Eu tenho ex-amigos, ex-parentes, ex-dentista, ex-clientes, ex-trabalho…
          Inclusive porque dou a minha cara a bater nas redes sociais.

  1. TEM UM CATTA PRETA JUÍZ QUE ESTEVE ENVOLVIDO NUMA DENÚNCIA CONTRA O LULA.
    Era um verme golpista que impidiú a posse do Lula ,o nome desse filha da puta é Itagiba Catta Preta Neto da 4° Vara federal de brasilía.
    O mundo é pequeno… e os vagabundos são sempre os mesmos.

    1. E tem a CATTA-PRETA advogada, amiga e sócia do ZUCOLOTTO, amigão do CONJE, nas delações em Curitiba …

  2. Se doou 2 milhões de dinheiro da bandidagem para a campanha a governador de Witzel, que não era seu amigo, quanto não terá doado de dinheiro da bandidagem – 5 milhões? 10 milhões? … – para a campanha presidencial do amigo Jair Bolsonaro e para as campanhas dos filhotes também amigos do peito? Pelo menos o Queiroz sabe exatamente quanto dinheiro do crime entrou de doação, e se tentar abrir o bico, morre também.

  3. Quantas coincidências são necessárias para formar uma certeza?

    “presença da deputada federal Major Fabiana (PSL-RJ) em Sobral mostra que “estão querendo trazer o Rio de Janeiro para cá”. A deputada mencionada “é ligada à milícia do Rio de Janeiro e estava aqui no Ceará acompanhando o miliciano daqui e desceu aqui despudoradamente (na cidade)”. Os deputados Capitão Wagner (Pros-CE) e capitão Alberto Neto (PRB-AM) acompanharam a parlamentar a Sobral.”
    https://www.redebrasilatual.com.br/politica/2020/02/ciro-gomes-tiros-cid-clima-bolsonaro/

    Falando nisso: cadê o Queiroz?

    1. Marcelo Auler escreveu sobre isso e disse que vai investigar mais. Eu o alertei ontem sobre uma errata publicada na matéria do jornal do Ceará na qual se baseou e ele me escreveu no email porque não estava localizando a errata (já localizou), e foi então que disse que vai aprofundar essa história. As apurações do Marcelo Auler são sempre sérias, vou aguardar para ver o que vai dar

    2. Horror!! A Câmara entupida de milicos! Juntando com os deputados evangélicos bolsonaristas … estamos perdidos. Isso ainda vai piorar.

  4. Alguma ligação deste Catta Preta com a crominalista Beatriz Catta Preta que sumiu da Lava Jato (se não me engano saiu do país)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *