Vergonha mundial: só 8 países aceitam viagem de brasileiros sem restrição

Era corriqueira a piada, ao gosto da classe média, de que a única saída para o Brasil era o aeroporto.

Nem isso, agora, graças à falta de políticas governamentais de controle e combate à pandemia da Covid.

A BBC publicou há pouco um levantamento que revela que “apenas oito países possuem restrições leves ou nenhuma restrição à entrada de brasileiros no momento: México, Afeganistão, República Centro Africana, Albânia, Costa Rica, Nauru e Tonga”.

Outros 217 países, prossegue a reportagem, “têm restrições à entrada de pessoas vindas do Brasil, segundo um levantamento do site de viagens Skyscanner”.

Ou seja, virtualmente todos.

Dos destinos mais importantes, estamos assim: EUA e Reino Unido, só se tiverem nacionalidade local ou residência permanente, assim mesmo com longas quarentenas. Na União Europeia, idem. Nos destinos na América do Sul ” Colômbia, a Venezuela, o Peru, o Suriname e a Argentina. Chile e Uruguai não suspenderam voos do Brasil, mas apenas cidadãos locais ou seus parentes próximos podem entrar”. Cumprindo quarentena apenas é que se pode entrar no Equador, Bolívia e Paraguai.

Quando escreveu, em protesto contra o regime militar os versos de uma de suas músicas mais conhecidas, jamais pensou que, se brasileiros tivessem hoje de fugir de um golpe de jair Bolsonaro, exílio mesmo só seria possível, por não anos aceitarem em outras partes do mundo, nos mandarmos para a Tonga da Mironga do Kabuletê.

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.