15 semanas: Guedes confirma que tem ‘prazo de validade’

Vai mal a coisa na área de economia, não só nos indicadores numéricos, mas nas indicações que vai dando o chefe da não-política econômica de Paulo Guedes.

Hoje, relata o Estadão, ele fez uma reunião com os grupos direitistas de agitação e, num almoço cheio de apelos dramáticos e lágrimas, apresentou um “calendário” de ações de 15 semanas, prazo que coincide com a “meta” que lhe teria dado Jair Bolsonaro para cumprir até o meio do ano.

A contar da semana que vem, coincide com o final de junho.

O cronograma parece um tanto inviável: ele prevê, por exemplo, que na segunda semana de julho sejam votadas a PEC 188 (do pacto federativo) em segundo turno no plenário da Câmara, a reforma tributária em segundo turno no plenário do Senado, a reforma administrativa no plenário do Senado e o projeto de lei 6407 (que muda o marco para o gás natural) no plenário do Senado.
Pela agenda de Guedes, a administrativa chegaria à Câmara na terceira semana de fevereiro, o que já não aconteceu, e passaria pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara na terceira semana de março, o que está fora de cogitação, uma vez que nem foi enviada ainda.
A pauta tem as reformas administrativa e tributária como carros-chefes, muito embora a primeira ainda não tenha sido enviada ao Congresso e a segunda esteja sendo debatida no Congresso a partir de projetos nos quais o governo não é parte.

Guedes chegou atrasado à reunião, na casa do empresário Salim Mattar, dono da Localiza e seu secretário de Desestatização.

E fez uma revelação de quem “pede pra sair”: disse que Jair Bolsonaro pediu que não fosse ao encontro, mas que tinha decidido pedir que os atos do dia 15 fossem uma manifestação “pró-reformas”.

Enquanto isso, o Orçamento empaca, a moeda derrete, a atividade comercial e industrial patina.

O acontecimento mais provável do calendário Guedes é que ele termine com a folhinha.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

21 respostas

  1. Esse cara é um pau-mandado do mercado, que diferença faz ele ou outro capacho? O problema é a burrice instalada .

    1. É um escroque que posa de economista. Apesar de ter titulação, de economia entende muito pouco. É daqueles cabeça de planilha como
      diz o Nassif. O negócio dele é a especulação financeira, recheada de falcatruas. Serve àqueles que praticam a rapina contra o país e nosso povo.
      É um pinochetista, que pretende replicar as medidas econômicas do carniceiro chileno, e isso só é possível sob o fascismo. Por isso abraça-se àqueles grupos de extrema direita como o único caminho possível para levar a cabo seu projeto.

      1. Exatamente isso.
        Este sujeito não passa de um golpista do mercado financeiro. Um ladrão que causou prejuízos de mais de R$ 300 milhões aos fundos de pensão de estatais.

      1. Provável que o Heleno seja mais capacitado pra lidar com a economia do que o Guedes.
        Conhecendo o bozo, ele nunca escolhe gente com um pingo de aptidão ou capacidade, então o próximo será pior que o guedes em tudo.

  2. Brito o calendário do guedes pouco importa. O que importa é o calendário da Elite brasileira.
    E a elite sabe tira o PG, dá um gás na mídia para um novo ministro fazer o restante das “reformas” até chegar a conclusão que não DÁ CERTO e no início de 2022 um novo ministro pra aliviar o ARROCHO, libera geral para tentar uma reeleição ou um nova cara da direitona malvada e descarada.
    Esse é o calendário.

  3. Paulo Guedes, o Posto Ipiranga, (onde os banqueiros se abastecem), já é o virtual Presidente, “o outro”, Jair Bolsonaro é o “mico”, que faz suas gracinhas, para distrair o público, enquanto o circo pega fogo. NOS DIAS 08(DOMINGO), 14(QUARTA FEIRA) E 18(SÁBADO), NESTE MÊS DE MARÇO TEM MANIFESTAÇÃO POPULAR NAS RUAS ! TODOS EM DEFESA DO BRASIL QUE ESTÁ SENDO DESTRUÍDO. ANULA ELEIÇÃO JÁ !

  4. Brito por favor retire pelo menos os audios das propagandas, é cada susto aki. Te admiro e te sigo há tanto tempo, mas aí fica complicado.

  5. ESTE É UM PAÍS DE DELINQUENTES ,ONDE OS TROUXAS COMO NÓS MANTEMOS OS QUADRILHEIROS E SUA VIDA DE LUXO.
    EXEMPLOS:
    Este salim mattar ,um bandido fdp,investindo para depois fazer negócios com o nosso patrimônio:

    https://www.brasildefato.com.br/2019/01/09/responsavel-por-privatizacoes-salim-mattar-investiu-quase-rdollar-3-milhoes-na-eleicao

    E este outro delinquente opinando sobre pacote anti-crime:

    https://www.poder360.com.br/opiniao/lava-jato/trecho-do-pacote-anticrime-mira-a-populacao-mais-pobre-escreve-demostenes-torres/

    BRASIL NÃO TEM COMO DAR CERTO,É MUITO BANDIDO PARA SUSTENTAR !!!

    1. escreveu pouco mas escreveu tudo.
      O brasil está fadado ao fracasso.
      políticos mediocres e bandidos e povo analfabeto político e funcional.

  6. Até junho o dólar estará a R$6, a gasolina a R$6 e mais U$60 bilhões terão voado. E todas as obras que ainda a Dilma deixou andando, paradinhas.
    A globo, os empresários estão achando ótimo. Afinal na previdência e na retenção do Salário Mínimo sacaram 2,5 trilhões do bolso dos pobres para o deles. Como sabem tirar dinheiro de pobre…!
    Destruição é com eles mesmos. Viva o guedes!
    O golpe venceu.

  7. O Guedes foi uma aposta fracassada dos donos do PIB nacional na capacidade fascista de sustentar uma economia “vibrante”, como adjetivou o iludido vice-presidente Mourão, definindo os desejos inatingíveis de um imaginário paraíso dourado neoliberal, seus desejos e os de muitos economistas de meia-tijela e políticos de sonhos enraizados na permanência eterna da desigualdade insustentável do país. O gênio econômico do mesmo nazismo que tanto os inspira até em pronunciamentos públicos, para levantar a Alemanha do caos, apelou para a fortíssima intervenção estatal na economia, com o governo fazendo os planos de infraestrutura e o banco central jogando dinheiro nas empresas para construí-los. Aqui, os bobos do PIB acreditaram que a suprema glória liberal viria da destruição de estruturas de produção e relações de trabalho que chegaram a fazer do próprio PIB deles a sexta economia do mundo. Alguns acreditaram nisso, outros se lambuzaram na grana pilhada dos compromissos sociais do país. Merecem o Guedes que cultivaram, que além de tudo, é um antolhado anti-patriota.

    1. Tem um detalhe nesta história: Este tipo de procedimento nunca vai dar certo e a hora que economia for pro brejo de vez, então a culpa será da Camara, Senado, STF e sobrará para as Forças Armadas que deram sustentação a esta fraude. Tá perto.

  8. As políticas econômicas de Guedes já estavam vencidas antes mesmo dele assumir o ministério. O neoliberalismo se autodestruiu por conta da ganância dos empresários e do jeito que vai, vão acabar por destruir também o capitalismo.

  9. Deixam “vazar” um calendário que já nasceu atrasado só pra dizer que a culpa é do Congresso. Esse governo é muito bom em se eximir das responsabilidades. O parlamento é o lobo mau e o impacto do covid-19 é apenas azar. Muitas serão as desculpas para o fracasso iminente.

  10. Vocês já observaram que algumas personalidades aconselham as pessoas entrarem para Bitcoint? Pois já vimos esta história como outras, tipo BiteCoint, Piramides,Bolsas de valores etc e etc Ai os espertalhões tiram o deles e deixam os trouxas com a broxa na mão, Lá em Minas tem um ditado muito certo que diz: O desengano das vistas é furar os olhos,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.