A Globo entra em campo por Moro

Enquanto a contaminação e a morte dos brasileiros se espalham, os corpos se amontoam nos corredores dos hospitais, por falta de espaço nos necrotérios, o país não espera não por providências sanitárias, nem por decisões essenciais sobre o isolamento social que se desmancha sob o sábado de sol, mas pelo fim do depoimento de Sergio Moro à (e na) Polícia Federal da qual ele foi, durante anos, o chefe, na prática.

Moro, por mais que tenha acumulado em seu telefone – numa espécie de Vaza Jato ao reverso – diálogos nada republicanos com Bolsonaro – move-se no fio da navalha da prevaricação, por ter aceito, durante meses, o que agora chama de crime.

É que, ao contrário do que ocorre no privado, o servidor público não tem apenas o poder, mas o dever de noticiar a prática de crime.

Portanto, as tais “provas acumuladas” de Moro em mensagens arquivadas em seu celular, não poderão ser de flagrante interferência de Bolsonaro na PF, porque isso o obrigaria a ter, então, dado ciência à PGR, sob pena de deixar de cumprir seu dever funcional.

Moro tem a vantagem da intensa campanha da Globo, que o apresenta ainda como herói que resistiu às interferências espúrias do presidente. Mas não parece ter vida fácil no Partido do Ministério Público e não o tem controle do Judiciário, para o qual é rei morto.

Não é improvável que no Jornal Nacional de hoje alguma das “provas” seja exibida.

Lá, o “morismo” sobrevive forte, embora se tenha visto no “duelo de loucos” na porta da Polícia Federal, hije, ele esteja respirando por aparelhos.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

20 respostas

  1. O unico jeito da Globo defender Moro e se calar. Ha centenas de juizes loucos p aparecer e se prevaricou deve ser preso. Oras mas o juiz quer aparecer fazendo o q deve? Sim. Essa gente so age por vaidade
    E puxar saco do Bozo ainda rende

  2. Tá parecendo a história do português que levou dois marimbondos chumbim, dentro de uma caixa de fósforo, do Brasil para apresentar ao Rei de Portugal…. O rei convocou toda a corte para conhecer a novidade… Quando abriu a caixinha não tinha nada, no que respondeu o coitado: ó! Era tão bravo, mas tão bravo mesmo, que um comeu e o outro comeu o outro. E dessa vez, o que vai acontecer?

  3. Não vamos nos iludir.O pior,são os milhões de CANALHETES,o povo brasileiro,que tem essa rafua,em alguma conta.O nosso maior problema,não são,os sem vergonha nas caras,pois são idênticos,à MAIORIA DO POVO.

  4. É moro e globo, sua cúmplice em todos os crimes, contra o bozo.
    Moro & globo de um lado e o bozo do outro. Bandido contra bandido. Quem saca mais rápido?
    Espero que atirem no mesmo e exato instante.

  5. que os seis se engulam se fodam e se engalfinhem até a morte: moro, bozo, grobo, sbt, record, bandi. e quem mais quiser entrar na fiada.

  6. E não podemos nunca nos esquecer que se ele tivesse se tornado ministro do STF não traria nada disso à tona.

  7. Globo sempre apoiou ditaduras que interessavam os EUA, gestou Moro como herói, para prender Lula e do útero da Globo nasceu Bolsonaro.Vagabundíssimapara enganar apoiar os espertalhões e enganar os idiotas mal informados..

  8. Ora, é uma concessionária, seja desequilíbrio e auto censura nada mais justo que aciona-la buscando que se norteie pelos moldes da concessão……e mais, por quê essas concessões que tem tempo certo passam de pai para filho se não fazem parte do patrimônio dos herdeiros?????

  9. Moro mandou uma mensagem de texto ao New York Times: “Concordei em me juntar ao governo Bolsonaro para fortalecer a luta contra a corrupção. Desisti quando concluí que não teria capacidade de avançar nessa área”. Esta mensagem está inserida em matéria daquele jornal sobre as últimas agruras do Bolsonaro. Matérias como essa do NYT, mesmo sendo excelentes, não podem infelizmente se estender até explicar ao leitor quem de fato é hoje o Moro na cena jurídico-política brasileira.

  10. “Corpos se amontoam nos corredores dos hospitais ?” Só se for em Manaus, o que deveria ter sido explicado, para não passar a idéia de que é em todo o território nacional.
    Senão fica parecendo o programa do Datena.

  11. Como já era previsto que aconteceria quando chegasse a hora de Bolsonaro entregar o poder, fosse por ter sido interditado ou impedido ou fosse por não ter sido reeleito, os bolsominions já estão se organizando na tentativa de jogar o país em uma guerra civil. A parte podre do exército, os milicianos e demais bandidos e os loucos de todos os naipes, todos farta e fortemente armados por conta da liberação da posse e porte de armas e munição, já estão pregando abertamente a guerra. Bob Fernandes, na live abaixo, mostra exemplos:
    https://www.youtube.com/watch?v=MQarECGYgHc

  12. Algum prevaricador já foi preso, só por esse crime? Parece que esse artigo do código penal nunca foi usado.

  13. A tentativa da globo e a elite podre desse país é empurrar goela a baixo antelativas pra 2022, ou seja a globo está a fazer campanha em pleno 2020, ou moro ou Luciano Hulk, como no Brasil sempre teve 2º turno para as eleições, não seria um excelente duelo? quem ganhar ta bom! o debate final, transmitido pela globo seria um rasga seda entre os candidatos! E a esquerda? E o Dino que está fazendo um ótimo governo no Maranhão? não se pode falar de quem está trabalhando mesmo que minimamente pelo cidadão comum!

  14. Insisto na tese de que o julgamento da suspeição do Moro nos processos contra Lula será um capítulo decisivo no atual cenário. Se perder, o marreco ficará desmoralizado e seu futuro politico inviabilizado. Com a palavra o Exmo ministro Celso de Mello.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.