A Globo “pisca”. Seus heróis morreram de overdose golpista

Quatro horas atrás, o colunista Ricardo Noblat postava no Twitter (veja aí em cima)  a “quase premonição” de que Jair Bolsonaro ganharia (ou quase) as eleições em primeiro turno. ou que passaria ao segundo em condições de favoritismo difíceis de reverter.

Claro, nunca aderiu  expressamente ao ex-capitão, mas conservada a esperança de, vencedor o fascista, pudesse “se explicar” pela “teimosia” do PT e de Lula de terem um “poste” como candidato.

“Deu ruim”, como diz a gíria.

Não houve condições de “segurar” no Ibope a certeza de vitória folgada do ex-capitão.

Bolsonaro bateu no teto da histeria, e olhe que com facada e tudo.

Haddad, o “radical” tranquilão e gentil, segue subindo e vai terminar o segundo turno empatado ou vencendo o “Mito”.

E os Noblat, os Merval, as Leitão, os Camarotti terão de se posicionar. E não podem, por razões óbvias, sacudir bandeirinhas de Bolsonaro. Sob pena de se destruírem para a próxima batalha, a de desestabilização do próximo governo eleito do PT.

Há sinais escandalosos disso, embora não devamos tomá-los por definitivos.

O recém lançado editorial da Época , intitulado “Basta de ditaduras! Fora, golpistas!” é de rir, chorando:

(…)O comportamento de muitos dos atores sociais e políticos tem demonstrado indícios preocupantes de desvios. Comandantes militares e oficiais reformados que se imiscuem em temas institucionais com ameaças implícitas de rompimento da ordem democrática, políticos que debocham das instituições e pregam as mais variadas desobediências legais, candidatos que lançam desconfiança sobre a lisura do pleito, estimuladores do confronto físico entre militantes divergentes, enfim, esses pregadores do caos disfarçados de mantenedores da ordem devem ser relegados à insignificância que merecem por uma sociedade madura e comprometida com os valores da democracia.(…)

A única forma aceitável de resolução de impasses é a aquela dentro dos parâmetros constitucionais, que consagram o estado democrático de direito, com o respeito às liberdades civis e aos direitos humanos e às garantias fundamentais definidas na Carta de 1988. É preciso dizer um altissonante “não” àqueles que querem romper as regras do jogo democrático, que negam a legitimidade dos oponentes, que cultivam a intolerância ou encorajam a violência, aqueles que admitem a restrição — mínima que seja — às liberdades civis. Basta do arbítrio que já macula o passado!

A menos que achem – e duvido que achem – que possam dissolver a histeria bolsonárica a ponto de colocar outro no segundo turno, já se preparam para o terceiro.

Cuidado com essa gente.

Pode ser assim, mas pode ser também uma cobertura para manobras desesperadas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

42 respostas

      1. … No vídeo tenebroso acima faltou o ataque covarde e criminoso desferido contra a deputada federal Maria do Rosário!

        1. Companheiro, é intrigante o Coiso ter um filho policial federal, Eduardo Bolsonaro, e, na primeira entrevista em vídeo (para a JP ontem), o Coiso desqualifica o trabalho da PF, alimentando teorias da conspiração e dizendo que a Polícia Civil de MG está muito mais avançada nas investigações do que a PF. Olhem o tamanho da irresponsabilidade desse sujeito!!! Depois de ser esfaqueado, a primeira coisa que faz, ao invés de falar em paz, é alimentar as conspirações e o ódio…
          Valeria uma pergunta ao filho, policial federal, o que ele acha da opinião do pai sobre o trabalho da instituição onde trabalha. Fica a dica…

        2. Companheiro, é intrigante o Coiso ter um filho policial federal, Eduardo Bolsonaro, e, na primeira entrevista em vídeo (para a JP ontem), o Coiso desqualifica o trabalho da PF, alimentando teorias da conspiração e dizendo que a Polícia Civil de MG está muito mais avançada nas investigações do que a PF. Olhem o tamanho da irresponsabilidade desse sujeito!!! Depois de ser esfaqueado, a primeira coisa que faz, ao invés de falar em paz, é alimentar as conspirações e o ódio…
          Valeria uma pergunta ao filho, policial federal, o que ele acha da opinião do pai sobre o trabalho da instituição onde trabalha. Fica a dica…

          1. … Nem o mínimo de coerência “O Coiso/ele NÃO” é capaz de revelar!

          2. Não se iluda: essa agressaa à PF e apenas para tirar o foco daquilo que eles (PF e cambada do coiso) pretendem fazer.

          3. E você acha que os filhos dele tem o cérebro mais evoluído do que o pai? A burrice tá no DNA da família do “coiso”. A pergunta seria inócua, pois ele não tem cérebro suficiente para entender o alcance da afirmação do “paipai”.

      2. Os aplausos da última parte chama a atenção pelo entusiasmo, e a bandeira de Israel tremulando no cenário. E dizer que os aplausos entusiasmados era de Judeus, que já se esquecem que foi com esse discurso, que Hitler tomou o poder na Alemanha, e matou cerca de 6 milhões dos seus ascendentes. Parece que o holocausto foi pouco para eles.

  1. Temos de lembrar de Honduras. A coisa è muito complicada, porque o golpe tem raízes nos EUA e sabemos que eles não jogam pra perder. Estamos numa guerra mas, ao que parece, a onda vermelha está surgindo no horizonte.

    1. Depois veio o Paraguai e, em seguida, o Brasil. Mesmo no México o presidente eleito este ano sofreu duas “derrotas” fraudulentas nas eleições anteriores e, há meses atrás, sempre sob patrocínio do Grande Satã, tentaram um golpe por métodos violentos na Nicarágua. Em Honduras, não satisfeitos com o “golpe brando” que deram, já fraudaram duas eleições seguidas e há um ditador governando lá. Portanto vc está certo, devemos estar sempre alertas.

      1. Haddad vencendo aqui, o jogo vira. Começando pela Argentina e estabilização social na Venezuela. Teremos que cultivar nosso espaço outra vez nos BRICS e na ONU, recuperar a petrobras e desdolarizar nossa economia, em parceria com a Russia e a China.

  2. Fernando, para certos iluminados a pesquisa não vai com tanta mistura. E a gLobo deve saber que nada salvará a campanha do mico. Já está enterrada. Passa-se, então, ao segundo plano. Fazer o vencedor – possivelmente o Haddad – ajoelhar-se por cócegas ou por porrada.
    Espero que ele não repita os erros de Lula e Dilma, que não haja um novo Paloci ao seu lado. Meu coração – e o de outros milhões – se despedaçaria. Né não?

  3. É impressionante a capacidade da globo em produzir merdas como essas.
    A Leitão tomou partido pelo Macri e disse que rapidamente ele colocaria a Argentina em ordem.
    Acho que o Macri deveria ter convidado ela para ser Ministrada Economia Argentina, quem sabe….
    O Merdal simplesmente jogou a ABL no esgoto quando foi aceito por lá.
    Sim, porque um acéfalo nessa Academia é o fim da moral da própria.
    Esse Camarotte não passe de um idiota, um menino de recados, não tem opinião própria, só a do Patrão, então dispensa análises mais profundas.
    Quanto merda os porcos marinhos produzem em seu chiqueiro !

  4. É impressionante como esses “globais” se superam na maldade, na hipocrisia. É sempre um imenso prazer derrotá-los!!!

  5. Aí, Brito, apesar de começarem o texto falando de “comandantes militares e oficiais”, todo esse resto aqui:

    “…políticos que debocham das instituições e pregam as mais variadas desobediências legais, candidatos que lançam desconfiança sobre a lisura do pleito, estimuladores do confronto físico entre militantes divergentes, enfim, esses pregadores do caos disfarçados de mantenedores da ordem…”

    não poderia servir para amordaçar o PT ou qualquer outro partido progressista diante de alguma possível fraude eleitoral, como esta que tem circulado de impedir o voto de quem não fez a biometria?

    Pois veja só, na visão distorcida dessa mídia suja, quem debocha das instituições e prega desobediências? Lula. Quem estimula confronto entre militantes divergentes? A esquerda. E quem poderia ser o pregador do caos disfarçado de mantenedor da ordem? Haddad Tranquilão.

    Ou não?

    Sei lá… Suas desconfianças me deixaram aqui com estas pulgas atrás da orelha!

  6. O Brito está muito certo quando fala de terceiro turno. Há fatos que devem ser analisados com o máximo cuidado. 1) Este golpe foi preparado dentro de uma orientação internacional de mudanças de governo através da dominação ideológica de fontes de poder não-eleitas, como o judiciário, a mídia e a polícia. Isto apenas em parte foi atingido, há poderosos nichos de resistência, tanto dentro do judiciário quanto da comunicação social e da cúpula da polícia. 2) O objetivo central foi atingido, que foi a luta vitoriosa pela posse do Pré-sal, mas o objetivo de frear o desenvolvimento do país até um ponto muito recuado, apenas em parte foi atingido, apesar dos cortes de verbas e da introdução e promoção de infecções ideológicas anti-científicas nos campos das ciências e da educação. Há ainda condições para uma rápida retomada do progresso (progresso é palavra ótima: crescimento social + cultural +político + econômico +soberania), dependendo do governo eleito. 3) Analisando o agora, vemos que há muita coisa que o movimento golpista não realizou e que pretenderia realizar com a vitória na eleição de 2018, conservando ainda uma fachada de democracia. Não se sabe por que não tentaram destruir oficialmente o Partido dos Trabalhadores, ou se tentaram e não conseguiram chegar lá sem apelar para uma ruptura que seria considerada inadmissível para o mundo dito civilizado. Os sinais de desaprovação da ONU sobre a conduta do regime com sua oposição foram fortes indícios de que estavam chegando perto daquele ponto de ruptura. A ONU praticamente reconheceu a condição de preso político do maior líder da oposição. O fato é que a oposição conseguiu chegar à eleição com condições de vencê-la. E uma vitória sua significará a inauguração de uma fase política e uma nova etapa de progresso para o país. 4) Restará às elites perdedoras e a seus políticos perdedores dois caminhos: a) Repactuar uma convivência civilizada dentro de uma restauração completa da Ordem Democrática. b) Contestar novamente o resultado das urnas e instaurar nova fase de desestabilização da Ordem Democrática para terminar, agora sem quaisquer condições pseudo-democráticas, sua obra de submeter o país a rigorosos desmontes estruturais em nome de interesses escusos que se escondem sob um manto de iniciativas pseudo-liberais. 5) O país está cansado de tanto stress causado por este movimento pseudo-neo-liberal. Suas manobras escusas, incentivando o crescimento de forças obscuras anatemizadas pela democracia e pela civilização pós-nazista, quase que jogou o país no caos de uma aventura autoritária que só poderia ser comparada aos governos de Papa-doc e Baby-doc no Haiti. O órgão de imprensa que tentar, após as eleições, desrespeitar a Ordem Democrática e estender ainda mais suas fracassadas ambições políticas através do uso do poder de comunicação para cometer infâmia e manipulação, será prontamente denunciado.

      1. As coisas vão melhorar depois de umas 10mil exonerações no judiciário, polícia federal, ministério público e forças armadas. Fora, é claro, todos os golpistas corruptos do executivo e legislativo.

    1. Tentaram destruir o PT, sim. Lembram que Aécio & cia. pediram o cancelamento do registro do PT no TSE?

    2. Que o povo vote de olhos nos deputados e senadores golpistas que votaram a favor do impeachment e reforma trabalhista, excluindo estes rábulas do Congresso, criando condições de governabilidade para o novo presidente e mais que isso, dando um recado claro aos novos eleitos: SE FIZEREM QUE NEM OS GOLPISTA, NA PROXIMA ELEIÇAO, NAO SE REELEGERAO!!! (perdoem-me a ênfase da caixa alta). Abçs fraternos.

      J Fernandes
      Aracati-CE

    3. Brito tem visão de estrategista político. Também, com a escola que teve, não surpreende. Tinha que ser assessor de comunicação de Haddad presidente.

    4. Ótima análise. Acredito que, sim, haverá uma nova tentativa de golpe. Não fizeram o que fizeram nos últimos 4 anos para aceitarem passivamente a volta do PT ao governo. A diferença será nós. Nós aceitamos de forma muito passiva tudo que aconteceu de 2014 pra cá. Talvez ingenuidade, talvez por não acreditarmos que a direita poderia jogar tão sujo pra conseguir o que quer. Bem, eles jogaram muito sujo. Agora a gente sabe. Vamos lutar. Não vamos deixar que estes idiotas desestabilizem o país novamente. Sabemos do que eles são capazes, agora eles precisam ver do que NÓS somos capazes. Nós, o povo, essa variável que a direita simplesmente ignora.

  7. Não tem nada de PODE SER DIFERENTE.São protagonistas dos GOLPES DE ESTADO QUE OCORREM E OCORRERÃO.Comandados pelo JUDISSSSSSSSIARIO.E com adesões de muitos milhões de cidadãos e cidadãs.Após o GOLPE DE 64,ouviu-se por todo o país,UM SILÊNCIO ENSURDECEDOR DE MILHÕES DE BRASILEIROS,que não tinham medo somente,como anunciavam alguns,mas era e será,UM SILÊNCIO CARACTERÍSTICO DE CUMPLICIDADE.Ontem e hoje.E vamos parar de ABOBRINHAS JORNALÍSTICAS.O jornalismo,se resume, À VOZ DO DONO.

  8. Morreram de overdose de merda !!!
    Nesse editorial, a rede golpista conclama a ninguém fazer o que ela fez e faz sempre… Golpista…
    Que uma avalanche vermelha tome conta do país… e essa rede tenha o mesmo fim da ed. Abriu…
    #HADDADÉLULA
    #MANUÉLULA
    #SOMOSTODOSLULA
    #LULALIVRE #BRASILFELIZDENOVO !!!

  9. Piada ,só um coitado para acreditar no canto de sereias desses DELINQUENTES.Eles fizeram e fazem parte do mais abjeto que existe no nosso país.
    NI OLVIDO ,NI PERDÓN,JUSTICIA.
    Essa frase castelhana praticada pelos que mantém viva na Argentina a chama da justiça em relação aos crímes da última ditadura (40 anos se passaram),é a que deve ser aplicada aos agentes do GOLPE e ROUBO praticado no nosso país.
    NÃO PERMITAMOS QUE O EVENTUAL ELEITO DEIXE DE CUMPRIR COM ISSO,caso contrário estremos daqui a um tempo vivendo a mesma situação.

  10. “Manobra desesperada” seria fraude na totalização dos votos fora da margem de erro. Bozzo atirou na “lisura do pleito” e acertou no último instrumento Golpista a ser usado.

  11. Noblat, Merdal e outros “jornalistas” da impressa corporativa, antidemocrática e golpista só dizem o que o dono manda. São eternos pau-mandado. São um monte de estrume. Se bem que o estrume tem mais utilidade que eles.

  12. A única maneira destes golpistas corruptos ganharem a eleição é
    arrumando um jeito de fraudar as urnas. O Bolnossauro se fudeu!

  13. Desculpa de peidorreiro é barriga inchada. Lembram do Aecin? Até o Luciano Hulk saiu destrambelhado do RJ num jatinho pra ir cumprimentar o Aecin do po, quando viu que a votação tava revertendo e mostrando a vitória da Dilma, ele deu meia volta e enfiou a viola no saco.
    Dá dó destes Bolsomerdista (Generais de Pijamas)

  14. Não podem concorrer. Se concorrerem, não podem ganhar. Se ganharem, não podem assumir. Se assumirem, não podem governar. Vc só pulou uma etapa FB. Vai chover denuncias de fraudes para não deixar o PT assumir depois de eleito, e algumas manifestações de maus perdedores. Temos que nos preparar para nos manifestar em defesa da democracia e do eleito.

  15. “…enfim, esses pregadores do caos disfarçados de mantenedores da ordem
    devem ser relegados à insignificância que merecem por uma sociedade
    madura e comprometida com os valores da democracia.(…)”. É um bordão excelente, isso se, efetivamente, se der nome aos bois. Tendo sido escrito por quem escreveu, caberia a substituição de “esses” pela primeira pessoa do plural…

  16. Já que o Noblat citou Ibrahim Sued, vou citar outra frase célebre dele que cai como uma luva para o “colonista” da groubo:
    “Enquanto os ‘cão ladra’, a caravana passa”.
    Pode latir à vontade, “colonista” de merda.

  17. Tudo produzido por esses marinho e seus ladradores é um assinte a nós brasileiros.

    Ou o Brsil acaba com a SAÚVA, ou a saúva acaba com o Brasil!

    Ou o Brasil acaba com os marinhos e seus ladradores ou os marinhos e seus ladradores acabam com o Brasil.

    Não haverá democracia sem uma imediata reforma de MEIOS!

    Os marinhos e seus ladradores são TOTALMENTE incompatíveis com a democracia. Ou DEMOCRACIA ou marinho e seus ladradores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.