A hora dos covardes.

O sr. Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, aceitou denúncia do Ministério Público e tornou os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff réus por “por suposta organização criminosa envolvendo integrantes da cúpula do Partido dos Trabalhadores”.

Os fundamentos, claro, são apenas as “delações premiadas” de políticos e empresários que negociaram suas próprias impunidades.

Provas, ao que se saiba, nenhuma.

Mas a honra alheia não tem valor e, no clima que vivemos desde o golpe, é fácil ser “valente” sobre os derrotados e assim vai o valente Vallisney, em busca do Olimpo que não atinge em seu site de “poesias”, beneficiando-se do fato de que o assassínio da língua portuguesa não lhe pode ser imputável.

E mais ainda agora que o perseguidor-mor está instalado na antessala do governo e em posição de “empurrar” nomes para os Tribunais Regionais Federais, para o STJ e…bem, não para o STF, que a vaga a vir no Supremo é do “capo”, se o “capo” sentir que não é segura a chance de ganhar cadeira maior.

Virão, como essa, outras vilanias. Que, afinal, só serão mesmo reparadas pelo tribunal de História, quando se escrever a crônica destes tempos abjetos.

É a hora dos covardes, dos que vão tripudiar, sem qualquer pudor de decência ou laivo de isenção judicial, sobre aqueles que não adianta se defenderem, como não adianta a quem enfrenta o julgamento do lobo.

Covardia, aliás, muito útil, porque com ela se encontram os “culpados” para os fiascos do presente, a nulidade dos projetos e a inexistência de esperanças.

Tão largo é o circo como curto seja o pão.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

46 respostas

  1. E o que dizer-se,do POVO,que compactua com isso?Lembra-se o senhor,da DITADURA DE 64,quando uma quantidade enorme de pessoas do povo,saudavam os GOLPISTAS DE ENTÃO?Sr.Brito,OS CANALHAS,não estão sós.

    1. Exatamente, Marco. A depender desse povo, Lula vai mofar atrás das grades e o PT vai ter o seu registro cassado!
      Esse tão decantado povo não tem tem sangue nas veias e muito menos vergonha na cara! Povo à toa, que cuspiu sem dó
      no prato que comeu. Eu não canso de falar: o povão nunca foi para rua, nunca! Quem sempre foi e vai e se manifesta é a classe média, para o bem e para o mal. Ela fez a revolução de 30, derrubou Getúlio, derrubou Jango, apoiou a ditadura, fez as Diretas, elegeu Collor, elegeu Lula e Dilma e a derrubou, e agora elege Bolsonaro. E o “povo” só espiando ou com a cara na tv assistindo ao Silvio Santos, ao Faustão ou à novela. Simples assim!
      Esse “povo” foi e vai a reboque dos seus patrões, a dita classe média.
      Não ia ter golpe, teve. Lula não seria preso, foi. Fascistas não passariam, passaram.
      Revolução e manifestações gigantescas só teremos se Lula for libertado: a classe média vai invadir as avenidas em protesto e vai quebrar tudo! Experimentem só p’ra ver. E a justiça sabe disso, sabe que o povo não vai defender Lula – a exceção da minoria de sempre: MTST, MST, CUT, esses que estão no acampamento lá em Curitiba – sabe que os coxinhas vão virar esses país de ponta a cabeça se soltam Lula.
      Moro fez um teste com a condução coercitiva do ex-presidente: não deu nada – exceção daquela meia dúzia. E aí viu que poderia sem problemas mandar prendê-lo. E o fez sem qualquer trauma, sem quaisquer manifestações, sem crise alguma (que diziam que haveria).
      Crise vai haver, repito, com a liberdade dele: a classe média vai em peso às ruas protestar.
      E o povo vai continuar com a sua vidinha: sendo diariamente humilhados e explorados, os direitos sendo-lhes retirados, o país sendo entregue aos piratas do capitalismo internacional, sem esboçar reação qualquer.
      Quando esses caras que nos venceram pisarem nos calos da classe média aí sim a coisa vai degringolar p’ro lado deles.
      A elite sabe bem disso, e procura paparicar essa classe, não confrontá-la, ainda que usando-a como seu capitão-do-mato.
      Como sempre fez.
      Esse povo brasileiro não merece mais do que lhe cabe nos próximos 4 anos.

      1. Porra, Mauricio, mas tu leste tudo o que o Jessé Souza escreveu, depois do exaustivo trabalho sociológico de campo e de pesquisa sobre a real formação das classes sociais do Brasil. Quebrou os paradigmas do patrimonialismo português como influência e da mística do povo cordial, anteriormente aceitas pela academia. Acabou com o erro grosseiro de se separar as classes apenas pelo caráter meramente econômico. Acho que foste colaborador do Jessé, pelo menos no penúltimo livro “A elite do atraso”. Resumindo os dois (tu e o Jessé): a elite (sócia menor do capital internacional) faz a classe média de imbecil para que, com o prestígio dessa última (midia, professores universitários, médicos, juízes, promotores, economistas, etc.) a classe operária ou a ralé aceitem ser subjugadas.

  2. Esta é a hora dos pulhas e dos lambões tentarem se apresentar na primeira fila, não importa que o espetáculo seja fascista. Depois, todos eles serão passados pelo fio da espada do ultra-radicalismo.

  3. Trama recorrente em westerns: a justiça e os homens da lei são submissos aos ricos e poderosos; além disso, seus membros aproveitam-se da situação para também obterem vantagens sobre o povo acovardado. A solução é sempre a mesma: algum forasteiro não se deixa intimidar, enfrenta os vilões e seus capangas. Em alguns casos, o povo se encoraja pelo exemplo e também entra na luta mas em outros, infelizmente, fica apenas torcendo pelo mocinho sem tomar atitude porque continua acovardado. Por isso eu gosto do final de Matar ou morrer: o Gary Cooper resolve tudo sozinho porque o povo se acovardou, mas dá uma banana para este povinho que vem puxar seu saco quando a parada já está resolvida. Fico contente com a melhora em sua saúde.

    1. A criminalização das esquerdas, e não apenas do PT, é objetivo primário e declarado há muito tempo pelos articulistas ideológicos do golpe. Inclusive já existe um projeto de lei, de autoria do filho do boçal ignaro, que solicita a equivalência do termo “comunista” ao termo “nazista”, de forma a justificar o banimento de todas as legendas às quais seja atribuída ligação com o termo e o subsequente cancelamento do registro partidário, para viabilizar a prisão dos seus partícipes ou simpatizantes como “membros de organização criminosa proscrita”. E não vai ser o STF dos acoelhados que impedirá tal descalabro, provavelmente até vai aplaudir de maneira pusilânime tal arbítrio. Afinal, os pratos da balança que a Justiça brasileira carrega não têm o mesmo tamanho há tempos. Tempos sombrios se avizinham…

  4. O grande cronista voltou!
    Melhoras, meu caro, sempre!
    Sim, esse país está sendo destroçado por seu sistema judicial imundo.
    Ou é queda da bastilha ou é o fogo da desolação.

  5. O Vallisney será irmão daquele condenado Pauderney do DEM, que teve que devolver 5 milhões,por meter a mão no aluguel de escolas do Amazonas? Só não foi preso porque os Vallisneys do novo governo Talibã Tropical ,dizem que Caim foi filiado ao PT, e isso faz o PT ser culpado por…..”TUDO”.

  6. Melhoras, Fernando Brito! É sempre uma enorme satisfação ler o melhor cronista político deste país! De qualquer forma, desejo a tua pronta recuperação. Força, camarada! Forte abraço!

  7. Salve! Vida longa e saúde a você, para que possa continuar a desnudar os canalhas que se apoderaram do país!

  8. O mais desalentador é isso: para os milhões que elegeram esse “projeto”, não há qualquer projeto. Emprego, lazer, sociabilidade, nada, nada.
    Força, Fernando Brito!

  9. O Brasil parece que está tomando uma sova por tentar ser um país à altura que merece. Mostrou ao mundo que podia, sendo prontamente golpeado,para se manter naquele quintal de antes.

  10. Nero colocou fogo em Roma e culpou os cristãos, vem muito mais fogo contra o PT por ai.
    Provas não é necessário, para cada besteira do Bolso, e não irá faltar isso, eles montarão alguma acusação contra o PT.
    Seja bem vindo de novo. Fez falta.

    1. VÃO DIZER QUE RECEBERAM DINHEIRO DO FIDEL CASTRO , E NÃO PRECISA DE PROVA,.APENAS DELATOR PREMIADO .

  11. Fazer o que meu amigo, a grande maioria do povo sanchelou o novo governo, estamos em contagem regressiva para a implosão do País!

  12. Val… o quê ? Deixa pra lá né. No Brasil de hoje as nulidades se tornaram donas do país. Pode-se prever que essa cambada de ninguéns morais e intelectuais, vai colocar todo o PT no xadrez. Mas quanto mais hedionda for a atuação da corja, maior será sua queda quando os brasileiros acordarem do transe. Porque nenhum povo, nem mesmo o brasileiro, consegue andar de quatro pra sempre.

  13. :
    : 4:13

    Poema Z

    ……………………………………………………………………………….
    Poema dedicado para Dilma, Lula e o PT e para todos / todas os / as progressistas do mundo inteiro.
    Sinta-se homenageado / homenageada também.
    ………………………………………………………………………………..

    Penso

    Logo(S)

    ReXisto

  14. Esse juiz já tentou em outras ocasiões envolver os mesmos acusados de agora e não foi feliz, contudo o momento catastrófico que vive a inteligência brasileira representada por suas ‘ instituições(???)” favorece o magistrado. Vivemos o mal dos 15 minutos de fama. Entretanto o Brasil não é uma ilha e a complicada situação mundial favorecerá uma solução racional para o país uma vez que as fanfarronices do topete americano e do seu similar brasileiro cairão em desgraça dentro de 1 ou 2 anos. Esse é o período de nosso tormento. Até lá teremos esse cenário sombrio e triste na recém fundada REFB (Republica Evangélica Fundamentalista do Brasil) . Mesmo hoje o buraco é mais embaixo: o vice do eleito já cantou, com propriedade, a pedra ontem: nada de falar mal da China, do Mercosul, de manter tom de campanha durante o governo, nem de favorecimento automático à águia americana; o Brasil tem que ser governado para todos os brasileiros e não para quem o Olaf Von Oak ( genial Benvindo Siqueira) determinar.

  15. Este momento vai passar, e todos eles vão para a lata de lixo da história. Hoje são apenas aproveitadores!

  16. O nosso povo é maravilhoso, porém temos uma elite empresarial gananciosa e escravocrata, eles ainda tem o mesmo pensamento daqueles senhores de engenhos e barões do café que escravizavam o povo para desfrutarem do luxo e da riqueza, nos dias de hoje, só
    mudou o cenário, mas os personagens são os mesmos. Essa casta do judiciário, que mamam nas tetas do dinheiro do contribuinte, e só defendem o interesse da classe eletizada. O nosso povo infelizmente é manipulado pelos meios de comunicação, que disseminam informações falsas e inverídicas, e o cidadao por vez, termina acreditando, quando uma mentira é contada dezenas de vezes, em um dado momento torna-se verdadeira.

  17. Juiz por juiz, sugiro uma matéria sobre a decisão do ministro Félix Fischer do STJ que indeferiu em decisão monocrática os recursos do Lula. Sacanagem do maçom já era esperada, mas ao não levar ao plenário a análise das ilegalidades praticadas contra Lula está a praticar um delito.

  18. O maior tribunal de todos: a mídia brasileira. Quando ontem anunciaram este horror de perseguição, os já fatigados de tanta injustiça foram novamente sentenciados.

    Estou perplexo com o caráter de nosso povo. Se não somos coniventes, ao menos omissos quanto ao que está acontecendo. Mas de onde tirarão forças os que ainda querem ver este país livre de fato? Eles têm o dinheiro, o judiciário, a mídia e o exército. E nós?

  19. Todos agora descobriram que bater no PT angaria votos, seguidores ou ministérios. Infelizmente, até ditos progressistas estão tornando essa prática corriqueira. Pra citar alguns: Miguel do Rosário, Orlando Silva, Ciro e tantos outros. PT/Lula viraram a Geni. Lamentável a criminalização do partido. Só obterem, até aqui, resultado idêntico à operação mãos limpa com a eleição do “Berlusconi” brasileiro. Agora precisam extinguir o partido. O judiciário nunca esteve tão nu.

  20. Este é um juizeco da laia do de Curitiba. São estas nulidades que darão as cartas nos próximos anos.

    #LulaLivre

  21. Esses juízes, promotores, delegados e ministros não tem parentes? Pessoas normais que andam por aí, então…

  22. Moro ganhou um super ministério e uma vaga no STF como prêmio por ter perseguido o PT, ajudado a derrubar Dilma e prendido o presidente Lula, maior liderança da América Latina. E ainda ajudou a desestabilizar a economia do país, gerando desemprego e com isso facilitando os cortes nas conquistas trabalhistas. Na crise, e sem emprego, dificilmente os sindicatos conseguem mobilizar grandes massas. A juizinha substituta do agente da CIA em Curitiba segue o mesmo caminho. Logo, logo, receberá como prêmio uma promoção como desembargadora. Esse juizeco que ora aceitou denúncia contra Lula e Dilma tenta a mesma sorte dos vendidos. O Brasil virou isso: uma republiqueta onde juízes, promotores, militares e policiais federais disputam a tapa o título de quem é o maior perseguidor do PT, de Lula e dos movimentos sociais. Típico de território ocupado cujos beneficiários locais de tudo farão para servir aos donos reais da colônia BraZil (ou seria Brazax para combinar com Petrobrax?)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.