A lei é para todos? Então prendam o churrasqueiro da morte

A Polícia do Distrito Federal e o Ministério Público estão desafiados hoje a provar que “a lei é para todos”.

A confirmar-se o “churrascão” presidencial, agora com “uns três mil” estará havendo a violação, flagrante, ao artigo 268 do Código Penal:

Art. 268 – Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa: Pena – detenção, de um mês a um ano, e multa.

É crime e seu anúncio – aliás, o próprio Bolsonaro definiu-se, em suposta ironia, como “criminoso” é razão suficiente para justificar a entrada no domicílio presidencial – como seria num clube ou numa quadra de comunidade pobre – para dissolver a festa criminosa e responsabilizar seus promotores.

Se, na madrugada de quarta-feira, duas pessoas foram detidas ali perto, no Guará, por estarem promovendo um festa de aniversário com 30 pessoas, porque nada se fará com uma aglomeração cem vezes maior?

Aliás, por tratar-se de crime contra a ordem social, a Polícia Federal também tem o dever de agir.

Ou será que nossos valentes agentes da lei, os nossos intocáveis, vão incorrer em omissão que os mesmo Código Pena, (art.13) diz que “é penalmente relevante quando o omitente devia e podia agir para evitar o resultado”.

Muito embora pareça uma jogada a mais no marketing macabro que o psicopata presidencial, há a notícia pública de um crime e não há explicação para que o Ministério Público não ingresse com uma medida cautelar urgente para impedir que um evento criminoso seja preparado e realizado num próprio público, o palácio presidencial.

Será que temos de implorar para que Bolsonaro não se faça símbolo de um Brasil satânico?

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

30 respostas

  1. Além de um certo limite que no Brasil já foi ultrapassado várias vezes e há muito tempo, não há mais que discutir, conversar ou emitir “notas de repúdio” (às dezenas todos os dias vindas das instituições e personalidades). Não temos que implorar nada ao bozo e sua quadrilha de ministros e familiares. Não faz mais sentido, como clama a Dilma, o “fora bolsonaro”. Bozo com sua quadrilha tem que ser arrancado da presidência e enfiados numa cadeia. Que se tenha pelo menos, consciência disso e se pare de ficar cacarejando “palavras de ordem” que, pelo apelo contínuo sem que se realize, perde força e se descaracteriza seu sentido.

      1. A gente pode ter consciência disso. Aceitar, nunca. Eu me recuso a assinar mais baboseiras de repúdio, protestos, etc. Não vivemos mais num ambiente civilizado em que isso possa funcionar. Até as entrevistas “sensatas” dos líderes da oposição estão soando como blá blá blá de covardes.

  2. Pelas regras, ARAS deveria pedir e o STF autorizar providências imediatas contra a presidência ..mas como fazer isso se representantes de todos os Poderes estarão presentes ?
    Aqui, me parece, caberá mais uma nota de repúdio da OPOSIÇÃO e das Casas Legislativas ..quiçá da OAB tb

    ..isso, enquanto os historiadores incluem mais este CRIME na CAPIVARA desse marginal bunda suja que, com proteção das FORÇAS ARMADAS, se “entocaiou” com seus milicianos no Planalto, e dali, tudo indicia, parece não quererem sair até que a DINASTIA dos BOÇAIS esteja definitivamente viabilizada pela OMISSÃO da nossa “democracia” que, tudo indica, caminha célere e PASSIVA em direção à PONTA DA PRAIA.

  3. MP, judiciário, PF…existem? Apodreceram? Ou são partidos políticos? Necrologia democrata.

  4. Se omitirão com certeza porque fazem parte daqueles que apoiam e sustentam a ditadura bolsonaro. Mais um ato da tragédia brasileira contemporânea.

  5. Mas,uma objeção.Não VOTARAM NELE,por livre e espontânea vontade?Então,colhamos os frutos,da VONTADE DAS MAIORIAS.

    1. Este é o problema deste arremedo de democracia. 57 milhões representam quase 28% da população, portanto são minoria. Alguém aplica uma estratégia de marketing voltada justamente ao convencimento de analfabetos funcionais, analfabetos políticos, fanáticos religiosos ignorantes e acaba conseguindo que um desqualificado chegue ao poder apoiado pela parcela mais desqualificada da população. Tem que parar com esta ingenuidade de chamar este sistema de “democracia”, ele está bem longe de ser isso.

      1. Concordo que é um arremedo de democracia, mas apesar de ter sido bombardeado dia e noite a população escolheu esses vermes porque se identificaram com eles. Ninguém foi ameaçado de morte se não o elegesse, então que paguem as merdas que fizeram.

  6. É exaustivo viver nessa situação. Somos reféns do fascismo explícito, o que inclui doses altíssimas de estupidez, estímulo à violência e desrespeito à Justiça mas principalmente desrespeito às pessoas que cumprem a lei e as regras mínimas de uma civilização humanista. O presidente e suas hordas debocham dos cidadãos como nós, que se preocupam com o bem estar social e com a saúde de todos. Aliás, acho que o governo brasileiro já ultrapassou inclusive a linha do fascismo e chegou ao nível ugandense ou haitiano dos “bons tempos” de Idi Amin Dada ou de Papa Doc Duvalier .

  7. Ele fica provocando para depois dizer a sua matilha que está sendo perseguido, que não consegue governar….

  8. O que eu penso é que quando o presidente fala em “churrasco” e que o número de “convidados” está aumentando, ele está usando isso com metáfora para se referir ao acampamento que está se formando e aumentando em Brasilia.

  9. Os membros das SA do Mito se reúnem armados para marcharem até a Praça dos Três Poderes. São umas SA maluconas e subdesenvolvidas, mas estão armadas e ao meio dia estarão marchando contra o Supremo e talvez contra o Congresso. Quando chegarem ao alvo, Bolsonaro estará bem perto ladeado de outra robusta ala de seus aliados, sob o pretexto de um churrasco. Dentro da ótica olavista, isto será suficiente para resolver tudo.

    Última forma: Houve uma suposta desistência do churrasco, dizem alguns que pela repercussão negativa e outros dizem que era apenas provocação. Em quem acreditar? Claro que era só provocação. Mas quem acredita que tal ideia nasceu da cachola do Mito? Um churrasco no meio da pandemia? Isso tem tudo pra ser coisa do Olavo, para aumentar o auê geral e conservar quente a temperatura.

    1. Celso de Mello autorizou a tal marcha e ele está certo. Vamos dar um pouco mais de corda a essas hostes de imbecis até que eles mesmos se enforquem. Espero.

      1. Quem tolera os intolerantes vai acabar em campo de concentração.

        Quem usa o MP como arma contra fascista vai acabar onde?

  10. Desde quando a lei aqui é p todos? Só vejo lei aqui para PPP: Pobre, Preto e Petista. Não necessariamente a lei como justiça, mas o uso dela contra aqueles.

  11. Se o cara é suspeito de envolvimento em assassinato de desafeto político e queima de arquivo, réu confesso de outro assassinato, e nada fazem, acham mesmo que um churras da morte vai dar em alguma coisa? Coitado de vcs, de nós.

  12. Os artigos são bons e, por isso memo, mereceriam uma revisão, pelo próprio autor, para evitar a alta incidência de erros tipográficos, frases não finalizadas e quejandos.

  13. Promoveu o “churras” pra mandar um recado direto aos seus seguidores cego e idiotas: “Trata-se de uma gripezinha, portanto não há motivos para alarde”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *