A TV pode salvar Alckmin?

A rigor, a pergunda do título passa a ser a grande esperança da direita brasileira.

Mas ela depende de outros fatores, além do latifúndio de tempo que o insosso candidato tucano vai dispor nos horários eleitorais.

O primeiro – e óbvio – é que os agentes judiciais do golpe consigam fórmulas e manobras políticas que mantenham Lula reduzido não apenas a não ser candidato mas a comunicar-se exclusivamente por bilhetes e cartas, ou “traduzido” por visitantes limitados.

Mas há outras variáveis importantes.

A mais decisiva é o quanto Henrique Meirelles o pode proteger de ser “o candidato do Temer”, ainda mais depois que o “centrão” recebeu do ocupante do Planalto o mais descarado empurrão na direção do tucano.

Está evidente que Meirelles é um “candidato decorativo”, o que não se sabe é o quanto o é por consentimento próprio.

Trata-se, também, de o quão bem sucedidos serão os esforços para “desinflar” Jair Bolsonaro. Mesmo sem TV – o seu tempo dá para fazer, quando muito, um “Meu nome é Jair” e algum gesto simbólico de sua cruzada armamentista. Não descreia que nessa tarefa as pesquisas não ajudem o plano.

Há, ainda, problemas regionais de complicada solução, porque o ônibus de candidatos ficará lotado e a turma do Centrão vai cobrar caro pelo presente televisivo a Alckmin.

E, afinal, a maior de todas as questões: o que pode escolher Geraldo Alckmin para ser o significado de sua candidatura.

O “preparado para O Brasil”, slogan com que “vende” sua candidatura é, já se viu, fraco demais. Experiência pode ser um atributo desejável, mas reforça apenas o “paulistismo” do candidato, chovendo no molhado.

Depois, em que suas propostas se diferenciam do que temos com Temer: corte de gastos, perda de direitos trabalhistas, privatização, venda das empresas brasileiras?

Alckmin é carente do que mais mobiliza o eleitor brasileiro hoje: que o país volte a viver um tempo de prosperidade e autoestima.

E ele desperta tanto apetite quanto um prato de chuchu.

Que não dá água na boca nem mostrado com as cores da TV, fumegante e decorado.

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

50 respostas

  1. Alckmin terá os votos dos paulistas, se muito. As propostas do Golpe não convencem, porque são desesperançosas como o próprio candidato.

    1. Eu sou da região do ABC paulista e, por desgraça, SBCampo, S.André conseguiram eleger prefeitos do PSDB em 2016, mas acho que a população dessas 2 grandes cidades estão tão decepcionadas com eles que duvido que estarão com o PSDB de novo. Sem falar no ex-prefeito de Mauá, do PSB, apoiado por Alckmin em 2016, que esteve preso até esses dias atrás por envolvimento na tal corrupção da merenda escolar. E na cidade de SP aposto que Dória vai perder votos na sua tentativa para se eleger governador de SP, pois os pobres que votaram nele em 2016 não vão ser trouxas assim para votar nele novamente. Portanto, a eleição para Ackmin não estará tão fácil assim nem em SP.

  2. A continuidade do golpe “dentro da lei” como foi o impeachment, será deixar Lula disputar o primeiro turno e impedi-lo de disputar o segundo turno cassando sua candidatura.
    Assim, o terceiro lugar, Alkimin, será “convocado” a disputar o segundo turno com Bolsonaro, como determina a lei geral das eleições e a constituição.
    Bolsonaro será desconstruído pela mídia golpista e o prato de chuchu empossado.

  3. Alckmin e os demais golpistas usarão o surrado mote do anti petismo para dizer que Agora Vai porque afastaram o demônio Lula. Só que precisarão apagar a memória dos saudosos governos Lula, o que é difícil. E terão também que demonizar o Bolsonaro, o que parece fácil mas não é. E de quebra afastar o demônio Temer de seus calcanhares golpistas. Será muito exorcismo pra pouca liderança.

  4. Estao perdidos e mal pagos. Que coisa triste a direita- centrão do pais. O paulistismo do candidato é nocivo ao Brasil. Quem Lula indicar ja esta no segundo turno, caso seja ele tudo se resolve no primeiro.

  5. Santo´s Candidaturas :

    Apoio da Lista da Odebretch, OEA, Camargo Correa, Andrade Gutierres, Opus Dei, Illuminattis, Maçonaria, Pastores Pentecostais.
    Patrocínio: contas de Liechteistein, NY, Singapura, Suíça
    Financiamento da offshores de Paulo Preto, RodoAnel corporations, Metro Paulista, Merenda Delicious
    Apoio da Moro & Dallagnol Delations
    Assessoria de imprensa: Veja, Jovem Pan, Época, Estadão, Folha de São Paulo, Antagonista, MBL

    Vai dar certo sim, PSDB… eu acredito!!! Força Alckmin!!!

    1. Tem Zaras….Riachuelo….Gerdau…Lojas Marisa…Habibbs…Madero…globo…DM9…abril…Itaú…BRADESCO…Todas golpistas, escravagistas e antinacionais….NÃO SE ESQUEÇAM delas e seus donos…terão uma lição inesquecível….

        1. A massa ignorante é a que provocou esse erro.Como se governa sem base no Congresso????não foi por prazer ou coincidências políticas que se deu essa aberração.Espero que a massa imbecil tenha aprendido com o erro ,se vota em candidato da esquerda ,acompanhe-o com um congresso aliado ,não com os fisiologistas.

  6. ENTRANHAS DA LAVA JATO-PR: PERSEGUIÇÕES E MANIPULAÇÕES.

    “No bojo de um novo processo – o segundo pelo mesmo motivo – que o Ministério Público Federal do Paraná (MPF-PR) move contra o delegado federal Mario Renato Fanton, o ex-deputado André Vargas Ilário revelou parte dos métodos – nada republicanos -utilizados pela chamada “República de Curitiba”. Foram apenas alguns exemplos, mas juntando todos os fatos é o suficiente para pôr em xeque o respeito ao devido processo legal e à isonomia da Força Tarefa da Operação Lava Jato no Paraná. Aos amigos e correligionários, o esquecimento. Aos “inimigos” nem sempre o respeito às leis.

    Trata-se da Ação de Improbidade Administrativa – Nº 5013291-52.2018.4.04.7000 -, na 1ª Vara Federal Cível de Curitiba, contra Fanton. Ele, em junho de 2015, confirmou que o grampo encontrado na cela do doleiro Alberto Youssef, preso pela Operação Lava Jato, foi posto pela própria Força Tarefa e estava ativado..

    Esse novo processo foi ajuizado pelo procurador da República Alexandre Melz Nardes em 2 de abril. Tem por base as mesmas acusações consideradas inverídicas pelo juiz Marcos Josegrei, da 14ª Vara Federal Criminal, no processo criminal nº 5022885-27.2017.4.04.7000. A denúncia criminal, também da lavra de Nardes, foi por suposto vazamento de informações sigilosas em torno da investigação que Fanton presidia e resultou na famigerada “Operação Carne Fraca”…”

    https://marceloauler.com.br/entranhas-da-lava-jato-pr-perseguicoes-e-manipulacoes/

  7. Alckmin pode usar a mesma ideia do Prefake e inventar, na cara de pau, que é o novo na política kkkkk…

    ” Afilhado político de Alckmin, o ex-prefeito João Doria, pré-candidato do PSDB ao governo de SP, divulgou jingle com a seguinte letra: “Vem, o futuro acabou de chegar; um novo jeito de governar.; Doria vai São Paulo mudar”. O PSDB governa o estado há mais de 20 anos. A campanha do tucano que disputará o Palácio dos Bandeirantes escolheu o axé como ritmo do jingle.”

    Se fosse o Ciro, me concentraria nas propostas e esqueceria o bolnossauro, pois o Alckmin tá esperando que Ciro faça o trabalho sujo pra ele (de desconstrução e esvaziamento do bolsonaro). Deixe os dois se pegarem sozinhos (direita vs. extrema direita), haja vista que a necessidade de sugar votos fascistas é do Alckimin, não do Ciro. Ciro precisa tirar votos dos marinistas, moderados, que não gostam de briga.

    1. O problema, Gurgel, é que Ciro vem usando como argumento para sua campanha o mote “vote em mim para evitar a vitória de Bolsonaro” – haja vista os comentários de boa parte de seus apoiadores, aqui mesmo neste blog. Desconstruir isso agora, a menos de três meses das eleições, será difícil…

  8. TUKANOS À PASSOS RÁPIDOS PARA O NAUFRÁGIO ELEITORAL…..
    A PRAIA PROFUNDA E AMPLA DA DEMOCRACIA ESPERA PELOS CORPOS DAS CANDIDATURAS DOS GOLPISTAS!
    POBRE PSDB…
    PRATO PRINCIPAL: TUKANO COM CHU-CHU, SEM DIREITO À SAL, DIRETOS PARA O FORNO DA HISTÓRIA…

  9. A campanha na TV e rádio será usada como álibi para justificar uma arrancada espetacular do Picolé de Chuchu para ficar em primeiro no primeiro turno e vencer a eleição no segundo turno. Fenomenal! Espetacular! Arrancada heróica, como aquela do Palestra Itália em 1942… Voltamos aos tempos da velha república e todo mundo sabe como funcionavam as eleições.

  10. A TV pode salvar Alckmin de entrar numa “roubada”!…Quem sabe, se ele perceber que não tem nem a menor chance limite para encabeçar uma chapa, então ele desiste logo de vez e deixa de passar pela vergonha de vir a ser um dos últimos na contagem de votos!…

  11. Nunca menosprezem um candidato tucano nesta republiqueta de bananas. Pode ser um grave êrro.
    Os tucanos terão o apoio forte e decidido de toda a mídia, e nós vimos desde o golpe o poder que a mídia ainda tem num país com tantos ignorantes políticos.
    Além disso, os tucanos terão muito dinheiro, vindo do mercado empresarial e financeiro. Se tudo isso não bastasse, terão as costas quentes do judiciário e do ministério público.
    Não subestimem o Alckmin. Infelizmente, eu acho inclusive que ele é o favorito para ganhar a eleição, quando a campanha de fato começar e a mídia começar a apoiá-lo intensamente.

    1. RESUMO DA MERDA:

      Resumo central da merda em que está enterrado o País, a que somam-se PSDB, (P)MDB e DEM:

      Centrão (direita na verdade), composto por 11 partidos de aluguel, sem bandeira alguma, com 194 votos garantidos em qualquer votação: PP, PR, PSD, PTB, PROS, PSC, PRB, PEN, PTN, PHS e PSL.

      O importante para esses 14 “partidos” é lucrar alugando o Brasil.

    2. Você com certeza esqueceu de tomar seu Gardenal hoje!!
      O Lula já mandou fazer até o terno da posse.

    3. Concordo.Como já postei há algum tempo atrás, Alckmin é o candidato oficial do Mercado Financeiro (até tentaram substituí-lo por algo mais expressivo mas deu chabu). Também comentei que a turma do Mercado não ia dar o golpe para depois morrer na praia e entregar o poder a alguém que não fosse de
      sua confiança (não é a toa que seus subalternos da mídia e do judiciário fizeram o possivel e o impossivel para manter Lula trancafiado e depois cortaram as asas de Jair Bolsonaro). Vão cerrar fileiras com suas tropas de choque para não ceder o poder (Lula só conseguirá ser candidato se houver
      uma grande mobilização popular).

    4. Dinheiro para jogar na roleta da eleição nunca foi problema para tucanos. E é bom lembrar que o tucano José Serra, que alguns classificam como sendo o maior ladrão do Brasil, dizia em 2010 que iria ganhar com o apoio da mídia. Nunca jamais se viu um tiroteio midiático como aquele, até armas nucleares usaram a favor do Serra e ele não se elegeu. E olhe que a mídia (tradicional) naquele tempo ainda tinha alguma credibilidade.

    5. Dinheiro para jogar na roleta da eleição nunca foi problema para tucanos. E é bom lembrar que o tucano José Serra, que alguns classificam como sendo o maior ladrão do Brasil, dizia em 2010 que iria ganhar com o apoio da mídia. Nunca jamais se viu um tiroteio midiático como aquele, até armas nucleares usaram a favor do Serra e ele não se elegeu. E olhe que a mídia (tradicional) naquele tempo ainda tinha alguma credibilidade. Mas você tem razão, não devemos subestimar o inimigo, que neste caso não é o Alckmin, mas sim os marqueteiros do PSDB/GOLPE.

    6. Não devemos menosprezar, concordo. Mas a midia não é mais a mesma. Erraram na dose de ataque a Lula e o povo percebeu. A credibilidade da Globo por exemplo, caiu consideravelmente. Ao mesmo tempo a internet e redes sociais aumentaram expressivamente sua influencia na opiniao pública. Quando o xuxu falar uma mentira na propaganda eleitoral, o zap zap vai desmentir instantaneamente. Será nosso dever. Por outro lado, as fakes contra os progressistas vão chover tambem. Minha opiniao é que a politica de 2018 será pelo celular android e IOS. E o que o Alkimin tem de bom para divulgar pelos smarts? Lula tem conteúdo de sobra.

    7. Ele só poderá ser eleito se 51% dos votos válidos crerem em todas estas variáveis, que acho difícil meu caro. Este filme já vimos na eleição de Dilma e eles não ganharam. Lula 2018 ou quem ele indicar.

  12. O GOLPE TEM CANDIDATURA OFICIAL

    Os partidos do centrão que apoiam Alckmin ocupam vários ministérios e são a espinha dorsal do governo Temer. Nessas eleições, Temer é Alckmin e Alckmin é Temer. Vejam:

    “Pressão do Governo Temer fez ‘Centrão’ definir apoio a Alckmin…” – Mais em:
    https://noticias.uol.com.br/politica/eleicoes/2018/noticias/agencia-estado/2018/07/20/pressao-do-planalto-fez-centrao-definir-apoio-a-alckmin.htm?cmpid=copiaecola

  13. os tempos mudaram banda podre da mídia não consegue mais controlar a informação, nem emplacar um burgues aliado no poder. Uns 15% do eleitorado assisti na TV propaganda eleitoral, por 3 motivos óbvios, o primeiro é o status de mentira que essas propagandas conseguiram com o tempo, também a audiência decadente da televisão e o terceiro, é mais confiável encontrar fatos reais na internet do que se deixar iludir por uma propaganda fake encenada.

  14. O maior benefício do ajuntamento à direita, Paraná oposição é que eles concentrarão a grana. A disponibilidade de muito tempo pode ser um problema. A propaganda ficará enfadonha

  15. Estamos na iminência de ver o stf cassar o direito de votar de 60 milhões de brasileiros. Cassar 60 milhões de votos. Impedir que o povo escolha quem já muito consciente escolheu, apesar das poderosas e desinformantes globos da vida. Isto é assustador.

    A prisão ilegal e infame do LULA é incompreensível e causa total indignação, mas será um pequeno, ilegal e inconstucional detalhe perto do cataclisma que será o stf, na base do 6 x 5, o combalido stf como eles próprios sabem, votar em substituição a 60 milhões de votos. Nem o pior dos ditadores foi tão longe e negou tanto assim o desejo da população e de maneira tão descarada.
    Anuncia-se uma barbaridade inominável e parece nada muda. Os senhores estão gozando suas férias escolares como se … .Estarão cego?

    Esperar o que?

  16. O Alckmin não será a estrela do seu tempo de TV. Esta estrela será, pasmem, o Lula e o PT. Seus marqueteiros vão ficar divididos entre fingirem que o Lula está morto ou tentarem matá-lo por mentiras. Será difícil matá-lo até mesmo para a classe média coxinha, que já está desconfiada das mentiras dos tucanos, mas acredito que esta será a opção deles. Eles vão passar o tempo todo falando mal e dizendo cabeludas mentiras sobre o Lula e o PT, e o “Santo” só vai aparecer para dizer que é o antídoto contra a desgraça. Cabe ao campo progressista reapresentá-lo como a própria desgraça. Ou então deixar que eles se percam dentro dela e com isso ajudem ainda mais a eleger o PT. Tudo depende do “timing”, para o qual devemos estar preparados. Afinal, quem são os tucanos? São Aécio Neves, José Serra, FHC e outros que nem devemos sujar os dedos com seus nomes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *