A vaca da economia, cada vez mais no brejo

Nem escrevi ontem sobre a queda das previsões do PIB porque algo que acontece 18 vezes seguidas não é notícia, é rotina.

Melhor falar hoje, agora já diante de um novo fiasco, o da produção industrial, que caiu 0,2% em maio sobre abril e acumula uma perda de 0,7% nos cinco primeiros meses do ano.

(Parêntesis: a alta de 7% frente a maio de 2018, quando a produção despencou 10% em função da greve dos caminhoneiros deve ser lida, na verdade, como uma queda de perto de 3% reais)

Digo que é melhor porque as previsões já minguadas de crescimento da economia baseiam-se na expectativa de uma expansão industrial de 0,7% em 2019. Como, quando vierem os números de junho, saem da conta os números distorcidos para cima que vieram com o fim do locaute dos transportes, o acumulado em 12 meses ficará perto dos 2% de queda, não se avista qual milagre poderia fazer com que a indústria chegue sequer perto daquela minguada projeção.

Ontem, fechou a fábrica da Deca em São Leopoldo, a Nestlé fechou uma unidade de processamento de lácteos em Palmeira das Missões, em mais uma onda de “enxugamento” da produção. O Índice de Confiança da Indústria (ICI) da Fundação Getulio Vargas caiu 1,5 ponto em junho de 2019, para 95,7 pontos e o nível de estoques está acima do planejamento das empresas. Indicadores, portanto, de que não haverá, no curto prazo, aumento da produção.

É espantosa, mais do que a queda, a paralisia do governo em enfrentá-la. A vaca vai para o brejo sem que ninguém lhe puxe o cabresto.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

23 respostas

  1. Ultimamente, quando um bolsominion vem falar que as coisas com o Bozo estão ruins, me limito a responder “deixa o homem trabalhar que as coisas vão melhorar”.
    Só não sei para quem…

    1. Eu sarcasticamente responderia, me fingindo de perplexo: puxa, a corrupção acabou, por que o país não cresce?

      1. Eu tive uma visão. De repente, eu estava andando num lugar cheio de fogo e enxofre e veio um anjo (um tipo de anjo, meio torto, meio tostado) e me disse: “Não fala pra ninguém, que vão dizer que é vazamento, mas, o chefe tava dizendo, ontem, que o assessor dele no Brasil já nomeou o Ministro da Capitalização e que não precisa o da Economia, porque o da Capitalização é de confiança da chefia aqui de baixo”.

    2. Já eu respondo: quem pôs ele lá que tire.
      Se a esquerda tirar ele de lá, vão dizer que as coisas estavam melhorando e que nós é que atropelamos o governo e fizemos as coisas desandarem.
      A única chance que eu vejo desse povo acordar é deixar o governo bolsonaro levar o país para o fundo do poço.
      Ai talvez o preconceito contra a esquerda acabe e o Brasil consiga enfim se livrar do complexo de casa grande e senzala.

      1. Por outro lado, os mais teimosinhos seguirão dizendo que, se não der certo, é tudo culpa do peteeee.

      2. É triste mas tenho que concordar…..tem gente que só cai as fichas depois de muito, mas muito sofrimento….E nem precisa desejar, não é? Pelo andar da carruagem, as águas da recessão (que já alagaram os porões onde ficam os pobres), começa a subir implacavelmente para os camarotes da classe média. Com o mercado de trabalho em processo de deterioração, a renda em queda e o desemprego nas alturas, o mercado consumidor entra em processo de derretimento e a economia afunda. E nesse Titanic estamos todos juntos.

    3. Tenho tomado a mesma decisão. Não vou perder meu tempo discutindo com eles. Mesmo porquê adianta muito pouco.
      Não estou com paciência de conversar com eles. Já disse para uma colega que só falo de política com quem não votou no Bozo.

  2. Só resta a retórica Boçal Nato-Guedes de que o país não deslancha porque ainda não saiu o desmonte da previdência.

    É um ganha-ganha para eles: Boçal Nato demoniza o congresso pela demora e irresponsabilidade para com o país, fornecendo assim ração para a horda de bolsominions; já o Guedes esconde sua incompetência.

  3. Já escrevi diversas vezes, mas não me canso de repetir a verdade nua e crua: excetuando a manipulação, falsificação ou fraude realizadas com os dados, números e estatísticas, como ficou claro desde que foi feita uma intervenção “mercadista” no IBGE, ainda no (des)governo do vampirão Temer, não se pode dar a mínima credibilidade ao que é divulgado como ‘indicadores da atividade econômica’. O Brasil, em desmonte, sendo privatizado e entregue aos estrangeiros, está em depressão, pois desde 2015 a queda da atividade econômica real é facilmente percebida e observada. Não é preciso ser economista, estatístico ou matemático para se ver isso.

  4. Este governo consegue ser muito pior do que as piores previsões feitas. Não tenho a menor dúvida de que o problema do presidente e alguns dos que o rodeiam, é de sanidade mental.

  5. A “GROBO APOIA O ACORDO UE MERCOSUL,A “GROBO” SEMPRE FODENDO O BRASIL E O BRASILEIRO.

  6. Cometemos o erro de tentar enquadrar esta quadrilha dentro de um pensamento económico,errado se trata de DELINQUENTES.
    A intenção é simplesmente o saqueo ,o roubo,rapar o tacho.
    Tio Sam fica feliz ,o projeto de destruição e sometimento de um possível futuro país que desafia-se o seu poder está sendo concluído.
    Benéfico economicamente e em termos geopolíticos ,a permanência de suas patas fedorentas sobre o lombo dos brasileiros está garantida.
    Ingenuidade petista a de achar que se podía cutucar o império coqueteando com os inimigos dos yanquees e projetar um país independente ,sem mexer nas estruturas sabujas e servis ao tio sam.Dentre elas e prioritariamente ,na cultura entreguista e submissa da milicada.
    SÓ AS RUAS PODEM SALVAR ESTE PAÍS.
    ACORDA BRASIL !!!!!

  7. Um Brasil para todos nunca irá deslanchar com o Bolso.
    Para ele, há 200 milhões de brasileiros a mais no país.
    Ao contrário, não há paralisia, a economia está sendo remontada de forma criminosa para o povo, mas não para o Bolso.
    Ele governa para uma minoria.
    Os rentistas estão ganhando, as riquezas sendo doadas, o povo afetado está tomando rivotril.
    O que as esquerdas esperam?! Melhorias para o povo. Com o Bolso, pode esquecer. Para ele, o povo é o inimigo a ser massacrado.

  8. Mesmo frente a tanta desgraça meu vizinho ontem disse que Bolsonaro é o melhor presidente que o Brazil já teve, que o país está melhorando. Quando perguntei do Queiroz ele disse que toda a família tem uma laranja pobre, no caso é o Fabrício. Perguntei qual era a laranja podre da família dele, calou-se. No final, mandei-o às favas, que volte ao pasto de onde nunca deveria ter saído. Menos um imbecil para aturar.

  9. O Paulo Guedes é uma nulidade em economia. Seu foco é o Estado Mínimo. Por isso só pensa na Deforma Previdenciária. Arrocho em tempos de crise é burrice extrema.

  10. A coisa está pior que imaginamos.
    Minha filha montou uma farmácia a 11anos com a cara é a coragem.
    Não tinha um centavo, fez empréstimo, 100% do valor, e conseguiu pagar toda a dívida em 7 anos e ainda formar um fluxo de caixa.
    Pois bem, esse mês ( sempre considerado um mês bom de vendas) as despesas superaram a entrada, o que significa mais trabalhadores desempregados. Porque se o quadro não mudar ela dispensará, a princípio dois funcionários .
    Ironia do destino: os funcionários dela votaram no Bozo e ela cansou de avisar.

  11. O maior problema da “paralisia do governo” é a total incompetência dos ministros e ministérios, começando por Paulo Guedes. Paulo Guedes não tem a mínima capacidade para “mexer” na economia. É um asno, igual ao seu chefe. E vai continuar apregoando para o país, e para milhões de asnos que acreditam nele, que a reforma da previdência é a cura para todos os males.

    Cura para todos os males seria a imediata substituição desse governo composto por débeis mentais, fascistas e incompetentes por um governo decente e aliado do povo brasileiro. Mas isso já um sonho de uma noite de verão…

  12. O problema é que esse monte de fascistas incompetentes que usurpou o poder nem sequer sabe onde fica o tal cabresto.

  13. Paralisia do Governo, Brito? E esse bando de FdP da mídia, engolindo a destruição do Brasil sem soltar um pio? Até aonde se irá nessa toada? Meu único entendimento é que esse é um silêncio de cúmplices.

  14. Era previsto, ha hora que a “gordura” que o PT deixou acabar de vez que a coisa vai ficar preta de verdade, no Sul fechou essa segunda feira, uma unidade da Nestle e uma da Duralex, 600 empregos diretos foram para o brejo, funcionarios de 30 anos de casa vão penar ha hora que o seguro acabar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *