Agora, Haddad será Lula para milhões de brasileiros.

A vida, essa que nos dá, todos os dias, tristezas e sofrimentos, para os quais basta sair à rua e ver o estado de abandono no nosso povo, também nos dá momentos de intensa grandeza de emoções, quando vemos a história se desenhando ante nossos olhos e temos lucidez para percebê-lo.

A leitura da carta de Lula, hoje, foi um destes momentos.

Digam os bobos e novatos no ofício que foi uma peça de propaganda, porque não foi, até pelo tamanho, que qualquer publicitário teria reduzido a um quinto ou menos.

Não, e não foi também um lamento com a injustiça contra um homem.

Foi o grito contra a injustiça contra um povo e seus anseios de uma vida digna:

 Eles não querem prender e interditar apenas o cidadão Luiz Inácio Lula da Silva. Querem prender e interditar o projeto de Brasil que a maioria aprovou em quatro eleições consecutivas.

Grito calado à força, amordaçado, mas nem por isso menos audível pelas palavras escritas com indignação:

Nunca aceitei a injustiça nem vou aceitar. Há mais de 40 anos ando junto com o povo, defendendo a igualdade e a transformação do Brasil num país melhor e mais justo. E foi andando pelo nosso país que vi de perto o sofrimento queimando na alma e a esperança brilhando de novo nos olhos da nossa gente. 

Sim, é assim que se constrói o sentimento de causa, de missão, que vai muito além da ideologia que se consegue em livros, na razão pura, nos ambientes intelectuais.

E se constrói, também, o saber quase mágico de entender e sentir seu povo, mesmo apartado dele, seja pelos palácios, seja por uma cela de prisão.

Povo que só cobra uma promessa, a maior de todas, que só poucos podem fazer: a entrega, total e absoluta, a este pertencer-se mútuo:

Vocês me conhecem e sabem que eu jamais desistiria de lutar.(…)
Talvez nada disso tivesse acontecido se eu não liderasse todas as pesquisas de intenção de votos. Talvez eu não estivesse preso se aceitasse abrir mão da minha candidatura. Mas eu jamais trocaria a minha dignidade pela minha liberdade, pelo compromisso que tenho com o povo brasileiro.

Este compromisso nada pode abalar: nem a prisão, nem as mentiras, nem as humilhações que, a rigor, só abate aos que vergam sua alma e sua coluna. “E o duro combate, se aos fracos abate, aos fortes, aos bravos, só faz exaltar”, cantava  Gonçalves Dias em seu Y Juca Pirama.

Um homem pode ser injustamente preso, mas as suas ideias, não. Nenhum opressor pode ser maior que o povo. Por isso, nossas ideias vão chegar a todo mundo pela voz do povo, mais alta e mais forte que as mentiras da Globo.

Lula teve de fazer hoje, como Getúlio, o suicídio de seu direito de candidatar-se, amarrado, vetado e aprisionado pelos senhores de toga que não se envergonham de usar a Justiça para promover a injustiça, a privação de liberdades. Mais que as de Lula, a liberdade de escolha do povo brasileiro:

Fui incluído artificialmente na Lei da Ficha Limpa para ser arbitrariamente arrancado da disputa eleitoral, mas não deixarei que façam disto pretexto para aprisionar o futuro do Brasil.(…)
Se querem calar nossa voz e derrotar nosso projeto para o País, estão muito enganados.

E então, cumpre seu papel de líder, que aponta o caminho e dá o seu nome como bandeira de luta:

Nós continuamos vivos, no coração e na memória do povo. E o nosso nome agora é Haddad.
Nós já somos milhões de Lulas e, de hoje em diante, Fernando Haddad será Lula para milhões de brasileiros.

Neste país de políticos canalhas, de elites que sofrem de um nanismo intelectual e moral que lhes faz acusar o “povinho” maltratado pelas mazelas o país, que arrota seu mérito, mas não teve a capacidade de transformar esta terra imensa e rica num país com um mínimo de justiça e de perspectivas, é dramático que se cale, se prenda e se puna alguém por ter sido alguém capaz de presidir um país inteiro e não apenas o perpetuador de um sistema de castas.

Vivemos um momento de drama nacional. Que exige que cada um de nós esteja à altura da hora decisiva que vivemos.

Só os micróbios mentais, os medrosos, os vacilantes não o percebem.

Se o povo brasileiro vencer, nada será como antes.

Se não estivermos, por medo ou vacilação, à altura de nosso papel, como Lula está sendo, tudo será, por muito tempo, como sempre foi.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

32 respostas

  1. Herança em vida não é apenas herança. Se aguerrida, é a espera da herança. É esperança. Quando Lula diz que não morreu de fome antes dos oito anos de idade, está falando disso. Nas assembleias dos metalúrgicos do ABC,em Vila Euclides, na ditadura militar, sempre falou disso. Hoje, do fundo da medieval – como o judiciário nepotista e miliardário, senhor dos burgos hoje ainda chamados de “comarcas” – masmorra curitibana, invernal e infernal, de que fala Lula? De esperança. Essa é a herança em vida de Haddad herdou milhões de Lulas. Milhões de nós. Milhões de laços entrelaçados com a esperança do povo brasileiro.

  2. Haddad tem uma enorme responsabilidade, executar o projeto de Lula. Mas antes temos de derrotar os candidatos do atraso, da desesperança. Voto a voto, vamos convencer os eleitores que estão abertos a ouvir um apelo, aqueles que ainda não entregaram o cerébro para rede globo.
    Não vai ser fácil, o PIG e o Judiciário vão fazer de tudo para derrotar os milhões de Lula.

  3. Linda exortação,sr.Britto.Mas temo eu,nos meus mais de 70,que vão faltar ouvidos.As mentes de quase todos,são feitas,pela propaganda constante,que acena para todos,o REINO DOS CÉUS.E o pior de tudo isso,é que o céu não existe.Poderia existir aqui mesmo,onde estamos,mas AS ELITES,nunca permitiram.E terminam ,quase todos,crendo no céu,mas não aqui.Sei também,que a hora é de júbilo,de luta,e queira estar eu,meramente pessimista.Ainda assim,parabéns pela LINDA E CORAJOSA EXORTAÇÃO.

  4. A Grande Mídia, sabe que HADDAD/MANUELA vencerá, mas vai tentar vencer, tornando os “filhotes” da “coisa moribunda”, vencerem para atrapalhar a governabilidade. O Programa de Governo de Inclusão Social será vencedor com HADDAD e MANUELA, o povo brasileiro deve estar atento e eleger também o “SEU CONGRESSO”, sem golpistas, sem corruptos, vamos eleger o máximo de aliados de LULA “13”.

  5. A “JUSTIÇA” brasileira, mais uma vez, com seu “justiceiro mor”, Alexandre de Moraes, acaba de aprovar o “preconceito contra os negros”, por 3X2, temos que vencer a “barbárie”. AGORA É HADDAD/MANUELA “13”, E SEUS ALIADOS NO CONGRESO (CÂMARA FEDERAL E SENADO) ! VIVA O POVO BRASILEIRO !

  6. hoje o PT legitimou o golpe!!! não aguento tanta covardia! entregar o Lula bando de traidores…vou anular o meu voto!!!

    1. Explique como “legitimou” o golpe. Assim, com a faca no pescoço que é o prazo para substituir o nome ? Ou deveríamos desistir diante do flagelo de Lula ? Não anule seu voto ou então não entendeu o recado.

  7. Off topic>: os canalhas fascistas deram 3×2 a favor do bolsonaro pra ele continuar a falar merda dos negros . Parabens STF fascista.

    1. Isso quer dizer o seguinte: a partir de agora pode fazer a ofensa racista que quiser pois não é mais crime. Obrigado STF!

  8. Agora temos um Norte. Presidente Lula, vosso sacrifício, vossa luta, vosso gesto não será em vão.
    Povo Brasileiro, agora é conosco, nossa arma chama se voto. Vamos apear esta cambada do poder.

  9. O sentimento Fernando,tanto da Leitura da Carta de Lula quanto do Discurso de Haddad são os mesmos…E voce os captou e transmitiu muito bem…Valeu

  10. Não haverá arrego…É 13 de cabo à rabo e no primeiro turno…precisamos atropelar STF….golpistas….STJ…TRF4 ….globo…mídia nojenta…lava jato…fascistas..nazistas…precisamos passar o rolo compressor nessa escumalha..e é pra AGORA.#EUSOULULA.

  11. Com LULA no coração e HADDAD na ponta dos dedos. Dia 07 de outubro voto 13. Vamos devolver o sentido à palavra “justiça” !!!

  12. E continua o cerco a Stalingrado, mas nós iremos um dia iniciar a grande ofensiva e derrotar os nazistas que nos oprimem!

  13. #EuSouLula!

    #Haddad-é-Lula-e-Lula-é-Haddad!

    AGORA É MAIS DO QUE
    NUNCA, “FERNANDO LULA HADDAD” PRESIDENTE DO BRASIL E LULA
    LIVRE, JÁ.

    Vou votar dia 7:

    Deputada estadual;

    #Leci-Brandão-65035

    deputado federal;

    #Eloi-Pietá-1387

    Senador 1;

    #Eduardo-Suplicy-131

    Senador 2;

    #Jilmar-Tatto-132

    Governador de SP;

    #Luiz-Marinho-13

    Presidente da
    republica;

    #Haddad-13

  14. O voto de desempate do careca poderá jogar o pcc contra a direita, pois a maioria dos componentes não é branca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.