Carta de Lula é um banho de emoção e força para os brasileiros

Transcrevo, a seguir, a carta – lida pelo advogado Luiz Eduardo Greenhalgh – em que Lula anuncia que, em seu nome, Fernando Haddad será Lula para milhões de brasileiros.

Em seguida, comento o texto e o discurso que faz, neste momento, Fernando Lula Haddad.

 

CARTA AO POVO BRASILEIRO 

Curitiba, 11 de setembro de 2018

Meus amigos e minhas amigas,

Vocês já devem saber que os tribunais proibiram minha candidatura a presidente da República. Na verdade, proibiram o povo brasileiro de votar livremente para mudar a triste realidade do país.

Nunca aceitei a injustiça nem vou aceitar. Há mais de 40 anos ando junto com o povo, defendendo a igualdade e a transformação do Brasil num país melhor e mais justo. E foi andando pelo nosso país que vi de perto o sofrimento queimando na alma e a esperança brilhando de novo nos olhos da nossa gente. Vi a indignação com as coisas muito erradas que estão acontecendo e a vontade de melhorar de vida outra vez.

Foi para corrigir tantos erros e renovar a esperança no futuro que decidi ser candidato a presidente. E apesar das mentiras e da perseguição, o povo nos abraçou nas ruas e nos levou à liderança disparada em todas as pesquisas.

Há mais de cinco meses estou preso injustamente. Não cometi nenhum crime e fui condenado pela imprensa muito antes de ser julgado. Continuo desafiando os procuradores da Lava Jato, o juiz Sérgio Moro e o TRF-4 a apresentarem uma única prova contra mim, pois não se pode condenar ninguém por crimes que não praticou, por dinheiro que não desviou, por atos indeterminados.

Minha condenação é uma farsa judicial, uma vingança política, sempre usando medidas de exceção contra mim. Eles não querem prender e interditar apenas o cidadão Luiz Inácio Lula da Silva. Querem prender e interditar o projeto de Brasil que a maioria aprovou em quatro eleições consecutivas, e que só foi interrompido por um golpe contra uma presidenta legitimamente eleita, que não cometeu crime de responsabilidade, jogando o país no caos.

Vocês me conhecem e sabem que eu jamais desistiria de lutar. Perdi minha companheira Marisa, amargurada com tudo o que aconteceu a nossa família, mas não desisti, até em homenagem a sua memória. Enfrentei as acusações com base na lei e no direito. Denunciei as mentiras e os abusos de autoridade em todos os tribunais, inclusive no Comitê de Direitos Humanos da ONU, que reconheceu meu direito de ser candidato.

A comunidade jurídica, dentro e fora do país, indignou-se com as aberrações cometidas por Sergio Moro e pelo Tribunal de Porto Alegre. Lideranças de todo o mundo denunciaram o atentado à democracia em que meu processo se transformou. A imprensa internacional mostrou ao mundo o que a Globo tentou esconder.

E mesmo assim os tribunais brasileiros me negaram o direito que é garantido pela Constituição a qualquer cidadão, desde que não se chame Luiz Inácio Lula da Silva. Negaram a decisão da ONU, desrespeitando o Pacto Internacional dos Direitos Civis e Políticos que o Brasil assinou soberanamente.

Por ação, omissão e protelação, o Judiciário brasileiro privou o país de um processo eleitoral com a presença de todas as forças políticas. Cassaram o direito do povo de votar livremente. Agora querem me proibir de falar ao povo e até de aparecer na televisão. Me censuram, como na época da ditadura.

Talvez nada disso tivesse acontecido se eu não liderasse todas as pesquisas de intenção de votos. Talvez eu não estivesse preso se aceitasse abrir mão da minha candidatura. Mas eu jamais trocaria a minha dignidade pela minha liberdade, pelo compromisso que tenho com o povo brasileiro.

Fui incluído artificialmente na Lei da Ficha Limpa para ser arbitrariamente arrancado da disputa eleitoral, mas não deixarei que façam disto pretexto para aprisionar o futuro do Brasil.

É diante dessas circunstâncias que tenho de tomar uma decisão, no prazo que foi imposto de forma arbitrária. Estou indicando ao PT e à Coligação “O Povo Feliz de Novo” a substituição da minha candidatura pela do companheiro Fernando Haddad, que até este momento desempenhou com extrema lealdade a posição de candidato a vice-presidente.

Fernando Haddad, ministro da Educação em meu governo, foi responsável por uma das mais importantes transformações em nosso país. Juntos, abrimos as portas da Universidade para quase 4 milhões de alunos de escolas públicas, negros, indígenas, filhos de trabalhadores que nunca tiveram antes esta oportunidade. Juntos criamos o Prouni, o novo Fies, as cotas, o Fundeb, o Enem, o Plano Nacional de Educação, o Pronatec e fizemos quatro vezes mais escolas técnicas do que fizeram antes em cem anos. Criamos o futuro.

Haddad é o coordenador do nosso Plano de Governo para tirar o país da crise, recebendo contribuições de milhares de pessoas e discutindo cada ponto comigo. Ele será meu representante nessa batalha para retomarmos o rumo do desenvolvimento e da justiça social.

Se querem calar nossa voz e derrotar nosso projeto para o País, estão muito enganados. Nós continuamos vivos, no coração e na memória do povo. E o nosso nome agora é Haddad.

Ao lado dele, como candidata a vice-presidente, teremos a companheira Manuela D’Ávila, confirmando nossa aliança histórica com o PCdoB, e que também conta com outras forças, como o PROS, setores do PSB, lideranças de outros partidos e, principalmente, com os movimentos sociais, trabalhadores da cidade e do campo, expoentes das forças democráticas e populares.

A nossa lealdade, minha, do Haddad e da Manuela, é com o povo em primeiro lugar. É com os sonhos de quem quer viver outra vez num país em que todos tenham comida na mesa, em que haja emprego, salário digno e proteção da lei para quem trabalha; em que as crianças tenham escola e os jovens tenham futuro; em que as famílias possam comprar o carro, a casa e continuar sonhando e realizando cada vez mais. Um país em que todos tenham oportunidades e ninguém tenha privilégios.

Eu sei que um dia a verdadeira Justiça será feita e será reconhecida minha inocência. E nesse dia eu estarei junto com o Haddad para fazer o governo do povo e da esperança. Nós todos estaremos lá, juntos, para fazer o Brasil feliz de novo.

Quero agradecer a solidariedade dos que me enviam mensagens e cartas, fazem orações e atos públicos pela minha liberdade, que protestam no mundo inteiro contra a perseguição e pela democracia, e especialmente aos que me acompanham diariamente na vigília em frente ao lugar onde estou.

Um homem pode ser injustamente preso, mas as suas ideias, não. Nenhum opressor pode ser maior que o povo. Por isso, nossas ideias vão chegar a todo mundo pela voz do povo, mais alta e mais forte que as mentiras da Globo.

Por isso, quero pedir, de coração, a todos que votariam em mim, que votem no companheiro Fernando Haddad para Presidente da República. E peço que votem nos nossos candidatos a governador, deputado e senador para construirmos um país mais democrático, com soberania, sem a privatização das empresas públicas, com mais justiça social, mais educação, cultura, ciência e tecnologia, com mais segurança, moradia e saúde, com mais emprego, salario digno e reforma agrária.

Nós já somos milhões de Lulas e, de hoje em diante, Fernando Haddad será Lula para milhões de brasileiros.

Até breve, meus amigos e minhas amigas. Até a vitória!

Um abraço do companheiro de sempre,

Luiz Inácio Lula da Silva

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

37 respostas

  1. NÃO TRAGO LEMBRANÇAS DE MINHA DOR ME FAZER CHORAR OU DA INJUSTIÇA SOFRIDA ME FAZER ABAIXAR A CABEÇA,APRENDI CEDO QUE A DOR QUE DÓI É A DOR DA ALMA ESSE APRENDIZADO ME ENSINOU A SUPERAR A DOR FÍSICA MAS A DOR DO OUTRO REVIRA MINHA ALMA,A INJUSTIÇA AO OUTRO ME ABATE O ESPÍRITO. OUVIR A LEITURA DA CARTA DE LUIZ INÁCIO NA VOZ DO COMPANHEIRO GREENHALGH MINHA ALMA CHORA DE DOR E DE MORTE E ME SUAM OS OLHOS DIANTE DE TANTA INJUSTIÇA.

    1. É companheiro. Acredito nas suas palavras. Você tem coração e doi por Lula. Mas, apesar da dor, sei que vai seguir na luta e fazer um esforço verdadeiro pra superar as diferenças com a indicação do Haddad.
      Peço desculpas se te confundi, Luiz, com aquele outro que fica fazendo fofocas internas que nos desestabilizam.
      Vamos juntos! 13

  2. Emoção Brito, muita emoção. Vou deixar sómente as palavras do Lula. Gratidão Presidente Lula????

  3. Não abandonamos companheiros…não abandonaremos você LULA. Haddah é você…Eu sou você….

  4. #LulaLivre.
    Nós nunca vamos desistir, companheiro! Sua resiliência e hombridade é um farol nesses tempos de malafaias e boçais natos.
    #LulaÉHaddad
    #HaddadÉLula
    Viva o Povo Brasileiro!

  5. grandeza é pra quem pode. Os anões entreguistas que fiquem com seus
    dinheiros mal ganhos, com suas consciências ocas. Que durmam, acordem e
    vivam sem sonhos, sem esperança, sem humanidade. Apenas, ao se olharem
    no espelho, reconheçam que não são pessoas.

  6. Ja tem uns babacas falando que isso e armação do pt pra plano b,
    dizendo que pt e vendido. Ja que e assim então que vote no
    bolsonaro e eleja ele de uma vez e pare de ficar falando bestera.

    1. O fato é que Lula está preso, sofrendo – e isso é terrível.

      Espero que Haddad ganhe, mas isso não basta.

  7. Como já escrevi noutro site independente, eu Lulei, Lularia e Haddadarei!!! 13 nesses patifes luciferianos!!! Haddad, o JFK brasileiro!

    1. Caro Julio. Falo o que penso e assumo as causas que acho que devo assumir. Quinta coluna, se você não sabe, é infiltrado, traidor e se você acha que mereço críticas, as faça com argumentos . Não invoco o que Brizola faria ou diria, quando me refiro a ele digo do que vivi e presenciei.Não uso, porque o respeito, o nome de Brizola para avalizar o que penso. Espero o mesmo.

      1. Meu caro Brito eu acompanho o amigo a muito tempo. Acompanhei sempre o tijolaco desde a época do Neto. Aqui neste espaço eu tentei argumentar com um monte gente e fui execrado por nao concordar com toda essa louvação em torno de Lula e do PT. Eu leio os ultimos 20 posts do tijolaco e só consigo enxergar olhos cegos para o que diz Lula. E o PT sempre foi o mesmo, esquerda até ser eleito pra depois abandonar em boa parte quem o elegeu, vide o vergonhoso governo Dilma e as aberturas de perna do próprio Lula. Nao acho que ele seja um monstro, mas apresentar Ciro Gomes como um destemperado e Hadad (que negou que o golpe foi golpe) como um genio doutor (que jamais botou o pé na lama) é inaceitável pra quem consegue separar amor partidário das necessidades do país. E eu duvido muito que o amigo veja em Ciro apenas mais um destemperado. Criticar o PT pode e deve ser feito sempre, pois a crise da esquerda hoje é em boa parte culpa do próprio PT e da sua fome de poder. Se o PT realmente se importasse com o Brasil, teria no mínimo chamado o PDT pra conversar, com uma proposta séria e em conjunto, e não pensando só no próprio umbigo. Agradeço a resposta educada, a unica que recebi nesse blog por discordar as vezes.

        1. Permita-me invadir essa conversa q ñ me pertence. Peço desculpas antecipadas.
          O doutor q nunca colocou o pé na lama é leal e muito competente; está trabalhando junto ao Lula e PT há 20 anos. Trabalhou para a educação como nenhum outro governo junto com Lula e o PT. Claro q o PT ñ é perfeito e é composto de tudo, tanto de positivo como de negativo. Assim é o mundo dos homens em sociedade e em instituições políticas, ou outras. Agora, acusar um partido político de lutar pelo poder é como querer comer rapadura sem dentes. Ciro Gomes foi odioso com o Lula e o PT. Ele não tem a estatura do Lula e nunca terá. Esses são fatos comprováveis. Lula e o PT ñ lhe devem nada. Fazer beicinho pq o Lula ñ chamou o PDT para conversar parece fora de contexto e de realidade. Nem o PCdoB era garantia de nada pois inicialmente estava alinhado com o Ciro. Não gosta do Lula? Sem problemas. Contudo não é possível negar q Lula é um GIGANTE; e atente para o fato q Lula nunca disse ser Deus. Está de bom tamanho num país infestado de canalhas ter pessoas da estatura do Lula e de Haddad.
          Saudações e boa sorte com seu candidato. ????

          1. Amigo eu gosto sim do Lula, mas eu gosto muito mais do Brasil. E Lula está preso. Lançando Haddad como presidente, o PT mandou as favas ONU e etc. Haddad tera dificuldades de entrar no nordesta mas vai conseguir. O meu problema são as convicções dele. Nao contestei a honestidade de Lula ou Haddad, nem mesmo as intenções iniciais. O problema é quando se tornar governo e o que vai fazer pra agradar os verdadeiros donos do poder. O PT, se tivesse colhoes, já teria radicalizado o discurso e mostraria um legítimo plano de governo de esquerda. Mas o PT só se escora na imagem de Lula, e não mais nas idéias de Lula. Só torço pro Haddad nao ir fritar ovos com a Ana Maria Braga.

  8. A vitória de Haddad vai enlouquecer de vez a Direita. Ela vai provar que realmente Lula deixou de ser uma pessoa e se tornou uma ideia. Uma ideia vencedora!!
    Com muita dor não poderei votar em Lula, mas com firmeza votarei Haddad!! Voto 13!!

  9. e o plano B venceu, vai perder no segundo turno e assim vai desmoralizar o Lula e seu capital politico!!! como voce não enchergam isso…assistam o Duplo Expresso e abram os olhos!!

  10. O cara é especial, fez e faz a diferença para o povo brasileiro, por tudo o que ele representa somos todos Lulas. Na minha família são 50 votos e todos do Lula ou a quem ele indicar. Haddad é Lula para a vitória

  11. Bonita a carta de Lula que descreve a sua prisão como a privação a que todos brasileiro estamos privados de uma política de inclusão, distribuição de renda, educação, manutenção de nossas riquezas e da liberdade de escolhermos em quem votar. A liberdade civil também foi cassada. Injustamente preso, foram reconhecidas internacionalmente as falsas acusações. Não bastasse isso, como salientou Brito, um arrogante e vil membro do STF impede que seu nome seja lembrado em uma campanha eleitoral. Lula é quem foi escolhido pelos mais aquinhoados e sabujos de outros interesses que não seja ao da maioria como o inimigo a ser vencido. Portanto, Lula é quem está ao nosso lado. Viva Lula!!! Viva Haddad e Manuela! Viva ao PT!

  12. Temos agora, a VERDADEIRA CARTA AOS BRASILEIROS!

    Um MONUMENTO Histórico!

    Um SOL a iluminar os caminhos do futuro do Povo brasieliro.

    VIDA longa Presidente Luíz Inácio LULA da Silva!

    Somos todos e todas LULA!

    Muito obrigado Presidente LULA!

  13. #HADDADPRESIDENTE
    #EUSOULULA

    FODAM-SE O TSE, BARROSO, ROSA WEBBER, FACHIN, STF, DODGE, MORO SALAFRÁRIO, DALLAGNOL, CELSO DE MELO, FUX,TEMER, CARMEN LÚCIA ,ALEXANDRE MORAIS, PROCURADORES E A PUTA QUE OS PARIU !
    CANALHAS SUJOS E COVARDES!

    1. TODOS eles terão o que merecem…já começaram a receber…é o preço a pagar por trair à CF e o povo….

    2. TODOS eles terão o que merecem…já começaram a receber…é o preço a pagar por trair à CF e o povo….

  14. Agora é conosco, Lula/Haddad/Manu presidente e abaixo a ditadura. Parabenizo o Tijolaço pela lealdade para com o presidente Lula e sua estratégia, diferente de muitos blogs de “esquerda”, aqui não houve indiretas, cobranças, deboches e deserções.

    1. Bravíssimo! Fernando Brito merece todas as nossas homenagens, respeito e divulgação.

  15. Nosso 11 de Setembro: PLANO B joga liminares da ONU no Lixo

    O Comitê de Direitos Humanos da ONU expediu uma segunda liminar que reafirma o dever do Estado brasileiro garantir a candidatura equânime de Lula, o que representa uma enorme vitória, pois amplia e fortalece a resistência do povo que quer ter o direito de votar no ex-presidente.

    O PT, desde o início, tem garantido que a candidatura de Lula irá até o último recurso, no entanto, cada vez mais, cresce a pressão para que o partido desista e nomeie Fernando Haddad como cabeça de chapa e Manuela D´Ávila como vice.

    Os argumentos que fundamentam essa pressão circundam o fator “tempo”, tendo em vista que o Tribunal Eleitoral Superior (TSE) ilegalmente diminuiu o prazo para definição da chapa, que foi determinada para esta terça-feira 11, quando deveria ser dia 17, próxima segunda-feira. A parcela que defende obedecer o Judiciário entende que persistir nos recursos – que ainda existem no Supremo Tribunal Federa (STF) e nas instâncias internacionais – prejudica o processo de transição de votos para Haddad, além de poder resultar na impugnação de qualquer chapa petista.

    Há, portanto, dois caminhos possíveis: 1) cumprir a promessa ao povo e manter Lula como candidato, assumindo todos os riscos; ou 2) render-se aos desmandos do Estado de exceção e mergulhar em uma eleição fraudada e controlada pelo Golpe.

    O segundo cenário, conhecido como Plano B, é uma grande aposta em um processo eleitoral que já provou, inúmeras vezes, que é coordenado por meio de fraudes, crimes e manipulações. Responda sinceramente: o que garante que as urnas estarão a salvo? E se forem maculadas, a quem vamos recorrer, ao Judiciário? Não parece nada razoável essa aposta, principalmente, porque além de ter a derrota pré-anunciada, impor qualquer candidatura no lugar de Lula é exatamente o que o Golpe deseja e precisa, pois significaria a chancela de validação democrática, tendo em vista que as instituições brasileiras estão, desde o impeachment, deslegitimadas, tanto interna, como internacionalmente.

    E é exatamente no âmbito internacional que o Plano B se torna um “tiro no pé”, pois sua execução pode significar a nulidade das liminares da ONU, já que as mesmas referem-se aos direitos políticos de Lula nessa eleição. A partir do momento que a candidatura dele for substituída, o poder das liminares caem e se tornam tecnicamente improcedentes, o que significa que perderemos o único campo de luta que temos chances de ganhar, já que internamente está mais do que óbvio que as cartas estão marcadas não apenas contra Lula, mas também contra o povo, a democracia e a Constituição.

    Repito: se o Plano Haddad/Manu for implementado, a ONU e demais cortes internacionais não poderão ajuizar sobre a candidatura de Lula, pois não poderão ignorar que a mesma foi descartada e substituída pelo partido; e, como consequência, jogaremos no lixo qualquer possibilidade da comunidade internacional deslegitimar o processo eleitoral.

    Portanto, o Plano B assume o ônus das instâncias internacionais alegarem que o próprio PT legitimou a eleição quando aceitou participar dela com outro candidato, inclusive, afrontando as liminares da ONU, que determinou que o candidato deveria ser Lula e não outra pessoa.

    Fica a questão inquietante: então, o que fazer? Abrir mão de disputar a eleição, caso impugnem em absoluto a chapa de Lula?

    Primeiro, devemos retomar o óbvio: essa eleição é uma fraude que compõe o Golpe, portanto, não existe possibilidade real de que um plano B, C, D ou Z do PT saia vitorioso. Insistir na narrativa que o partido pode vencer uma eleição fraudada é permanecer no vazio ideológico e na crença cega de que, em algum momento, as instituições brasileiras vão ceder e voltar a cumprir a Lei. Não, não vão, sabemos disso. Portanto, o Golpe é o único que ganha com uma candidatura petista que não seja Lula.

    Segundo, ao contrário do que defensores do Plano B acreditam, a luta não termina na eleição, além de não necessariamente precisar passar por ela. O período eleitoral pode ser usado para potencializar e educar politicamente a população, por meio da denúncia didática do Golpe. Mais importante do que retomar o Poder, é construir uma oposição popular, robusta e qualitativa aos projetos golpistas que tem assolado os direitos civis, políticos e sociais do povo. O trauma de passar por um processo eleitoral fraudado que excluiu o candidato escolhido por mais de 40% da população não passará inerte ao imaginário social, mas pode ficar ideologicamente vazio se não for bem conduzido.

    Assumir os riscos de levar Lula como candidato até 7 de outubro, mesmo que “oficialmente” ele não seja, significa que o PT não reconhece mais a legitimidade das instituições brasileiras, assim como da eleição presidencial, e parte para um combate fora das fronteiras em defesa e recuperação da nossa democracia.

    Uma eleição sem representatividade e legitimidade não serve ao Golpe, e é nesse caminho que vamos derrubá-lo.
    Thaís Moya – Socióloga e pós-doc em Ciências Sociais

    1. Você só esqueceu de combinar com o Lula e o povo. Parece tbm conhecer pouco do Brasil e de sua historia. Triste ver pessoas q se dizem guerreiras não conseguirem enxergar quem é LULA e como ele pensa. Boa sorte na tua cruzada pq o povo brasileiro está preocupado em apoiar o Lula e seu/nosso projeto de governo.

  16. Nas próximas pesquisas com Haddad em primeiro, podendo vencer no primeiro turno, teremos eleições?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.