Amanhã, acaba a brincadeira nas redes e começa a batalha

Jair Bolsonaro passou o carnaval ocupado o tuíte, em intensa atividade recreativa.

Bajulou o filho Carlos, anunciou uma “Lava Jato da Educação”, comemorou um resultado positivo das contas públicas que nenhum economista sério entende sólido e, por último, fica postando marchinhas de carnaval contra Caetano Veloso e Daniela Mercury, para açular a matilha com o velho mote da Lei Rouanet.

“Mordido”, talvez pelo que lhe mandaram fazer os blocos carnavalescos por toda a parte, foi o que pôde ter como resposta publicável.

Amanhã, porém, acabam os folguedos e o sr. Jair estará de volta ao cenário árido de sua maior dificuldade: obter o apoio que lhe falta no Congresso.

Do qual possivelmente estará mais distante quando os parlamentares sentirem, em suas bases eleitorais, a rejeição a propostas como a dos 400 reais de benefício, os cortes nas aposentadorias rurais e nos 40 anos de contribuição para não ter desconto no benefício, mesmo alcançada a idade mínima.

E aí, na próxima semana, começa, para valer, a pressão sobre os deputados.

Vai ser preciso mais que tuitar para vencê-las e Bolsonaro conta em remobilizar suas tropas fanáticas para contrapor-se a elas.

O estilo “Paz e Amor” que ensaiou nos últimos dias não tem como prevalecer e nem parece que seja essa a intenção com a radicalização do discurso nas redes.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

16 respostas

  1. Acho que terá que pagar muito dindin aos prostitutos do Planalto para se livrar daquilo que os foliões do Brasil inteiro mandou ele fazer.

  2. adorei o último item da agenda: “não atrapalhar o governo”. Isso significa que ele não é o governo. Já empossamos o vice, assim bem discretamente?

  3. Se fosse só Bolsonaro a batalha estaria perdida, mas o time do golpe é forte e está unido nessas batalhas contra o povo. A coisa vai ser feia.

    1. Salvo alguns exemplos notáveis e cada vez mais raros, o kapital é sempre vencedor.
      No caso da aposentadoria é fácil ver de que lado ele está…
      Vamos precisar criar um ambiente único pra conseguir suplantar essa corja.

  4. Esse Tosco não escreve nada, Até a briga com Bebiano foi com mensagem de voz. O indicado pelo Carluxo é que da vida ao Bozo no Twitter.

  5. O Coiso parece uma criança que ganhou um brinquedo e não sabe (nem vai aprender) brincar com ele.
    Quanta irresponsabilidade o golpeachment colocar essa coisa horrenda a ocupar a cadeira que Lula usou para fazer o melhor governo da nossa história.
    Tamufu!

  6. Sabe aquela placa nos comércios onde está escrito “fiado só amanhã”?
    Pois é, para esse presidente, “trabalhar, só amanhã”.
    Mas isso já era previsível, considerando sua produção em 28 anos na política.
    De alguma forma ele vai se esquivar da responsabilidade, nem que seja levando outra facada.

  7. bolsonazi – A nave está caindo, ipiranga! O que eu faço?
    ipiranga – Cala a boca, não aperta nenhum botão e continue dando banana aos gorilas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.