Arma não será só “área violenta”. Vale em todo o país; decreto traz “pegadinha”

O decreto de Jair Bolsonaro e Sérgio Moro liberando o porte de armas é cínico como seus autores.

Prevê que haverá, automaticamente, “efetiva necessidade” de possuir uma arma aquele que residir “em áreas urbanas com elevados índices de violência, assim consideradas aquelas localizadas em unidades federativas com índices anuais de mais de dez homicídios por cem mil habitantes, no ano de 2016, conforme os dados do Atlas da
Violência 2018, produzido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública”.

Isto é o que está no novo texto do Art. 12, no inciso IV do § 7°.

Mas é  um “não-critério”, apresentado como critério apenas para fazer parecer que houve algum critério.

Nossa imprensa, incompetente como sempre, não atentou para o que o próprio Bolsonaro havia dado como “pista” em sua fala de propaganda no SBT e que foi destacado neste blog há duas semanas.

Todos os estados brasileiros ultrapassam a marca definida no decreto e é só conferir na página 26 do Atlas da Violência.

É, portanto, só uma “pegadinha” para fingir que é decisão voltada apenas para áreas mais violentas. Não é, é o “liberou geral”.

Como não podiam abolir a exigência de “efetiva necessidade” que está contida na lei, um artigo do decreto diz que “presume-se a veracidade dos fatos e das circunstâncias afirmadas na declaração de efetiva necessidade ” de possuir arma. Ou seja, qualquer coisa vale.

É com gente deste tipo, capaz desta má-fé, num assunto de tamanha seriedade, que se está lidando.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

33 respostas

  1. nenhuma novidade
    esperar decencia e honestidade desses dois trastes é ser completamente sem noção

    1. Só em casos de “comprovada necessidade”:
      1
      2
      3
      4
      ou
      morar no Brasil…
      Retira todas as exigências e rasga-se a constituição mais uma vez ! E quem montou esse decreto, senão o juizeco corrupto ?

  2. Desonestidade e má fé são a marca registrada de Bozo e de Moro, sem falar nos demais personagens desse circo. É com essas duas diretrizes básicas que irão lidar com questões sociais, culturais, econômicas, internacionais, educacionais, medicina e saúde, etc.

    1. Daqui a pouco eles relativizam também a legítima defesa no código penal, afinal de contas seria ruim esperar o criminoso agir para atirar né?! Melhor atirar antes de acontecer alguma coisa não é mesmo?! Dê preferência em quem se encaixar no estereótipo de vagabundo, ladrão ou assassino (leiam-se minorias). Se alguém suspeito encostar no meu portão e eu matar, responderei processo por homicídio ou preciso esperar a invasão, o anúncio do crime e que o criminoso espere eu pegar a arma?! 60 milhões de “especialistas” em segurança fazendo merda. Depois vão reclamar de responder processos (“mas eu pensei que fosse um ladrão, meritíssimo…”). Melhor as famílias “buscapé” dormirem na varanda com a espingarda no colo ou vão perder seus brinquedinhos pros assaltantes.

      1. Lembrando que são machistas (isto é, tirados a macho, mas de preferência com uma arma na mão), não demora a voltarem os assassínios em “legítima defesa da honra”.
        Quem se lembra do pintor Caribé e do cantor Lindomar Castilho (este último, que ficou conhecido como Lindomar Gatilho)?

  3. E o que esperar dessa dupla de criminosos públicos? Aliás, as mais perigosas ORCRIMs é que estão agora no poder, depois dessa eleição farsesca e fraudulenta. Não posso dizer ou escrever o que gostaria de fazer com essa turma.

  4. INSANIDADE TOTAL.
    A cúpula dos delinquentes já não poderá fazer compras no supermercado ou pegar um avião sem ter uma volumosa companhia de macacos armados .A vida deles também mudará.
    As armas já não serão como a faca fake .

  5. COMO FAZER ENTENDER AO LADRÃO QUE EVENTUALMENTE POSSA INVADIR A MINHA CASA ,QUE EU NÃO TENHO ARMA ?:????
    COMO EVITAR SER MORTO NUMA SIMPLES DISCUSSÃO DE TRÁNSITO?? DE VIZINHOS???
    QUANTO CUSTA A ARMA MAIS BARATA??
    TODO O MUNDO PODERÁ COMPRA-LA?? E QUEM NÃO PUDER? COMPRARÁ NO MERCADO PARALELO?E QUEM ALIMENTARÁ COM ARMAS ROUBADAS O MERCADO PARALELO?
    Os delinquentes ,além de celulares de venta rápida agora terão mais um produto a ser ofertado ,armas.
    Será que terei que comprar uma arma só para no ser morto?
    DEMENCIAL,ABSOLUTAMENTE DEMENCIAL.

  6. Como se posse/porte de arma de fogo fosse solução para a crescente violência no mundo capitalista.

  7. Não tenho culpa…

    Votei no Aécio…
    Ops.
    Somos todos Cunha..
    Ops
    Queremos padrão FIFA..
    Ops
    Moro é imparcial..
    Ops.

    Não dá pra discutir com vcs petralhas…

  8. A matança generalizada ainda não se fará presente porque está faltando a autorização para que as forças de segurança não sejam responsabilizadas pelas mortes. Mas não duvidem, essa autorização virá. Aí, sim, o serviço será completado.

  9. Má fé e má intensão são as marcas dessa gente. Infelizmente de grande parte dos seus eleitores também.

    1. Dá pra acreditar que quem tem a posse, mesmo sem o porte, deixará de sair à rua com sua arma? Este povo ignorante e idiota que votou no Bolsolixo?

  10. Bolso e seus comparsas, fazem exatamente o que luta de classe pede.
    Armar cada vez mais os ricos, para massacrarem o povo.
    Com os movimentos sociais marginalizados, tiro ao alvo garantido.

  11. Que fique claro: as FFAA não defendem os interesses da nação mas sim os próprios privilégios. As polícias não protegem o cidadão mas sim o patrimônio da elite dominante. Os trabalhadores que se danem. Não é aconselhável esperar decência de quem não tem. Estão todos vendidos ao capital.

  12. Se o critério fosse, por exemplo, 12 homicídios por 100 mil habitantes, São Paulo ficaria de fora. Logo, deliberadamente foi prevista a taxa de 10 homicídios por 100 mil para que nenhuma unidade da federação ficasse excluída. É o que se observa da tabela publicada aqui no Blog.

  13. Se existe uma coisa que este governo trouxe, que eu achei SENSACIONAL, foi o FIM, a destruição de toda a falsa aura de imparcialidade do Moro. Ao aceitar ser ministro, o xerife de Curitiba na prática confessou pertencer à “quadrilha”. Nestes poucos dias de governo, Moro já fez de tudo em termos de politicalha da mais baixa espécie. É fundamental que ele, figura emblemática, seja aniquilado quando o governo e o golpe desmoronarem.

  14. Te chamam de ladrão, de bicha, maconheiro, transformam o país inteiro num puteiro, porque assim se ganha mais dinheiro…

    #LulaLivre

  15. EMPATE SINISTRO

    Sexta-feira, treze de agosto de dois mil e um ano qualquer. Como de rotina, acordou cedo, lavou o rosto, beijou a mãe na cozinha, tomou o café da manhã, fez a higiene bucal e pegou a bolsa com o material escolar. Nesse dia, antes de sair, entrou no gabinete do pai, militar em começo de férias, ainda dormindo. Em seguida, passou pela sala, deu um até logo para a mãe e foi para o colégio.
    Entrou na sala, já praticamente lotada, faltando cinco minutos para a pontual chegada do professor, às sete horas. Colocou sua sacola de livros na mesa dele, abriu um dos fechos e olhou para os colegas. Do meio da sala uma voz elevou-se:
    – Cara, tuas notas são as melhores da classe, mas ainda não chegou teu dia de professor.
    Não deu a mínima atenção ao som das gargalhadas. Pegou a sacola e dirigiu-se para o canto da sala que ficava do lado esquerdo da mesa do professor. Parou, virou-se um pouco e obteve uma vista em diagonal de todo o recinto. Aquele ângulo de visão eliminava os espaços entre as cadeiras enfileiradas, onde seus colegas estavam sentados. Não tinha como errar. Daquela posição até a última cadeira, próxima ao canto direito do final da sala, havia sempre um aluno na linha de tiro.
    Antes de deixar a sacola cair no chão, sacou da divisória anteriormente aberta o revólver que tirara da gaveta da escrivaninha do pai. Levantou-o com as duas mãos em direção aos companheiros e disparou seis vezes.
    Depois do espanto, o tumulto. Gritos, atropelos; sangue nas cadeiras e no chão. Quando os seguranças e os professores conseguiram entrar na sala de aula o autor dos disparos, um adolescente de quinze anos, havia colocado a arma em cima da mesa e estava sentado na cadeira do professor, olhando para os alunos atingidos pelos projéteis.
    Na Delegacia Especial para Menores a psicóloga conversava com o garoto:
    – Como você está?
    – Mais ou menos.
    – Alguém ou algum acontecimento no colégio motivou a extrema violência do seu ato?
    – Não.
    – Você tem plena consciência de que causou a morte de três companheiros e feriu outros três?
    – Deu empate.
    – Não há mesmo nenhuma explicação para a barbaridade da sua atitude?
    – Eu queria saber qual era o barato que sente esse pessoal que eu vejo todo dia no jornal da televisão matando um monte de gente de uma vez só. Acontece no mundo todo. Achava que ia sentir uma emoção inesquecível. Adrenalina pura.
    – E o que você sentiu depois desse terrível massacre… Desta horrível matança?
    – Nada.

    Tarcísio F. Arruda

  16. O próprio corrupto Onix confirmou isso em rede nacional. Reduziram o percentual para contemplar todo o país. Não foi pegadinha, foi uma proposição direta. Estamos entregues à violência e ao deus dará. O comprador precisa comprovar a posse de um cofre. Parece piada. Qualquer um pode comprovar a existência de um cofre. Será como: foto, NF de compra de um cofre comprado há 20, 30 anos?, o fiscalização vai até o local confirmar sua existência? Agora ricos e latifundiários poderão se armar para defender seus latifúndios.

  17. Penso eu que,PRIMEIRO querem os $LUCRO$ obvio pelas vendas e consequentemente torcer para esta republica de bananas entrar em uma GUERRA CIVIL para DESPEDAÇAR esta nação tão INVEJADA pelo stablement.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.