Assassinato premeditado, e por dinheiro. Há bandidos no poder

Eu escrevi, ontem, que Jair Bolsonaro está despertando posições nazistas por toda a parte e logo veio o presidente do Banco do Brasil dizer que “a vida não tem valor infinito“.

Não há muito sentido em discutir o argumentos de de que “O Brasil não pode parar” da campanha da Secretaria de Comunicação da Presidência, copiando o desastrado slogan que se adotou em Milão e que resultou em milhares de corpos sendo carregados por caminhões militares.

Já parou e vai parar mais ainda, porque as pessoas comuns, que prezam sua vida e a dos seus semelhantes não são suicidas.

Mas eles, sim, são homicidas, genocidas, pior ainda, gente que mata por dinheiro, para não parar de ganhá-lo ou ganhar ainda mais.

As medidas econômicas mesmo as boas – como a das bolsas de 600 reais para trabalhadores informais – são de demorada e difícil execução, além de tardias. Onde é que estão os cadastros de camelôs, demais ambulantes, encanadores, pedreiros e serventes “por conta própria, dos “bicos” e da “viração”?

Além do mais, condicionantes e forma de pagamento, para serem implantadas, levam tempo e vão, é claro, geral confusão, queira Deus que não presenciais.

Idem a liberação de recursos para os bancos emprestarem com juros baixos. Não vai rolar, como mostrou hoje a Folha: os bancos não facilitam a vida de pequenos negócios que, julgam eles, vão quebrar e inadimplir seus créditos.

O governo tem de assumir metade da folha dos empregadores e tornar mais cara a emissão, estendendo o aviso prévio para dois ou três meses e dando crédito com linha segregada e condições fixas, compulsórias aos bancos, para empregador que não demitir.

Se for preciso, emitir para ter como fazer isso.

Do jeito em que a coisa está, é bem pouco útil discutir economia, o que seria possível se estivéssemos vivendo um quadro de algum equilíbrio no enfrentamento da crise.

Nossa questão mais urgente é existir uma ação que permita que o país não se esvaia em este conflito sórdido que Jair Bolsonaro está provocando, hoje de novo com a “ameaça” e que os governadores terão de pagar os salários dos trabalhadores das empresas que mandarem fechar.

É um miserável que faz chantagem para obrigar o povo a voltar para as ruas, contrair o vírus e morrer.

Canalhices assim impedem o país de debater com seriedade o que podemos fazer para mitigar os efeitos econômicos. Como estamos, nenhuma medida vai evitar o caos.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

29 respostas

  1. Isso eh genocidio. Cade o Tribunal Internacional para crimes contra a humanidade?

  2. É um presidente CRIMINOSO desde os tempos em que fazia projetos para explosão dos banheiros em quartel do EXERCITO!

  3. Onde estão os que puseram este energúmeno no poder? Acredito que os empresários admitam matar o máximo possível, mas e os militares, os políticos e outros seguimentos da sociedade que apoiaram o “Fora Dilma”. Será que os jornalistas deste país vão obedecer ao patrão e simplesmente seguir ordens se tornando cúmplices deste extermínio? As previsões que vêm de fora do Brasil já são de catástrofe, só não confirmada ainda porque as mortes estão se dando por problemas respiratórios e não pelo Covid 19. Daqui a pouco não haverá mais como esconder a tragédia.

    1. Olha, a realidade nua e crua é que todo militar é um assassino profissional. Desculpe-me se você é militar ou tem parentes que são, mas essa é a verdade.

      1. Exatamente. Concordo. Porém os pagamos para nos proteger e agir a nosso favor e não contra nós.

      1. Não subestimemos o poder da arte transformar corações e mentes.
        Pra mim tem funcionado também como detox energético.
        Recomendo a todos nessa era bozozóica que atravessamos.

  4. Copiei do blog Nocaute, do Fernado Morais.
    ““Uma coisa é certa dentro da parafernália semiótico-midiática que envolve e maquia a pandemia dos dias de hoje: os povos estão entendendo uma dimensão da barbárie capitalista, que está sendo desnudada à medida que as horas passam. O sistema treme por toda parte e, para esconder seus medos, fala em tom “científico”. Derrama uma dinheirama que antes jurava não ter; constrói um sentido messiânico de si mesmo; descobre recursos onde dizia que não havia e reinventa soluções que antes dizia serem impossíveis. Eles querem atrasar, com dinheiro, o despertar dos povos.””
    (Do jornal cubano Granma, de hoje, 27 de março.)

  5. E os caminhoneiros,claro, mancomunados com bolsonaristas, ameaçam entrara em greve.

    1. Olha, eles tinham que parar agora mesmo. Tem que parar tudo. Se houver greve geral, Bolsonaro cai em dois dias.
      Justamente por isso é que eles NÃO VÃO parar.

      1. Mas ai vai virar um caos, e eu acho que é nisto que facínora do Bozo esta apostando.

        1. O que você chama de “caos” eu chamo de explosão popular selvagem, levante social. Se isso não acontecer, estamos ferrados.
          Eu sei que a esquerda — inclusive a direção do PT — prefere que fiquemos quietinhos, morrendo aos milhares, até as supostas eleições de 2022. Falta só combinar com o mundo real.

          1. E quem é que está querendo SALVAR o povo? O Ciro-París? Achei até que o coroné tinha morrido junto com Moro, mas aí ele deu um pitaquinho hoje.

  6. Essa referência ao “desastrado slogan que se adotou em Milão e que resultou em milhares de corpos sendo carregados por caminhões militares” remete ao único papel que os militares delinquentes aqui responsáveis pela Besta Humana que colocaram no poder provavelmente farão, alguns deles psicopatas como os torturadores da ditadura, aos quais adoram: transportadores de corpos e coveiros no genocídio em que estão sendo cúmplices como criminosos de guerra.

  7. TODOS são bandidos, inclusive o antes festejado Mandetta. E tem de haver um plano sombrio por trás desta insistência do chefe da quadrilha. Bolsonaro só pode estar apostando num golpe.

  8. Hitler queria exterminar judeus, ciganos …e o BolsoHitler quer exterminar idosos, doentes crônicos…

  9. Os covardes bolsonaristas estão realizando carreatas protegidos dentro de seus carros, enquanto exortam a população a se arriscar em aglomerações de metrô, ônibus…Por quê esses covardes não vão para as ruas se aglomerar contaminando uns aos pitros.

  10. E a Economia? ? https://youtu.be/d96wbITMigI
    Estudo aponta quais são as consequência econômicas e quais são os custos e benefícios das intervenções não farmacêuticas: Pandemics Depress the Economy, Public Health Interventions Do Not: Evidence from the 1918 Flu ? https://papers.ssrn.com/sol3/papers.cfm?abstract_id=3561884
    Por Sergio Correia (Board of Governors of the Federal Reserve System), Stephan Luck (Federal Reserve Bank of New York) e Emil Verner (Massachusetts Institute of Technology (MIT) – Sloan School of Management).

  11. Experimentos nazista do século XXI, em busca da depuração da raça humana. “só faz sentido todos serem contaminados simultaneamente, quem sobreviver, fará parte da raça melhorada da espécie.” Como os humanos não estão dispostos ao sacrifício, vai morrer muito gado, principalmente porque boa parte do gado já passou dos 50 anos.

  12. É um presidente CRIMINOSO desde os tempos em que fazia projetos para explosão dos banheiros em quartel do EXERCITO!

  13. a rede globo, minusculo mesmo, recolheu as ferramentas, Haja patrocínio….. Itaú, Santander, Havann, ministerio da educação,…. Obrigado Marinhos! a conta será cobrada.

  14. Bill Gates – que estuda o assunto “pandemia” há anos, diz que precisamos fazer o maior número de testes possível, e quarentena/lockdown o mais rápido e intenso possível, para atravessar a epidemia o mais rápido possível, e com menor efeito colateral – inclusive na economia (ninguém vai querer nada com um país onde o vírus está perigosamente à solta).

    Sobre quem está sugerindo ignorar o vírus e levar as atividades normalmente: irresponsável. Nesse cenário, a taxa de mortalidade tende a subir bastante. Muito mesmo.

    https://www.youtube.com/watch?v=Xe8fIjxicoo&feature=youtu.be

  15. A realidade supera a fantasia.
    Tantos filmes se fez contando histórias reais ou imaginárias sobre serial killers, mas que eu saiba nunca ninguém pensou em contar uma cujo matador fosse um presidente. Em breve, o Brasil terá uma história de não-ficção para contar.

  16. O governo deve deixar de remunerar as sobras de caixa dos bancos depositadas no BC, como alerta há tempos a Auditoria Cidadã. Com tal remuneração, não há dinheiro para empréstimos a pequenos empreendedores e a pessoas físicas.

  17. Se alguém acredita que os bancos vão cobrar juros baixos, tenham dó! Nem banco estatal presta! São absolutamente todos iguais. Na verdade, essa história de liberar empréstimos “a juros baixos” é mais uma “boquinha” pros bancos ganharem mais dinheiro: o indivíduo acaba sangrando seu salário durante ANOS!!!! E como os Bozo da vida não estão dando aumentos significativos, imaginem o sofrimento de quem “pede empréstimo consignado”. É mais ums sofisticada armadilha para levarem mais dinheiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.