Ataque à Embaixada da Venezuela é terrorismo na reunião dos Brics

Só alguém muito tolo não verá que o ataque e a tomada da Embaixada da Venezuela em Brasília, de madrugada, por alguns elementos de direita, não é um ato de terror planejado para coincidir com a chegada dos presidentes dos Brics – entre eles Vladimir Putin, da Rússia, e Xi Jinping, da China, duas potências que não apoiam a derrubada do governo de Nicolás Maduro.

Dado o nível de fundamentalismo de direita e a falta de equilíbrio pessoal do chanceler Ernesto Araújo, não se pode descartar sequer que a ação tenha tido o apoio “informal” das autoridades brasileiras.

Há relato de que entre os “democratas” que tomaram as instalações diplomáticas, há leões de chácara recrutados. Segundo Monica Bergamo, da Folha, o grupo teria pulado o muro da representação no final da madrugada.

A loucura de reconhecer governos inexistentes, como o de Juan Guaidó, leva a isso. Aliás, governo que nem de “brincadeirinha” existe mais, dada a absoluta ausência de credibilidade de Guaidó para falar pelo país.

Há representantes do governo venezuelano e brasileiros dentro da Embaixada e a coisa vai ter consequências gravíssimas.

Sobretudo para nós, que vamos nos exibir ao mundo como um lugar onde o governo insufla invasões de embaixadas.

 

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

43 respostas

  1. Nos proximos dias Pinera pode cair. Sera q Bozo vai reconhecer o proximo ocupante? Se for de “direita” obvio q sim.

  2. Mesmo que o governo não tivesse nada a ver com a invasão, para o mundo inteiro isso vai soar como mais uma bolsonarada. Diante de tudo isso, não pode haver mais dúvida de que o general Mourão precisa assumir o governo o quanto antes, para restaurar o respeito internacional pelo Brasil, e inclusive para que o Itamarati volte a ser uma voz ponderada e firme que lidere o restabelecimento da paz no continente, respeitando o princípio da autodeterminação dos povos. Nossos interesses comerciais precisam de paz e de respeito pelos outros. Mourão pode ser até neoliberal, mas não tanto quanto o Guedes, que passa dos limites a todo momento, como se o país não tivesse gente a habitá-lo. Quem achar que o país estará melhor seguindo com o Bolsonaro, que se apresente.

  3. ORDENS DO TAZUNI PARA OS MILICIANOS NO BRASIL

    “Polícia invade embaixada da Venezuela em Washington e prende ativistas [1]

    Redação
    Opera Mundi,16 de Maio de 2019 às 16:42

    A polícia de Washington invadiu nesta quinta-feira (16) a embaixada da Venezuela nos EUA e prendeu quatro dos ativistas que estavam ocupando o edifício para impedir que o enviado do deputado de direita Juan Guaidó, autoproclamado presidente venezuelano, assumisse o posto de embaixador.

    (…) ”
    – – – – – – – – – – – – – – –
    [1] https://www.brasildefato.com.br/2019/05/16/policia-invade-embaixada-da-venezuela-em-washington-e-prende-ativistas/

  4. EMBAIXADA DA VENEZUELA INVADIDA EM BRASÍLIA,TERRORISMO DE ESTADO.
    DIAS PIORES VIRÃO.
    ARMEM-SE!

  5. E o pior é ver a China e a Rússia (potências maiores que os EUA) não reagirem a esses crimes. Putin e Xin vão pra cima dos sionistas (Israhell e EUA) logo. É muita palhaçada viu!!!

    1. Estou cansado disso. Vai ficar por isso mesmo nao vai dar em nada. Vejao q aconteceu na Bolivia sem esquecer Chile Equador e Peru. Ficou na mesma. Ate final do mes ninguem fala da Bolivia.

      1. Eu acho que dessa vez é diferente. As rebeliões são legitimamente populares, sem a “des”coordenação de uma esquerda eleitoreira.

  6. Brito apontou retração econômica na matéria sobre o saldo comercial. Ninguém vai investir no Brasil, não há segurança jurídica, ainda mais depois de patrocinar a violência da invasão da embaixada. A embaixadora autoproclamada disse à Folha que há 3 pessoas feridas – viram o tamanho dos brucutus, todos com camiseta branca, que Paulo Pimenta disse serem milicianos, aparentando pessoal de academia de luta? Há venezuelanos e brasileiros entre os milicianos, segundo o deputado. Tem que cair a ficha que nenhum povo é obrigado a aceitar um governo de milicianos.

  7. [mudando de assunto, Brito, viu isso? se se confirmar, Bolsonaro fez uso da passagem e voltou para sua casa no Rio antecipadamente no dia do assassinato da Marielle – na revista Forum: “Tuíte de jornalista no dia do assassinato de Marielle diz que Bolsonaro voltou mais cedo para o Rio. Tuíte da jornalista Thais Bilenky às 12h28 do dia 14 de março de 2018 diz que, segundo a assessoria do então deputado, Bolsonaro teria antecipado a volta para o Rio após passar mal por intoxicação alimentar, apontando possível contradição…”]

  8. E acrescento que podem estar planejando conflitos graves entre invasores e esquerdistas para aplicarem a tal lei de segurança nacional, prendendo então lideranças da esquerda. Seria uma prato cheio para legalizar a ditadura desejada por esses extremistas da direita.

  9. Somos pária no mundo. Nem as embaixadas dos paises amigos conseguimos garantir. De sexta economia para depósito de bananas!

  10. Mesmo que o governo não tivesse nada a ver com a invasão, para o mundo inteiro isso vai soar como mais uma bolsonarada. Diante de tudo isso, não pode haver mais dúvida de que o general Mourão precisa assumir o governo o quanto antes, para restaurar o respeito internacional pelo Brasil, e inclusive para que o Itamarati volte a ser uma voz ponderada e firme que lidere o restabelecimento da paz no continente, respeitando o princípio da autodeterminação dos povos. Nossos interesses comerciais precisam de paz e de respeito pelos outros. Mourão pode ser até neoliberal, mas não tanto quanto o Guedes, que passa dos limites a todo momento, como se o país não tivesse gente a habitá-lo. Quem achar que o país estará melhor seguindo com o Bolsonaro, que se apresente.

    1. Mourão pode até não ser maluco como Bolsonaro, mas se identifica ideológicamente com ele. Até elogiou o Ustra numa entrevista na Globonews. Com Mourão, a política econômica de Bozo será mantida. Não nos surpreenderemos nada se Guedes continuar no posto.

    2. Curiosa análise a sua.
      Mourão o fardado que representa a organização dos entreguistas ,sabujos,anti-nacionais ????
      São dois delinquentes que fazem parte do grupo que assaltou o poder no Brasil,para saquea-lo,entrega-lo.
      E vc acha diferença entre esses dois?????
      E como vc faría a troca ??com um golpe??curioso ,para quem se diz “progressista e democrático”.
      Em soma ,vc espera que os outros façam o que nós não temos a coragem de fazer.
      Quero que o projeto fascista e delinquente afunde cada vez mais,que acabe mergulhado em brigas,ineficiência,sacangens,talvez e só talvez, a massa imbecil que os apoiou caia na real.
      Será um duro ensinamento,porque o que o intelecto não dá,a fome ensina.

      1. O caos geral ao qual você se refere de raspão é o objetivo declarado de Steve Bannon, que está a guiar o governo de Bolsonaro. Depois, quando a música parar, eles estarão no centro de tudo, com todos os poderes. Este é o plano. Só uma pessoa ingênua pode imaginar que todos os militares do Brasil pensam do mesmo modo, mas não é seu caso, apenas você não teve como pensar duas vezes sobre o assunto. Leia o discurso do general Mourão na reunião do grupo de Lima que definiu a não-intervenção militar na Venezuela:

        “O Brasil acredita firmemente que é possível devolver a Venezuela ao convívio democrático das Américas, sem qualquer medida extrema que nos confunda, como nações democráticas, com aquelas outras nações que serão julgadas pela História como agressoras, invasoras e violadoras das soberanias nacionais. Como disse um escritor sul-americano, “nossos ódios são débeis”. E como aprendemos com nosso convívio sul-americano, nossas afinidades são fortes! Sigamos assim, como exemplo e inspiração para resolver em paz a crise na Venezuela.” Publicado no Youtube em 25/02/2019

        Este discurso evitou que a Venezuela sofresse uma intervenção militar. E por isso mesmo, o Steve Bannon e seu tradutor para o Brasil o Olavinho determinaram que o Bolsonaro tente de todo modo atacar o general, sobretudo neste minuto em que ele está a ganhar o apoio de todo o empresariado paulista. Que está acordando muito tarde para sua própria destruição, mas estão acordando.

        1. Em relação aos militares a história latinoamericana é um fato incontestável.
          Excetuando Perón na Argentina em 1945,Chavez ,a revolução cubana e a sandinista ,o resto nos mostra claramente a orientação que é dada nas escolas militares tanto nas próprias como nos “cursos” que realizam ,antigamente na escola das Américas e hoje em forma mais oculta.
          Supor que as exceções (toda regra as possui) são uma alternativa possível ainda que mínima , ao norte reinante na cabeça dessa turma,isso sim é ingenuidade .
          Recomendo a leitura do discurso do chefe da Marinha do delinquente, proferido no ato de sua posse em Janeiro.
          É óbvio que um demente como quem ocupa o Planalto hoje é um empecilho aos negócios (deles os empresários,estão se lixando pra nós ) ,mas,daí a fazer do Mulão uma alternativa viável e “decente”, a distancia é infinita meu caro.
          Cocluíndo,a invasão a Venezuela foi cancelada ,não pela negativa brasileira,eles tem a Colombia,Perú e companhía,eles recuaram pela firme posição dos rusos (aviões e pilotos em solo venezuelano) e da China que tem suas petroleiras fazendo negócios nesse país.

          1. Pessoalmente acho Mourão MENOS imbecil do que Bostanaro, mas ainda assim é um imbecil, cujo eventual governo continuaria sendo uma tragédia para o país, sob qualquer ponto de vista.

          2. 116 militares brasileiros viajaram para treinamento na Colômbia, aquele país com várias bases militares dos EUA. Uma semana de turismo ou prepração para algo mais “atrevido”, contra nosso país? Saiu na coluna radar, aquela… Talvez a Colômbia tenha algo a ensinar para nossos militares.

      2. Correto. China e Rússia, ao contrário dos EUA, não se metem em assuntos internos de outros países. Aliás, os EUA invadiram a embaixada da Venezuela em Washington e prendeu funcionários, num claro desprezo pelas leis internacionais.

    3. o MULÂO ? veja bem é trocar 6 por meia dúzia! são do mesmo naipe e desde qdo. milico salva alguma coisa a ñ ser a própria pele e se tiver capacidade.. caminhamos pra derrocada enquanto o povo não reagir, se levantar e partir pra luta vai ser tudo isso e mt. mais, pois o que se avizinha ñ é pouca coisa, não!

  11. ORDENS DO TAZUNI PARA OS MILICIANOS NO BRASIL

    “Polícia invade embaixada da Venezuela em Washington e prende ativistas [1]

    Redação
    Opera Mundi,16 de Maio de 2019 às 16:42

    A polícia de Washington invadiu nesta quinta-feira (16) a embaixada da Venezuela nos EUA e prendeu quatro dos ativistas que estavam ocupando o edifício para impedir que o enviado do deputado de direita Juan Guaidó, autoproclamado presidente venezuelano, assumisse o posto de embaixador.

    (…) ”
    – – – – – – – – – – – – – – –
    [1] https://www.brasildefato.com.br/2019/05/16/policia-invade-embaixada-da-venezuela-em-washington-e-prende-ativistas/

    1. E os fascistas do Brasil que invadiram a embaixada venezuelana estão cinco meses defasados, então? Só agora agem, quando o Guaidó está meio escondido e carimbado no mundo inteiro como sócio do narcotráfico? https://oglobo.globo.com/mundo/guaido-duque-sao-acusados-apos-imagens-do-opositor-venezuelano-com-traficantes-na-fronteira-23946138 Não. Nenhum acontecimento midiático de grande porte como esta invasão em Brasília tem um único objetivo. Mas o objetivo central foi tentar dizer à China e à Rússia que o Brasil não é um país sério e não merece a confiança deles. Mas eles estão acostumados a coisa muito pior, e não vão mudar planos por essa merreca de terrorismo.

  12. O BOLSOBOSTA e SEQUAZES ainda vão ser responsáveis por um conflito catastrófico.
    É esperar para ver !
    FDP’s !

  13. Sinceramente, depois de ver todas as infâmias praticadas por esse desgoverno miliciano, acredito que a entrega de Alcântara seja para pousar tropas estrangeiras visando a defesa em caso de agressão de outros países….o Brasil está sendo tão antagonico e em sua diplomacia, que está criando inimigos sem necessidade, apenas para agradar o cabelo laranja…

  14. Isto é uma invasão ao território Venezuelano. Se foi apoiada pelo governo brasileiro, e acredito que foi, é praticamente uma declaração de guerra.
    Este imbecil vassalo do trump vai acabar metendo o Brasil em uma guerra contra um país vizinho para agradar aos americanos do norte.

  15. Tio Sam recuou de sua invasão a Venezuela quando os do outro lado mandaram ficarem quetos.
    Os interesses económicos que os russos e chineses tem naquele país ,não permitirão que o império meta suas patas.
    Já sobre a embaixada, Araújo o delinquente terraplanista deverá explicar,assim como o criminoso moro e sua pfascista.

  16. ESSA PORRA NÃO VAI DAR EM NADA, ESTAMOS NUMA DITADURA NESSE PAÍS, ESTAMOS TOMANDO NO c… TODO DIA, E A PORRA DESSE NOSSO POVO COVARDE FICA ASSISTINDO AS NOVELINHAS DAS GLOBOSTA E O JN. VAMOS NOS F…R, A GUERRA VAI CHEGAR AQUI.

  17. [mudando de assunto, Brito, viu isso? se se confirmar, Bolsonaro fez uso da passagem e voltou para sua casa no Rio antecipadamente no dia do assassinato da Marielle – na revista Forum: “Tuíte de jornalista no dia do assassinato de Marielle diz que Bolsonaro voltou mais cedo para o Rio. Tuíte da jornalista Thais Bilenky às 12h28 do dia 14 de março de 2018 diz que, segundo a assessoria do então deputado, Bolsonaro teria antecipado a volta para o Rio após passar mal por intoxicação alimentar, apontando possível contradição…”]

  18. Tontos e inescrupulosos, o apoio foi “formal” do governo dos BOSTAS e seus asseclas a esse ataque …

  19. Não entendo… Foram invadir a embaixada “comunista” da Venezuela, enquanto os “presidentes comunistas” da China e da Rússia, conforme inúmeras declarações do “presidente mito”, estão sendo recebidos por este, no Brasil???? Quanta incoerência… Típico!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *