Twitter e matéria apontam Bolsonaro fora de Brasília no dia da morte de Marielle

Um tuíte da jornalista Thais Bilenky (então na Folha e hoje na Piauí) sugere que Jair Bolsonaro não estava em Brasília no dia da morte da vereadora Mariele Franco e do motorista Anderson Gomes, apesar do registro de presença na Câmara dos Deputados.

Segundo informou a ela, por razão de uma intoxicação alimentar, o então deputado teria voltado ao Rio mais cedo. A informação foi reproduzida na Folha, em reportagem no dia seguinte, quando a repórter foi “repercutir” a morte da vereadora e um assessor do deputado disse que ele não daria declarações porque sua opinião “seria polêmica demais”.

Recorde-se que Jair Bolsonaro, recentemente, disse que nem sabia, até o assassinato, quem era Marielle.

Não há manifestação, ao que eu saiba, da jornalista, mas eu conferi a presença do seu tuíte, que reproduzo. A possibilidade de uma fraude não parece grande, pois a reportagem, no dia seguinte, usa a mesma informação sobre o suposto problema de saúde.

Insisto no ponto que pode esclarecer todas estas dúvidas: averiguar quando foi voado um dos dois bilhetes comprados por Jair Bolsonaro para o dia 14 de março de 2018, data do assassinato. Eles são da Gol e tem os códigos de identificação WQ2GUH, com destino ao Santos Dumont e YG3JQI, dirigindo-se ao Galeão.

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

54 respostas

    1. É só descobrir o número do vôo em que consta o número deste bilhete e a versade aparecerá.

    2. É só descobrir o número do vôo em que consta o número deste bilhete e a versade aparecerá.

      1. O bilhete utilizado foi o YG3JQI, pois o WQ2GUH foi compensado no dia 15/03, dia seguinte. Ou seja, ressarcido. Na planilha é o último assentamento.

  1. Segundo o G1, a anotação do porteiro que registrou a permissão do “seu Jair” para entrada no Elcio Queiroz no condomínio foi às 17h10 – precisaria saber onde estava Bolsonaro nesse horário

    1. estava em brasilia mesmo , ele nao mentiu , tem o video do sessao no dia. quem autorizou a entrada, estava na casa dele, pode ter sido um dos filhos, ou /Renan que é solteiro , ai o porteiro acho que foi o sr Jair, as vozes sao todas iguais

  2. Não só isso , a TV câmara tem também como esclarecer a presença , e descobrir caso conste voto no painel quem votou em seu lugar . Me lembra bem o casso Arruda votando para Antonio Carlos Magalhães . Quem voou com bolsonaro naquele fatídico dia deve se manifestar , bem como a companhia áerea , se já não foi comprada .

    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Só se vota com impressão digital… será que arrancaram o dedo do Jair?

    2. Muito bem lembrado. Ainda não tinha visto seu excelente comentário.
      Não foi plagiado, caro companheiro.
      Abraço fraterno.

    3. Esse tipo de “jornalismo” que acaba com a credibilidade das fontes… Matéria típica de site bolsominio!
      É claro que é possível checar a presença do bozo na sessão na Câmara Federal naquele fatídico dia, como de fato JÁ FOI checada!
      Tem registro biométrico da presença dele lá, assim como tem links no Youtube (publicados há dias atrás) com imagens do bozo ao longo daquela sessão.
      Bastam 3 minutos de pesquisa no Google para desconstruir essa narrativa tosca que, inacreditavelmente, um “jornalista” publica em seu blog.

  3. O BRASIL ESTÁ UM CAOS,TERRA SEM LEIS,SEM RESPEITO A OUTRAS NAÇÕES,TERRA COMANDADA POR BANDIDOS,BREVE A PANELA DE PRESSÃO ESTOURA,TRAGÉDIA PROMOVIDA POR MILHÕES AO ELEGEREM FRAUDULENTAMENTE UMA MILÍCIA ASSASSINA SEM HONRA SEM PUDOR PROTEGIDOS PELAS FORÇAS ARMADAS SEUS IGUAIS.

  4. Se tem imagem de tudo nesse condominio, provavelmente temos a imagem do Bozo chegando.

  5. Há que se fazer uma investigação mais profunda pois as pistas são muitas e bastante graves. Valeu.

  6. Onde está o Moro para averiguar? O STF? Isso é o que dá um País governado por, e para milicianos!

  7. Essa informação dos bilhetes ,a pfascista já tem,os mp do RJ já tem,os serviços de informação dos fardados já tem,TODOS ELES SABEM,MAS,POR QUÉ NADA FAZEM?????
    Resposta óbvia.

    1. Bolsonaro mentiu? Sobre uma coisinha que sabia que seria escancarada em breve? E muita gente acredita que esta potoca mal engendrada pudesse vingar? Olha, depois de confirmada uma coisa como essa, adeus apoio. Talvez o cerco esteja mesmo se fechando. O Guedes, vendo o sucesso que o Mourão está a fazer com os empresários paulistas, correu para um evento no qual tenta dizer que está privilegiando a produção e não o rentismo. Sua plateia sabia que ele estava mentindo, mas aplaudiu assim mesmo. Ele encurtou a explicação de seu terrível trabalho dizendo que os juros vão baixar, e os encargos vão baixar também, e as privatizações vão servir para equacionar a dívida, e os investidores vão alegremente investir na produção e o país vai crescer. Ele garantiu que só quer o bem do Brasil, e ainda por cima chamou os rentistas de vagabundos. Foram estes os mesmos que o aplaudiram, talvez impressionados com sua performance de prestidigitador. Mas ele não convence mais ninguém.

  8. Alguém voltou no dia 14/03/2018, de BSB para o RIO, em nome de Jair Bolsonaro, conforme o site da própria câmara atesta:

    https://www.camara.leg.br/cota-parlamentar/analitico?nuDeputadoId=731&dataInicio=3/2018&dataFim=3/2018&despesa=999&nomeHospede=&nomePassageiro=&nomeFornecedor=&cnpjFornecedor=&numDocumento=&sguf=

    Procurem a data 14/03/2018, existem duas passagens, uma indo para o galeão, outra indo para o Santos Dumont.

    O que ele pode alegar é que algum assessor voltou

  9. Estranho também: era pra estar em Brasília, mas, por conta de intoxicação alimentar, ele foi pro Rio, ao invés de se tratar no DF?

  10. Uma das especialidades da quadrilha é a MENTIRA!

    O vereador, certamente nem se deu conta que alí na Câmara Municpal do Rio de Janeiro, não havia uma vereadora Negra, combativa e aguerrida, a importunar a milícia protegida pela quadrilha.

  11. Para ele ser o assassino agora só faltam as penas, e como assassino não tem penas, então………..

  12. É totalmente factível estar no Rio de Janeiro em 14 de março, mesmo tendo estado em brasília nesse dia pois se vai de bsb para gig ou sdu em menos de duas horas.

  13. Isso é grave, Bolsonaro mentiu descaradamente e isso sugere um motivo grave para tal fato. A verdade pode demorar, mas, ela sempre se revela.

  14. Já acharam vídeos dele na camara. Ainda paira a indagaçao feita pelo GGN, de que o interfone da portaria tem tecnologia para transferir chamada para celular — deveria ser bem fácil checar com algum morador se ela está habilitada ou nao.

    Nota – ele provavelmente tinha um voo para cedo no dia e remarcou para outro horário. No caso de envolvimento no assassinato, pode se tratar no entanto de uma estratégia para se desvincular da acusaçao.

  15. No dia 14, no Estadão, saiu uma matéria dizendo que ele estava no Rio. Possivelmente, a reportagem foi feita no dia anterior.

  16. Se não houve alteração de data no vídeo, ele estava lá, precisa checar se os bilhetes foram usados ou não.

  17. A “justificativa” vai ser de que ele comprou a passagem, mas outra pessoa(comprada) viajou no lugar dele, no mínimo!

  18. Mudando de pato pra ganso.
    Alguém sabe alguma coisa do BRICs??????????
    Sei que estão fazendo de tudo para nada ser dito sobre isso.

  19. Caro Brito, parece que Bolsonaro amanheceu em Brasília no dia 14/03/18, voltou para o Rio antes do almoço e voou de novo para Brasília, uma vez que apareceu no vídeo da sessão do Plenário da Câmara naquele dia, supostamente por volta das 20h. Não é impossível que estivesse no Rio no horário em que é registrada a entrada no condomínio do suspeito pelo assassinato. Também pode ser que tenha voado outra vez para o Rio após a sessão da Câmara, tarde da noite. Talvez isso explique a existência de dois bilhetes aéreos no mesmo dia. Se nossos veículos jornalísticos fizessem jornalismo, já teriam juntado esses fios há muito tempo.

  20. Álibi FODIDO da porra, esse do BOLSOBOSTA.
    O ACM (avô) foi obrigado a renunciar por usar desse estratagema.
    Acho que o “Chileno” e “Alcoolumbre”, estão ATOLADOS até o pescoço.
    PQP !

  21. Se ele diz que não estava na casa 58, então quem viajou com as duas passagens comprada pelo seu gabinete no dia da morte da vereadora ?

  22. Ora, como a comunicação do porteiro teria sido feita via celular, mesmo que miliciano presidente estivesse em Brasília, ele poderia sim, ter liberado a entrada do assassino. Como o crime foi premeditado, isso pode ser um álibi criado por ele.

  23. Lembrando que no caso da pesca ilegal a estratégia foi a mesma. Dizer que não estava no local, apesar da foto dele no barco pescando.

  24. A jornalista está desdizendo o que disse na época, está levantantando um vídeo para corroborar a versão do ENERGÚMENO dizendo estar em Brasília as 20:20h. Um vôo de linha Rio/Brasília dura apenas 1h50m, se for particular/fretado não sei o tempo, mas deve variar dentro do mesmo tempo.
    Quanto vale uma cadeira de Senado?

  25. E a Globo, que se jacta de seu “jornalismo investigativo e honesto”: cadê o horário do vôo com a lista dos passageiros no dia da morte da Marielle; cadê a entrevista com alguns dos moradores do condomínio (sigilosa pelo encobrimento com vozes distorcidas e imagens nebulosas) sob a hipótese da portaria ligar para celulares dos condôminos ao invés de diretamente às casas: cadê registro da entrada do Jair no dia 14/03 pelas câmeras da portaria: cadê registro das câmeras do aeroporto onde pousou o avião usado pelo mesmo no tal dia, com o registro do horário onde ele aparece? Há inúmeras possibilidades de comprovar ou afastar as suspeitas, desde que os Peritos Criminalísticos sejam sérios (não os técnicos do MP). Aqui no RS, durante a constituinte estadual de 1989, conseguimos nos separar da subordinação da polícia e colocamos na constituição estadual a criação da Coordenadoria Geral de Perícias, independente, juntando os institutos de Criminalística, Médico-Legal e de Identificação, condição essencial para perícias isentas: um perito não pode estar subordinado a quem mata ou provoca lesões em cidadãos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.