Aumenta a sangria de dólares e Brasil tem 1° déficit na balança comercial

Semana passada, chamei a atenção aqui sobre a piora da situação do Brasil em sua conta corrente cambial, que estava se degradando, com uma queda expressiva no saldo comercial e da saída de capitais financeiros.

Pois, creia, ela piorou.

O Ministério da Economia divulgou os dados da balança comercial e, pela primeira vez desde 2015, tivemos déficit, com uma queda de 18,9% nas três primeiras semanas de outubro, em relação ao mesmo período do ano passado.

A perda do saldo no período chegou a inacreditáveis 86% na comparação deste período e a 26,6% no acumulado do ano, mesmo com a redução das importações, de 1,4%.

E olhe que 2018 já foi sombrio, com uma queda de 13% sobre o saldo de 2017.

Claro que há fatores externos, como as inquietações do comércio e da desaceleração da economia chinesa, além da crise argentina. Mas a intensidade do tombo está crescendo numa velocidade que só estes fatores não explicam seu tamanho.

No lado financeiro, embora com menos velocidade, as saídas também se avolumam, a nível recorde de fuga de R$ 31,5 bilhões.

Na previsão das instituições financeiras, a expectativa de déficit na conta corrente do país subiu de US$ 23 bilhões para US$ 31 bilhões e pode passar, fácil, de US$ 40 bilhões.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

8 respostas

  1. Se ois países civilizados reduzirem ao minimo as importações do Brasil, as chances de salvar a floresta Amazônica, e tribos indígenas, crescem bastante. Eu estou fazendo a minha parte: reduzindo o consumo ao estritamente necessário.

  2. Se este pessoal do Bolsonaro permanecer os quatro anos no poder, não sobrará nada neste país e nossas reservas internacionais, na casa de quase quatrocentos bilhões de dólares, virarão fumaça.

  3. A economia de guedes/bozo segue desintegrando, enquanto a matilha está a cada dia mais acometida da hidrofobia causada pela alfafa estragada distribuida pela mpidia e produzida com os venenos da “lava jato”.

    Os ratos do porão bozonazista seguem a autofagia, desnudando um pouco da podridão dos bastidores .

    E o óleo no nordeste ?? Crime ambiental ou atentado ???

  4. Quanto ao déficit comercial dos Estados Unidos em relação à China, poderá desaguar em um acordo no qual os chineses deixarão de comprar soja ao Brasil para comprá-la aos americanos. Nesta loucura de desgoverno, o absurdo passou a ser normal. Para acabar com reservas gigantescas, fugas gigantescas e gigantescos ataques especulativos. Se o objetivo é fazer o ex-orgulhoso Brasil voltar ao FMI de tanga e de pires na mão, será preciso antes destruir as centenas de bilhões de dólares que os governos do PT acumularam, e isso não é mais impossível.

    1. No dia em que você tomar conhecimento do valor de nossas reservas cambiais, hoje, você vai cair de costas…
      Você acha que essa turma que está no comando do País tomaria conta desse dinheiro sem se apoderar de parte(?) dele?…Acha?

  5. Destroem o país. A globo, e seu ódio ao PT, venceu.
    E como é fácil destruir…, com um paulo guedes então…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.