Bloqueio de navios do Irã é por termos comprado fertilizante de Teerã

Reportagem de O Globo, assinada por Eliane Oliveira , Filipe Barini e por Claudia Antunes – amiga que é competentíssima na cobertura de relações internacionais – mostra que não é verdadeira a alegação brasileira – já de si sabuja, pois é a de obedecer mesmo sem ter sido mandado – de que não houve orientação norte-americana para que o Brasil se negasse a abastecer dois navios iranianos que estão aqui para levar uma carga de milho para aquele país.

O milho não é mercadoria que esteja sujeita às sanções norte-americanas sobre o Irã, por se tratar de alimento, mas a matéria indica que a pressão dos EUA havia chegado antes, com a remessa de ureia trazida por estas naves do Oriente Médio.

Ureia é matéria prima para a produção de adubo – é rica em Nitrogênio, o “N” da conhecida fórmula NPK dos fertilizantes – é derivado de petróleo. Mais precisamente, do gás natural associado ao petróleo e o Brasil é dependente dela. As fábricas nrasileiras, pertencentes à Petrobras – Fafen de Sergipe e da Bahia e a UFN de Três Lagoas (MS) e a Araucária Nitrogenados, no Paraná – estão sendo vendidas pela Petrobras, as duas últimas para os russos.

Por ser subproduto da extração petrolífera, a ureia, ao contrário do milho, está na lista de embargos norte americanos.

Então, a verdadeira história não é a de que estamos sendo aconselhados a deixar de vender grãos para o Irã, é a de que estamos sendo proibidos de comprar onde quisermos matéria-prima para fertilizar nossa agricultura.

O governo brasileiro foi alertado há cerca de três semanas pelo governo americano de que a importação do fertilizante ureia do Irã está sob restrições impostas pelos Estados Unidos , e que empresas brasileiras, incluindo portos, que ajudem a viabilizar o comércio do produto estarão sujeitas a sanções, diz o jornal.

O Brasil, recorde-se, não tem nenhuma pendência diplomática com o Irã e sequer há ordem ou recomendação da ONU para restringir o comércio com os iranianos.

Trata-se de uma ordem norte-americana cobre relações comerciais de terceiros, o que não existe do Direito Internacional.

A qual estamos cumprindo com, na prática, o que é um sequestro de embarcações estrangeiras, porque negar que comprem combustível significa, na prática, manter os navios prisioneiros.

A declaração ao jornal do presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), José Augusto de Castro, é tragicômica:

(,,,)o Brasil é um país neutro (…) Mas o Brasil não pode adotar sua neutralidade, porque os EUA não permitem.

Somos neutros se o chefe deixar?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

34 respostas

  1. O Brasil parece ser um país de ficção, não pode existir realmente. Somos a nação mais ridícula da história. Até mesmo a Vaza Jato se transformou numa novela inexplicável e idiota. Um material como ela contém, já deveria estar sendo analisado seriamente por uma equipe de jornalistas, políticos, juristas, etc. Mas aqui nessa terra do nunca, se tornou uma espécie de historinha em capítulos. Como aquelas dos jornais de antigamente, com meia dúzia de quadrinhos por semana. Que acabam perdendo o efeito, diluídas pela desfaçatez e canalhice infinita dos criminosos, aliada à alienação, inércia, pusilânimidade, espírito de vira lata do povo brasileiro.

    1. Um material como ela contém, já deveria estar sendo analisado seriamente por uma equipe de jornalistas, políticos, juristas, etc.

      quem falou pra vc. que isso já não está sendo feito?
      já temos vários videos com juristas falando sobre isso

      e não acaba perdendo nada
      os vazamentos da LavaJato duraram anos – a novela era diária
      porque vc. acha que agora tinha que ser diferente?

      vc. leu TODAS materias na íntegra? leu tudinho?
      as pessoas mal passam do título, tenha dó!

      1. A vaza a Jato é falsa, ela quer transformar Moro e sua turma em meros julgadores parciais quando sabemos que se trata de Crime de guerra conduzido pelos EUA… cadê o material provando a participacao Ameriacana??? Glenn é como o Obama, pombo por fora, Falcão por dentro!

      2. Quem está analisando no que? Essa operação jamais deveria ter existido desta forma. Juízes foram ameaçados, decisões e prisões foram para benefício de quadros políticos, empresas brasileiras destruídas e empregos e economia jogados no lixo em nome de “gente de bem”. Esse país é ridículo mesmo. Mas vai piorar.

    2. Caro Antonio Passos, o próprio Fernando Brito escreveu em um post aqui outro dia destes: “Quem tem pressa são os inimigos da verdade, não aqueles que sabem que ela se imporá”
      O Jornalista Glenn também escreveu em um post outro dia destes: “Já vimos o futuro, as resposta estão lá”
      Vamos ter paciência, tudo ira acontecer no seu devido tempo, não precisamos ter pressa, o tempo é nosso aliado.
      A verdade e a justiça vai prevalecer.

    3. vc não deixa de ter razão, somos a terra onde tudo se banaliza, até pq sempre surge imediatamente algo mais incrível e cabeludo na sequência

  2. quero saber o que vão fazer
    vão manter o navio no porto sem combustível?
    vão deixar o milho apodrecer e empestear tudo?
    vão mandar o navio de volta, a remo?

    1. pegar uma jangada pra buscar uns galões de combustível na Venezuela deve ser mais fácil do que esperar sensatez de quem quer guerrear

      1. menina, que coisa mais sem cabimento isso
        e a Dodge dando razão pro traste
        é prácábá

        1. Estamos sofrendo um bloqueio naval que só experimentamos antes de 1808, quando o Rei Dom João VI decretou a abertura dos portos do Brasil às nações amigas.

          1. estamos sofrendo de um bloqueio total – mental, naval, social, democrático
            esse traste precisa ser parado

    2. E o presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), José Augusto de Castro: “…o Brasil não pode adotar sua neutralidade, porque os EUA não permitem.”

      1. foram muito machos, valentes e eficientes para derrubar Duilma e acabar com o Brasil
        mas são tchuchucas com o império do mal

        1. tiramos ele do posto, ou ele por acaso “fechar STF com soldado de menos vergonha na car”a e esses norte americanos são tão sensíveis, a mulamba gosta daqui – e essa precariamente, ou sob a sobra de perder trabalhadores, hoje desempregados e um são esse traste não tem limites no país – nossa!! até escorregfou uma lágrima emocvionada, muito fofo!!!!!

    3. D iva
      I nteligente
      L inda
      M ajestosa
      A ltruísta

      R efinada
      O nesta com H maiúsculo
      U nica
      S uper-heroína
      S ábia
      E minente
      F eminina

  3. Eu não sei direito o que pensar: às vezes parece só óbvio que não ser subordinado aos interesses norteamericanos fosse um valor intrínseco de soberania e autovalorização. Do jeito que as coisas andam, eu fico imaginando que se o Lula tivesse mantido o Brasil vassalo dos Estabosonidos no estilo FHC, que o discurso do ranço ia ser para terminar o capachismo só para poder dizer que o petê estava errado. Afinal, o bolsominion médio insiste em dizer que “eles estão no poder há trinta anos” já que tudo que não é general pra eles parece que é a mesma coisa. Mais embaraçosa que esta vibe só o silêncio dos eleitores que estão esperando algo bom desse período.

  4. Vão se foder empresariado de merda, que votou e apoiou abertamente esse energúmeno na campanha. Acham que só a classe trabalhadora vai se lascar com esse DESGOVERNO. Que vocês farão se não haverá venda nem no mercado interno (todos endividados) e nem para o comércio exterior. Isso por que o outro LOUCO do norte assim deseja……

    1. O louco do norte, o louco do Brasil e agora o louco da grã Bretanha.
      É a forrestgumpização dos governos no mundo

  5. Não, sob o governo bozonaro não somos neutros.
    Sob esse governo, recorde-se, o Brasil tem plena dependência do império, notadamente no que diz respeito a políticas geoeconômicas.

    1. É o panopticon de Benthan na política. Nada fazer apenas pelo medo de estarmos sendo vigiados por um imaginário censor central. Nossa dêbacle econômica se aproxima, com embargos contra todos aqueles que não interessarem à star and spangled.

  6. governo de canalhas obedientes ao imperialismo. um pesadelo. que elite é essa que se compraz em obedecer aos ferrabrazes lá de cima? essas pessoas são asquerosas na sua prepotência com o andar de baixo e obsequiosidade com o colonialismo deslavado dos americanos.

  7. Já que o agro-negócio apoiou o louco que se danem. Só doendo no bolso desses alienados é que acordarão. Danem-se e quebrem.

  8. Vamos ser diretos e objetivos: ou derrubamos essa desgraca de governo, escurracando todos esses sicarios que o apoia e esta’ nos destruindo ou morreremos lentamente, ficando so’ na discurseira este’ril e improdutiva. Abaixo o fascismo, o entreguismo e a subserviencia.

  9. Vendemos o milho, mas não deixamos levar. Forçam a barra pro Irã encerrar comércio com o Brasil. O Plano é claríssimo: gastar reservas internacionais pra pegar “empréstimo” com FMI. FHC fez o mesmo.

  10. E assim vamos destruindo as relações comerciais com o Oriente Médio. Os latifundiários que apoiaram Bozo estão tendo o retorno.

  11. O milho é extremamente perecível, e a esta altura já deteriorou, e o agronegócio que apoiou o presidente panaca, vai ficar com o mico, pois os importadores do Irã não pagarão o seu banco,que por sua vez não enviará os fundos, já que sua carta de crédito não foi cumprida pelo banco brasileiro.
    Foi criado um factóide e uma pendenga internacional pela ação de uma Idiocracia,que atualmente aplastou sua bunda flácida sobre a Nação brasileira.
    Resumindo: o agronegócio tabajara VAI DA PROA AO VENTO, sob o timão do Belzebunaro.

  12. Os Isteites vão impor ao Brasil a máxima: o Brasil pode comprar em qualquer lugar do mundo, desde que seja dos EUA.

  13. Só queria saber o que dizem os membros dessa Associação de Comércio Exterior do Brasil sobre o seu presidente, pois quem tem um representante desse não precisa ter inimigos.
    A Associação merece uma medalha por colaborar ativamente com o plano de Donald Trump e seus capachos.
    (CAPACHOS! CAPACHOS! CAPACHOS!).
    O plano é destruir o Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *