Bob Fernandes traz quem falta na “Vaza Jato”: os delegados da PF de Moro. Veja

Em um vídeo postado há pouco no seu canal do Youtube, o jornalista Bob Fernandes traz à cena algo que está um terceiro ou quarto plano nas últimas revelações sobre a Lava Jato: o papel da Polícia Federal, o braço operacional de parceria espúria firmada em Curitiba entre a “Força Tarefa” e Sérgio Moro.

Fernandes lembra que todos os “chefões” da PF no período áureo da Lava Jato foram guindados por Moro a postos de comando nacional da instituição ou a cargos do Ministério.

Ele repassa e explica caso das gravações clandestinas, feita por ordens dos delegados, em celas de prisioneiros da PF, das quais, com certeza, saíram informações que seriam, adiante, muito úteis, ainda que ilegais, à ação do MP.

Vale, como sempre, ouvir Bob Fernandes: organiza e esclarece o pensamento, em meio a esta chuva de revelações deprimentes.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

18 respostas

    1. Mas vai se livrar. É bom pegar pela palavra o general Mourão, que falou que daqui a cinco anos vai haver necessidade de uma revisão para a previdência, e estender esta revisão para tudo o que de mal foi feito pela máfia neo-liberal-neo-escravista.

  1. Brito, você, Bob Fernandes, o sui generis PHA (vou fingir que ele está vivo), todos os jornalistas bacanas da blogosfera, como aguentam? Têm momentos de depressão ou o ofício do jornalismo protege e talvez seja pior para nós, que absorvemos e não temos o que fazer com o que absorvemos? Estou achando que se eu não entrar para algum partido ou movimento social e colocar a mão na massa, minha cabeça vai estourar. E cada vez que vejo uma maldade com índio (sou índia Tapirapé por ritual de adoção), choro. Tá difícil de aguentar! Olho pro meu filho de 21 anos e fico só pensando…

    1. Não esqueça que sempre haverá alguém em algum lugar nesse país que se preciso for, dará a vida contra um fascismo!!

      Vamos nos unir ainda mais e venceremos!

    2. Não deve ser fácil não. O que deve salvar eles é a resiliência.
      Deve ter noites que vão dormir desiludidos, com vontade de jogar a toalha.
      Mas no dia seguinte, acordam com ainda mais pique e vontade de combater os inimigos da democracia.

  2. Esses são criminosos instalados no sistema de justiça…infelizmente….não aprenderão pela persuação legal…ultrapassaram todos os limites….Stálin sabia lidar com esse tipo de criaturas….

  3. Observem o inglês ‘fluente’ do filho Eduardo que o capitão quer indicar para ser embaixador nos EUA. O vídeo está no DCM : ‘Caralho, deu branco’, diz Eduardo Bolsonaro tentando falar inglês em canal nos EUA’. A propósito, a tal vivência no mundo que ele e seu pai alardeiam significa o quê? Viagens de alguns dias aos EUA e Israel? Que tal Eduardo mostrar seu passaporte para vermos em quais países ele foi e quanto tempo ele ficou em cada um deles? Sim. Porque vivência no mundo é mais que viagens de alguns dias nos mesmos países né. A menos que os EUA e Israel sejam o mundo para ele e que alguns dias representem meses e anos. Em tempo: minha irmã me disse que escutou um jornalista sugerir que no período em que Eduardo esteve fritando hamburgers nos EUA ele estava lá ilegalmente. É comum os brasileiros ficarem nos EUA ilegalmente. O que não comum neste caso, é ele – Eduardo – e seu pai humilharem os imigrantes brasileiros que estão nos EUA como eles fizeram . Hipócritas. Em tempo: espero que o vídeo do ‘caralho deu branco’ chegue às mãos de todos os senadores. Quem sabe algum deles não resolva exibi-lo no senado né.

  4. Sem dúvida, no titanic de moro e deltan estarao 2 nomes certos: a incompetência letal de erika mialik marena, e a militância aecista de igor romario de paula (vulgo freddy mercury), entre outros menos votados

  5. O pior é que sobrou nenhuma instituição com poder e isenção para mandar prender essa corja de mafiosos.

  6. E pensar que Dilma deixou josé eduardo cadoso cinco anos no ministério da justiça, tempo em que a polícia federal tramou e executou o golpe sem qualquer interferência do ministro.

    1. Mesmo os mais aparentemente convictos defensores de Moro e DD sabem que todo o material é sério e autêntico.
      Mas, claro, negam a realidade, porque o que os move não é a verdade, mas variados outros motivos escusos.

  7. “Vale, como sempre, ouvir Bob Fernandes: organiza e esclarece o pensamento, em meio a esta chuva de revelações deprimentes.”
    Assino embaixo. A principal característica de Bob é a objetividade. Em muito pouco tempo, transmite muita informação.

  8. É tudo a mesma sopa. Adoradores do Aécio Naves, também adoradores do Sérgio Moro. Tudo a mesmíssima sopa.

  9. Bob Fernandes é de uma lúcidez brutal em seus comentários e, diante deles, só não vê a verdade quem não quer. Lembrei-me da frase final da parábola judaica descrita por Jessé Souza no livro ” A Classe Média no Espelho”: “Porque o mundo não nutre o menor desejo de ver a Verdade nua.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *