Bolsa perde todo o ganha desde a posse de Bolsonaro

Um cidadão que colocou suas economias em fundos vinculados ao Ibovespa no primeiro dia útil depois da posse de Jair Bolsonaro (e não mexeu mais), porque animou-se com o cenário dourado prometido por Paulo Guedes está amargando agora, no barato, uns 14% de prejuízo.

No dia 2 de janeiro de 2019, a Bolsa de São Paulo estava a 92 mil pontos e hoje fechou a 86 mil, esgoelando-se para não ficar nos 85 mil. Some a isso a inflação destes 14 meses e pico, a conta vai mostrar esta perda.

Ou seja, “comeu-se” todo o ano de “a bolsa está bombando”, com rapazes, moças e hucks farialimers na internet e na TV e, de quebra, nem os magros 4,8% da caderneta de poupança levaram.

Mas quem perdeu, podem crer, foram as “sardinhas”, como são chamados os pequenos investidores e compraram caro na euforia e venderam barato no desespero.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email