Bolsonarista róem a corda, mas acordão vai sair

Os jornais de hoje confirmam o acordo “pé de botina” entre o governo Bolsonaro e os presidentes da Câmara e do Senado está cheio de problemas, embora creio que não deixará de haver o acordão.

É que o bloco de senadores de direita estão inconformados com a decisão de Bolsonaro de “rachar” com os parlamentares e indicação de gastos em cerca de R$ 30 bilhões que ficariam apenas condicionados ao Executivo.

Argumentam – e fazem vociferar nas redes sociais – que têm poder de fogo para manter o veto de Bolsonaro, que lhe garante o controle total destes recursos.

O fato, porém, é que o governo fez o acordo e tanto fez que mandou os dois projetos de lei que formalizavam o “rachuncho”.

Vão se entender, porque o discurso institucional nada têm a ver com suas motivações.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

6 respostas

  1. É preciso esfregar os olhos e começar a perceber que é absolutamente incrível, inacreditável mesmo, que ainda não exista um só pedido oficial de impeachment de Bolsonaro. A estas alturas era para ele já ter batido o recorde mundial como o presidente que mais teve pedidos de impeachment devidamente encaminhados, colecionando pelo menos uns trinta.

  2. Secularmente, isso é um museu de grandes novidades…Sempre foi, sempre será…Infelizmente!!

  3. NOVO PIBINHO NÃO É PROBLEMA… CORPO MOLE DO PAULO GUEDES MOSTRA QUE VEM COISA RUIM PELA FRENTE!
    CORRAM BOSÓS…
    AFUNDA BRAZIL BOSÓ!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.