Bolsonaro é petista, general?

Nas páginas amarelas da Veja desta semana, Luiz Eduardo Ramos, ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência faz um exercício de cinismo, jurando um arrependimento por ter se envolvido em atos políticos sendo – ainda – um general da ativa.

Cinismo porque usa o exemplo do general norte-americano Mark Milley que, contrariando Donald Trump, disse que como oficial da ativa, não deveria estar numa manifestação política.

Ramos, mesmo louvando o ato do general dos EUA, anuncia orgulhosamente que fez o contrário, agindo como “observador” – ou espião, como queiram – numa manifestação oposicionista, a tirar conclusões ideológicas sobre o figurino dos manifestantes:

Só há uma coisa que me incomoda e me desperta atenção. Um movimento democrático usando roupa preta. Isso me lembra muito autoritarismo e black blocs. Quando falo em democracia, a primeira coisa que me vem à mente é usar as cores da minha bandeira, verde e amarelo. No domingo, fiquei disfarçado no gramado em frente ao Congresso observando o pessoal. Eles não usavam vermelho para não pegar mal. Mas me pareceu que eram petistas.

A ideologia cromática do general não funcionava assim quando as camisas pretas eram pró-bolsonaro, ou quando – há menos de um mês – um bando de paramilitares de camisa preta foram encontrar-se com o presidente.

Mas, à parte isso, o que faz o general pensar que eram petistas? “Pega mal” usar camisa vermelha? O senhor sabia que Jair Bolsonaro usava uma no dia 19 de abril, quando foi fazer sua pregação golpista em frente ao Quartel General do Exército, o Forte Apache de Brasília? Bolsonaro é petista?

Mas há pior na entrevista. Diz que o Exército respeita a democracia, desde que não se “estique a corda”. Só que o esticar a corda é a ação do Poder Judiciário.

Primeiro, diz que isso foi feito pelo decano do Tribunal, Celso de Mello, que fez um paralelo entre o que se passa aqui com a ascensão do nazismo da Alemanha, dizendo que Hitler matou seis milhões de judeus e Bolsonaro, não. Ou definindo que o TSE não deve dar atenção aos questionamentos sobre a campanha eleitoral de Bolsonaro, agora temperados pela revelação de uma rede de fake news empresarial.

Com todo o respeito, general, mind your business, cuide de sua área, porque ela não é, certamente jurídica.

O que deveria preocupar não é que o Judiciário, um poder independente, “esticar a corda”. É um general da ativa esticar a língua para falar bobagens e pretender dar lições a outro poder.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

35 respostas

  1. Até o arco-iris incomoda o pensamento desses DESONESTOS E MEDÍOCRES encastelados no poder.

    Ora, afinal a vida tem que acontecer em conformidade com o pensamentos desses imbecis e imorais!

    Haja IMBECILIDADE!

  2. Cada vez me convenço mais que nosso exército é hors concours na formação de imbecis e mentecaptos. As provas vivas disso estão aí bem na nossa frente, zurrando, relinchando e escoiceando.

  3. Cada vez me convenço mais que nosso exército é hors concours na formação de imbecis e mentecaptos. As provas vivas disso estão aí bem na nossa frente, zurrando, relinchando e escoiceando.

  4. Eu já sugeri ao mesmo,que pra mim,ele não passa de um sargentão,e que deve ,isso sim,SE REDUZIR AO QUE SEMPRE FOI.Um sargentão de “m”!

  5. Foi uma ameaça. Ameaça miliciana. Uma imoral ameaça aos brasileiros e direta ao ste.
    Se estes militares fossem patriotas a primeira coisa que fariam era pedir demissão deste governo danoso, péssimo e ridículo que nos enoja.
    Que desgraça!

  6. Eu creio que a missão do Bozo está cumprida, ele disse que mataria uns trinta mil, então já passou muito, pois sua imperícia em ajudar a saúde, já morreram mais de quarenta mil. Mas, sejamos sinceros para cem mil falta um pouco né. Com a palavra o General e o Bozó!!

    1. Olha, eu fiz alguns cálculos de alguns dos países que decretaram lockdown. Desde o dia em que foi determinado o lockdown, até o dia em que decidiram flexibilizar a quarentena, morreram entre 30 e 150 vezes o número de pessoas mortas até o dia do lockdown. Não estou exagerando. Fiz as contas com meia dúzia de países como UK, França, Alemanha, Itália e Espanha.

      Se seguirmos essa mesma tendência, se fosse decretado lockdown hoje, morreriam entre 1.200.000 e 6.000.000 de brasileiros até os números estabilizarem.

      Em vez disso, o que fazemos? Abrimos shoppings, academias e templos religiosos.

      Diversos países que são rigorosos na austeridade aderiram ao lockdown, auxílio emergencial e empréstimos facilitados e não vão quebrar por causa disso.

      Eu não tenho dúvidas de que a questão não é só a econômica. É a de um psicopata que realmente QUER ver muitos corpos largados na rua, por um prazer sórdido na morte principalmente de pobres e velhos. Se não fosse por isso, qual a necessidade de reabrir igrejas? E por que vetar os artigos da lei de enfrentamento à Covid que permitia ao síndico dos condomínios proibir festas e reuniões, e proibir temporariamente despejo de pessoas e empresas com dificuldade em pagar aluguel? Por que complicar e atrasar tanto a liberação do Auxílio Emergencial, se o Congresso já autorizou a despesa extra?

      Também vale a pena ler sobre o alerta do Átila Iamarino, de que as capitais que alegam ter a Covid sobre controle estão com surto generalizado de mortes por “Sindrome Aguda Respiratória Grave Não Especificada”. Ou seja, Covid camuflada pela falta de testes. Que chega a ser até 9 vezes maior do que as mortes pela Covid “oficial”.

  7. É inacreditável a desfaçatez do desgraçado ramos… diz que não vai dar golpe e termina a frase ameaçando golpe.
    A récua fardada que pesteia o Planalto pensa que o resto do país é composto por canalhas e imbecis iguais aos partidários do micto?!
    Em qualquer país sério, uma ameaça escancarada como essa seria respondida com expulsão e PRISÃO.
    Além de golpismo, pelo visto as escola militares são especialistas em cinismo.
    O Brasil precisa se livrar de entulhos como esses generalecos mamateiros que hoje servem de cães de guarda do energúmeno miliciano.

    O TSE TEM OBRIGAÇÃO DE PAGAR PRA VER!
    O TSE TEM OBRIGAÇÃO DE CASSAR A CHAPA GOLPISTA!

      1. obs. notem que o ramos se escuda numa argumentação de que rodrigo maia descarta o impeachment, então não faria sentido o TSE agir…

        rodrigo maia (sentado sobre três duzias de pedidos de impechment) diz que não é momento de se discutir a retirada do energúmeno, enquanto isso milhares de brasileiros serão sacrificados pela politica genocida de desinformação e boicote a qualquer medida para conter a pandemia…

        O mesmo rodrigo maia que hj não vê motivos para impeachment do genocida foi aquele que votou pelas mágoas do papai em 2016…
        https://www.youtube.com/watch?v=gCbGOn-ohpM

      2. obs. notem que o ramos se escuda numa argumentação de que rodrigo maia descarta o impeachment, então não faria sentido o TSE agir…

        rodrigo maia (sentado sobre três duzias de pedidos de impechment) diz que não é momento de se discutir a retirada do energúmeno, enquanto isso milhares de brasileiros serão sacrificados pela politica genocida de desinformação e boicote a qualquer medida para conter a pandemia…

        O mesmo rodrigo maia que hj não vê motivos para impeachment do genocida foi aquele que votou pelas mágoas do papai em 2016…
        https://www.youtube.com/watch?v=gCbGOn-ohpM

    1. Se o TSE, STF e STJ estiverem se escondendo atrás da toga, achando que num provável golpe militar Bolsonaro e seus miquinhos verde-oliva amestrados e os meganhas estaduais vão lhes poupar, estão redondamente enganados. Primeiro ato, dentro do golpe, é esculachar com os seus componentes, desmoralizando-os e em seguida lacrar as portas destes prédios.

  8. “Quando falo em democracia, a primeira coisa que me vem à mente é usar as cores da minha bandeira, verde e amarelo”.
    Já foi dito que o patriotismo é o último refúgio dos canalhas. O que não significa que um patriota sincero seja um canalha, mas naquela homenagem que o vício presta à virtude, a hipocrisia, tão própria dos canalhas.

    Quando Collor apelou para que seus hipotéticos apoiadores saíssem às ruas de verde amarelo, colheu nas ruas uma manifestação da juventude vestida de preto; quando forças golpistas, insufladas por uma media venal à serviço de forças políticas oportunistas, alimentadas por uma gangue incrustada e aparelhando o poder judiciário, conduzida por um juiz medíocre e depois verificado absolutamente parcial, foram às ruas para impichar uma presidenta sem mácula criminal, todos se vestiam com as cores do refúgio dos canalhas, com a camisa da CBF mostrando como era “autêntica” a luta contra a corrupção. Portanto, não está na cor da vestimenta a sinceridade do propósito democrático dos manifestantes.

    A canalha militar pseudo-patriótica, que tem nesse milico uma de suas expressões maiores, embarcou nessa aventura, atrás de um quadro dos seus reformado por nítidos desvios sociopatas, em busca de sinecuras e manutenção de privilégios. Estão aí milhares de penduricalhos aparelhando o Estado, usurpando funções técnicas, sem nenhuma qualificação para tanto, que deveriam ser ocupadas pelo mundo civil, numa proporção que nem na ditadura se verificou. Está aí uma “reforma” da previdência da milicada que nem sequer arranhou privilégios e foi totalmente neutralizada pelo rearranjo nos valores dos soldos.

    Nas próximas comemorações do Sete de Setembro, se essa milicada fosse sinceramente honesta com suas pretensões no papel que querem desempenhar na república, deveriam se fardar de Carmen Miranda e marchar ao som de ???? Mamãe eu quero mamar???? ????????????????
    (Alô Porta dos Fundos! Fica aí uma sugestão de roteiro para um especial de Sete de setembro. Depois aguenta as bombas, porque capetão maluco pra ser instrumentalizado é o que nunca faltou naquele valhacouto de facínoras e milicianos.)
    https://youtu.be/8ov4dl6-SkA?t=24

  9. São quase todos parasitas (para não generalizar). São come e dorme, e come do bom e do melhor. Talvez até melhor que os ministros do STF. Só sabem dar ordem unida e criar filhas para não casarem no civil como se diz “de papel passado”, para não perder a pensão vitalicia, isto é, a pensão que elas irão receber é a mesma do soldo que o papai recebia. Isso sim é esticar a corda no pecoço do povo.

  10. Felizmente o Brasil ainda é um país de natureza pacifica, tolerante e conciliador. Como pensar que alguém com um raciocínio tão curto , tão pobre – é um general de exército – comandando nossas tropas em uma batalha de verdade?

  11. Os milicos,raça de câes treinados pelo império para assombrar seus mantenedores (a massa brasileira), têm se comportado como milicianos.Estes, na suas áreas de domínio ,baseiam a manutenção de sua “força” e “poder” na ameaça.
    Mas, este sujeito generaleco de videogame e alguns de seus comparsas ,pensam estar falando com essas populações,ledo engano.
    Vcs canalhas de farda,não dão o golpe porque ele ficaría imediatamente isolado internacionalmente.Portanto lhes resulta muito mais cómodo manter essa fachada de democracía ,do que DAR A CARA.
    EM SOMA ,DÊM O GOLPE ,TIREM A MÁSCARA DE VEZ ,E ASSUMAM O FILHOTE !!!! DEIXEM DE SER COVARDES!!
    MAS,CHEGA DE AMEAÇA ,FAÇAM !!!!

  12. GENERAL…..NÃO PASSOU PELA SUA CABECINHA QUE PODIA SER EM SINAL DE LUTO???????????????

    1. Ora, são rapazes e moças que querem se engajar em uma das muitas ondas globais de protesto. É quase como os góticos, que também adoram preto e têm tendências anarquistas. Procurar por chifre na cabeça desse cavalo é quase uma censura de comportamento, como tentar voltar ao tempo em que fiscais da moral mediam o sunga dos meninos na praia de Copacabana.

  13. Deve ser por isso que a policia não bateu em ninguém, o puxador de corda avisou que tava lá, nossa que vexame pagar uma fortuna em soldo, auxílios e tudo mais para um general ir espionar o povo se manifestar, a que nível chegou quem deveria nos proteger…

  14. Pelo que se vê, por atos e palavras, muitos do que teem assento na esplanada dos ministérios e palácio da alvorada e seu entorno, agora, agem como se Jair Bolsonaro tenha carregado a todos a década de 60 do século p.p. em um cavalo (de Tróia). Ditadura militar, plena, ao vivo e em cores.

  15. Fernando Brito, sua última frase diz tudo. Sente-se vergonha alheia do nível intelectual dos nossos militares (dividem o mundo em cores…). E eles são os que têm a melhor aposentadoria de militares do ocidente e não contribuem para a previdência nem 20% do que consomem. Consideram os brasileiros, que lhes pagam o soldo e a quem a constituição manda (manda, entenderam?) servir, como inimigos e só toleram com uma altivez doentia e injustificável aqueles que concordam com eles incondicionalmente.
    PARA QUE SERVEM OS MILITARES? PARA ENTREGAREM NOSSAS MELHORES EMPRESAS E NOSSO TERRITÓRIO PARA OS AMERICANOS? PARA TRAIREM SEU POVO? BANDO DE CANALHAS FANTASIADOS DE AZEITONAS!

  16. Chegou a hora de todo o BRASILEIRO RELATIVAMENTE ESCLARECIDO ler o O OUTONO DO PATRIARCA de um gênio da literatura latino-americana chamado GABRIEL GARCIA MARQUEZ.
    Estão lá os arquétipos de todos os nossos atuais generais e do presidente da república.
    Não deixe de ler!!!

  17. ESTICAR A CORDA, O GUEDES JÁ ESTÁ ESTICANDO O PESCOÇO FINO DO POVÃO!
    QUANDO A MISÉRIA GRASSAR POR TODOS OS CANTOS, BOM, AÍ TEREMOS GENERAIS CORRENDO EM POLVOROSA!
    ENQUANTO ISSO, O MANICÔMIO MANDA INVADIR UTIS DE COVID19
    E, A CORDINHA DA ECONOMIA……

  18. Triste né Brito? Você ter que até hj ler as páginas amareladas da óia… Não tenho mais estômago para isso, mas é teu trabalho. Te admiro muito!!! Forte abraço.

  19. é só explicar para o milico vagabundo, que o preto é do luto, por 42.000 brasileiros!
    que morreram sem necessidade

  20. É preocupante. Se uma ala dos militares, disciplinadamente, cumpre suas funções precípuas nos quarteis, não tem como se contrapor a opiniões de outros que, indisciplinadamente interferem muito além de suas limitações legais, a menos que cometam um ato de rebeldia que pode ser, de forma esperta, ser considerado motim.
    E aí, como sair desta enrascada sem fazer com que os faladores voltem as suas posições constitucionais?

  21. Existe uma diferença entre um general que se dá ao respeito e um general que só pensa em grana.

  22. na aman eles parece q pegam os piores os q nao vao refletir ou oferecer resistencia contra a lavagem cerebral com a doutrina americana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.