Bolsonaro está em guerra com todos, menos com o vírus

Bolsonaro ataca violenta e publicamente o presidente da Câmara.

Mal livrou-se de Luiz Mandetta, colocou Rodrigo Maia no posto de “inimigo da vez”

Incluiu-o com o presidente do Senado e o STF em um plano para dar um golpe e tirá-lo do governo.

Abre guerra com os governadores e prefeitos por conta da suspensão do funcionamento de comércio e das escolas.

Isolou-se da classe média, que esgoela panelas a cada minuto.

Está estigmatizado em todo o mundo.

Restaram-se parte das matilhas fanáticas e os militares cúmplices.

E seu grande aliado, o coronavírus, a quem pôde terceirizar todo o seu fracasso e, adiante, culpar Congresso e governadores pela desgraça econômica.

Por isso, seguindo a cartilha Trump, esperem nos próximos dias mais manifestações do presidente pela liberação das atividades.

E mais manifestações de grupos fascistas, pequenas e barulhentas, para manter a agitação.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

7 respostas

  1. Minha santíssima vovó perdeu a paciência até com familiares bolsominions (que ela chama de jumentos). E olha que para uma veterana do sertão nordestino perder a paciência……….é por que a coisa passou (há horas) do limite.

  2. É preciso deixar muito claro que, antes que surgisse a primeira vítima do coronavirus no Brasil, a economia já tinha ido para o saco, como testemunham todos os meios de comunicação na época. A saída brutal de todos os investimentos externos no país, a alta inédita do dólar, a notícia da persistência do pibinho, e muitos outros indicadores, já tinham acontecido. Empresários e banqueiros já tinham dado a mão à palmatória e reconhecido que seus ingentes esforços de infundir ânimo e otimismo na economia já tinham fracasso. Sim, isso será absolutamente necessário, porque a futura narrativa do Bolsonaro fatalmente incluirá mais um mentirão acerca da economia, que estaria “bombando” quando foi atingida pelo coronavirus, pelos governadores, pela Câmara, e pelo STF.

    1. Isso, inclusive, foi dito por Cesar Tralli, na globonews, logo no início da expansão do vírus. Chamando uma colega para dar suas informações, Tralli veio com esta: logo agora que a economia estava se recuperando, veio o coronavírus e pá!(fazendo gesto de quem dá uma paulada em algo), no que foi imediatamente atendido pela colega: pois é, Tralli…

  3. Bolsonaro se mostra totalmente incapaz de governar o país. Já sabíamos desde as eleições, mas parece que os golpista não.
    Mas já há pelo menos 30 dias que ele se revelou, não incapaz, mas agora uma ameaça ao país e seu povo.
    Mas o grave, grave mesmo, é que os generais de palácio e os jornalões fingem que não é assim. Vejam as manchetes do globo e da folha: comentários com críticas banais, como se tudo estivesse bem.
    O certo é que por covardia dos generais do palácio, da globo e da folha, golpistas eméritos, já passou da hora de afastar este psicopata. Estamos em guerra, o país sendo destroçado, e eles… covardes.
    Que esperam, a covardia é absoluta?
    Que desgraça.

  4. É irônico e pode parecer completamente ilógico, mas é justamente não governando, brigando com todo mundo e atiçando a matilha – uma minoria barulhenta – que Bolsonaro se mantém no cargo. Aprendeu com o conselheiro do amo, Trump, Bannon.

  5. O tragicômico de tudo isto é o Biroliro ter contado que a ABIN, chefiada por Heleno – aquele que publica o próprio CPF e RG em rede social -, anda a espionar a câmara e o STF…

  6. Brito, as últimas pesquisas não apontam que o BOZO está mal perante o eleitorado, e pior os pobres estão melhorando os índices de aprovação dele, por conta dos 600 reais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.