Bolsonaro já não governa. Foi depenado

O episódio da edição-revogação da “MP dos sem salário” é apenas mais um sintoma da deterioração do governo Jair Bolsonaro.

Já não possui autoridade nem rumo e, por mais que adorem as suas investidas contra os direitos sociais, nem a “turma da bufunfa” hard – não os novos e deslumbrados ricos – deixa de dar risadas entre si quando ele fala asneiras.

Está, sistematicamente, transformando a autoridade da República num mulambo. Nas últimas horas perdeu os recursos emprestados a São Paulo, o direito de cortar o Bolsa Família, a MP já referida e, agora, Rodrigo Maia propõe – e vai votar, a toque de caixa – a ideia de um Orçamento a Crise – ou “de Guerra”, como está sendo chamado – tirando das mãos do Executivo a iniciativa de alocação de verbas não só para as ações de saúde como – e sobretudo – o socorro financeiro a bancos e empresas para enfrentar o desastre na economia.

A ideia do Estado de Sítio não teve força para durar um dia…

Bolsonaro está se tornando o inverso da frase que teria sido dita por D. Maria Maluf quando seus “malufinhos” brigavam pelo controle da fortuna familiar: “não se depena a galinha ainda viva”.

Bolsonaro está sendo depenado vivo, muito embora anseie aparentar-se cantando de galo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

20 respostas

  1. Quem tem c….. tem medo, essa medida ia, ainda bem que ia, provocar uma catástrofe social, o povo então só teria uma saida, pular no pescoço de toda equipe bolsonara, no pescoço e não seria força de expressão.

    1. Quem sabe se pescoços de banqueiros e pescoços de gente cheirosa também, seriam separados de suas cabeças, de acordo com a história pregressa ocorrida na França. Ou na China.

  2. A MP do Véio da Havan não durou 24 horas. Infelizmente a c gada que 57 milhões de ignorantes fizeram vai continuar espalhando seu pavoroso fedor por muito mais tempo.

    1. MP preparada pelo escroque pinochetista, paulo guedes, que entregou ser ele o autor ao mentir que não estava na formulação original da MP, a provisão de suspensão de pagamentos.

    2. Isso foi idéia do Guedes e seus assessores, apoiados pelo véio da havan, o dono da madero, do assis irmão do ronaldinho, do huck, do maia. Juntaram tudo e montaram a MP e ao final disseram, se colar colou… E o esperto guedes/bosta, no final ainda retirou ao que havia tratado com os experts e retiraram a parte que caberia à União (complementar parte da renda dos sem trabalho e sem renda…), mudando para o trabalhador PODERÁ RECEBER UMA RENDA DA EMPRESA, CASO ELA QUEIRA LHE PAGAR ALGO…
      Acaba não mundão …

  3. Deve ser lembrado também que o eterno golpista Gilmar Mendes já preparou o pacote do semi-presidencialismo para formalizar a coisa toda. Ele não sossega enquanto não colocar de volta no poder a sua organização criminosa favorita, a dos tucanos corruptos. Já conseguiu temporariamente com o bandido testa de ferro Michel Temer e trabalha agora, celeremente, para repetir a dose com Rodrigo Maia, o herdeiro da assembleia geral de bandidos de Eduardo Cunha.

  4. “”“não se depena a galinha ainda viva”””…”””Bolsonaro está sendo depenado vivo, muito embora anseie aparentar-se cantando de galo.”””
    Cacildis, e o pior é que ele vai fazer um estrago danado, mais do que esta fazendo…

  5. O Guedes disse que foi um erro como se tivessem escrito errado ou esquecido uma vírgula, a verdade é que depois de ter dito semana passada que poderia cortar em 50% os salários e não houve reclamação ele foi fazer sua vontade que era acabar todos os direitos matar de fone uns trabalhadores e depois a ter sua força de trabalho transformada em escravos.

  6. Mentira desse Guedes, ele leu e releu, como ele vinha fazendo maldades com o trabalhador pensava ele que ia colar, a pressão dessa vez foi maior que a maldade

  7. Mas um tapa na cara da classe mérdia: Luis de Guindos ex ministro das finanças do ex governo de centro direita espanhol e atual vice presidente do Banco Central Europeu defende a renda mínima de emergência (traduzindo ao galaico português: bolsa família). Angela Merkel da centro direita alemã está disposta a acabar com o sacrossanto dogma do rigor fiscal e emitir coronabonus pondo coto ao famigerado o “risco país” diferença entre a taxa de juros entre os diferentes países da zona do euro (diferença que tanto mal fez aos países do sul da Europa, que tinham sido castigados com o garrote da austeridade e ao mesmo tempo com o aumento do custo de rolagem de suas dívidas, vide a tragédia da Grécia recente). Enquanto isso nossa classe de merdia está na introdução do capítulo I do neoliberalismo for dummys, filosofia (i)moral que só podia se aplicar ao comércio de escravos e a uma sociedade meritocrática como a nossa que permite a uns 10% do 1/3 da sociedade ter acesso ao que de melhor o dinheiro pode comprar e aos 2/3 restante se virar como pode. Hipócritas, moralistas sem moral e acima de tudo golpistas.

  8. Cara isso e inacreditável .esses malucos criam na calada da noite essa MP maldita e pra dar uma esmola de míseros 200 pila us35.pros nessecitados querem um PL. Isso e sadismo oh! Bolsominiom se fuderam e levou outros que nada tinha haver.otarios.

  9. Eu sinceramente não acredito que exista algo tão ruim que não possa ser piorado. Se tirar o bozó o que virá? o índio que se acha alemão pode estar costurando uma “solução final”, afinal segundo ele, o brasil não dá certo por conta dos “vícios” próprio das três principais “raças” que compõe o quadro étnico brasileiro. O problema é que ele e a turma dele é que se enquadra exatamente nos defeitos por ele mencionado. Quer dizer, o mais provável é quem não se enquadra virar alvo. Bolsonaro pelo menos está sendo democrático na hora de ferrar o povo, que tem quase três anos pra vê se toma jeito, até lá, se isso não ocorrer eu desisto e caio fora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *