Bolsonaro rosna. Mas terá dentes para dilacerar a democracia?

Jair Bolsonaro seguiu hoje com suas ameaças, dizendo que “está chegando a hora de tudo ser colocado no devido lugar”, como você pode ver no vídeo abaixo.

O que será colocado, como e em que lugar, porém, não está claro.

O presidente vai enquadrar o Judiciário e obrigá-lo a não mandar investigar os seus aliados, mesmo quando atiram rojões sobre o prédio do Supremo Tribunal Federal.

Vai impedir que se apure quem está financiando as turbas de alucinados que pregam a intervenção militar e o fechamento do STF?

Não há “medidas legais” para que possa fazê-lo, apenas um golpe de força.

Só que, para fechar o STF, fisicamente, podem bastar, como sugeriu o Filho 03, um cabo e um soldado, mas para que os dois fardados sejam mandados lá é necessário a adesão dos comandantes militares da ativa.

E aí não tem “ação pontual”, porque as coisas se precipitariam ladeira abaixo para o vale da ditadura.

Há relutância entre os oficiais da ativa, que percebem que os militares deixariam as Forças Armadas serem arrastadas para um desastre do qual sairiam estropiadas e, pior, sujeitas a serem reduzidas em tamanho e poder numa restauração democrática.

Pois é isso que se está a decidir: não é a evidente capacidade bélica de que possam dar o golpe – embora seja duvidoso que, neste caso, não tivessem que partilhar o poder com milícias e polícias – mas a capacidade política de repetir, quase seis décadas depois, um regime como o de 1964.

Jair Bolsonaro, que é apenas um bufão que se arroga herdeiro de um golpe do qual era apenas um guri – chegou a dizer, ridiculamente, que “desde os anos 70” esteve na luta armada, o que não é verdade – e que por isso sabe como o Brasil deve ser governado.

Está se conduzindo para uma situação em que terá de mostrar a força que imagina ter. Mas é um leão que mostra os dentes de outros que, ao que parece, relutam em abrir a boca.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

13 respostas

  1. Sem dúvida, terrorismo é explodir banheiros de quartel de força militar!

    Ou mandar alguem dá um jeito e invadir UTI de hospital.

    Quem assim o faz ou incita é um terrorista!

  2. A mulher pediu apoio de Bolsonaro para os que foram presos e ele respondeu isso… “tá chegando a hora de…”
    Por que Bolsonaro não fez a defesa dos seus militantes criminosos ?

  3. Tô aqui pensando? Quê adornos aqueles, e pra quê serve, do sujeito filmando com celular? Também, só mostraram a comitiva, do outro lado só tinha meia dúzia de vacas loucas.

  4. Sempre digo, deixem eles aí, a desgraça econômica apenas começou é quando aprofundar será preciso inteligência e confiança popular para tirar o Brasil da lama que o golpe nos enviou, assumam que o filho é teu tem sua cara é DNA. É previsível que a reação será sem anistia.

  5. Brito, sacanagem ilustrar o texto com o leão da Metro,que com seu rugido portentoso nos introduzia a inúmeros clássicos maravilhosos do cinema. O ex-capitão merece no máximo um miado bem frouxinho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.