Bolsonaro sabia de negócios de Wajngarten, diz O Globo

É possível que não seja apenas a estratégia de criar conflitos o que tenha feito Jair Bolsonaro insistir com a manutenção de Fábio Wajngarten na chefia da Secretaria de Comunicação da Presidência, claramente inviabilizada pela declaração do publicitário e que “explodiram-se as pontes com a mídia”.

O problema não vai ser resolvido com “cala a boca” ordenados pelo presidente aos jornalistas na porta do Alvorada.

Mais coisas vão surgir sobre ele, seu segundo na Secom e o irmão que foi colocado como “testa” da empresa.

Bela Megale, em O Globo, diz que Wajngarten comenta com seus interlocutores que o presidente da República sabia de todos os seus negócios privados com empresas de comunicação e com agências de publicidade que atendem o governo e não teria exigido, como seria ético, que o auxiliar os rompesse ou se desfizesse da empresa.

Quem conhece a praia, sabe como é perigoso um “abraço de afogado”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

8 respostas

  1. “Cristina Kirchner sabe quem matou o fiscal Nismann” ,” O governo sabendo nada fez para evitar o assas…bla,bla,bla”
    Esta foi a tática usada pela mídia entreguista de Argentina para desconstruír a imagem do governo que os incomodava.
    Como provar esta afirmação ,de que o jumento sabía?? ,”pelo domínio do fato????”.
    Terreno perigoso e que nos leva a praticar as mesmas manobras que usaram, para acabar com a Democracia no Brasil.

  2. “Cristina Kirchner sabe quem matou o fiscal Nismann” ,” O governo sabendo nada fez para evitar o assas…bla,bla,bla”
    Esta foi a tática usada pela mídia entreguista de Argentina para desconstruír a imagem do governo que os incomodava.
    Como provar esta afirmação ,de que o jumento sabía?? ,”pelo domínio do fato????”.
    Terreno perigoso e que nos leva a praticar as mesmas manobras que usaram, para acabar com a Democracia no Brasil.

  3. No meu comentário anterior já dizia que não ia ser demitido . A ” rachadinha” está pulverizada em todo o executivo . É muito arquivo vivo andando por aí . Um deles falará em breve .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *