Com 4 a 3, STF empurra julgamento para novembro

Ficou tão feio que José Carlos Dias Toffoli teve de fazer uma fala dizendo que “aqui se trabalha e trabalha muito” e que convocou umas tantas sessões extraordinárias durante o semestre.

O fato é que, sob a justificativa de uma reunião de tribunais dos países dos Brics e com apenas sete de 11 votos, foi suspenso e jogado para 6 ou 7 de novembro o julgamento da proibição da prisão obrigatória a partir da 2a. instância, ainda com recursos pendentes.

E é improvável que termine com uma só sessão, se os ministros vacilantes quiserem entregar-se à “modulação” do imodulável: o cumprimento da constituição.

Parece que existem forças dentre do STF interessadas em alimentar o clima de incerteza e polêmica e em desmoralizar o Tribunal perante a população.

Aliás, o voto de Luiz Fux, vergonhoso, procurou jogar lenha numa falsa fogueira, como se o trânsito em julgado fosse deixar à solta toda espécie de assassinos bárbaros e não existissem a prisão cautelar para dar conta destes casos, que são as exceções, não a regra.

Não há desculpas para não haver uma convocação para amanhã ou segunda à tarde, concluir o julgamento.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

23 respostas

  1. Os espertalhões Dias Toffolli, Gilmar Mendes e Celso de Mello, na vontade de ‘costurar’ uma decisão qualquer que prejudique Lula, estão brincando de jogar xadrez com o tempo e com a velha senhora Se, como fez Lewandowsky, sabiamente, tivessem registrado voto desde já, deixando-os, pelo menos, por escrito – mesmo que os lessem por horas e horas lá em novembro -, estariam certamente mais seguros agora, com a decisão consumada. Seria bom que, doravante e todo santo dia, acendessem velas para São Teori e, claro, evitassem discutir com milicianos, caminhoneiros e outros ‘juristas que tais’.

  2. Ingenuidade novamente,sr.Fernando?O senhor,que conviveu com figuras do passado recente,vítimas desse tipo de gente que pululam pelos tribunais de injustiças espalhados pelo país?Sei que esperar-se o mais justo,é um dever de pessoas como o senhor,contudo são escassas nos nossos dias.O que cabe, é saber-se que LULA livre,vai incomodar essa cambada por isso,vai continuar preso.Bom seria,importar argentinos bolivianos e chilenos,para ensinar ao nosso povo,que resistir vale a pena.

    1. Resistir não, não aguento mais isso! Chega desse papo de resistência, o negócio é enfrentar a corja toda como no Chile. Ir para as ruas e não sair mais.

  3. É pra ter pressão contra os ministros que podem votar contra a prisão em segunda instância. A criminosa gestapo do bolsonaro sua milicia digital está a todo vapor praticando ataques criminosos e incitando a violencia contra ministros do stf e pessoas contraria ao desgoverno entreguista criminoso de bolsonaro/milicos.

  4. O tofolinho e as margaridas não querem soltar o Grande LULA…Simples…E até la…os que não votaram até agora…JUÍZO…
    Não peguem avião e porra nenhuma…Vide o Teori…Simples…

  5. Não percam seu tempo com STF. Dalí não se espera mais nada que possa colocar novamente o Brasil nos trilhos de um Estado de Direito Democratico. É ilusão!

  6. A mim causa um profundo asco pessoas que assumiram diante de toda uma sociedade – que inclusive é quem paga com seus tributos os salários deles – defender a Constituição , as Leis e a justiça, fazerem de tudo para manter preso um desafeto político – presidente Lula- sem sequer ter sombra de dúvidas- até pq se ainda existissem duvidas o maravilhoso trabalho do the intercept acabou com elas – de que ele é inocente. Não se respeitam.

      1. E é aquele que tinha um general como assessor, e acredite se quiser, arrumou outro quando o que tinham empurrado nele foi para o Ministério da Defesa. Veja a reportagem do Conjur:
        “O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, escolheu um novo militar para compor o gabinete da Presidência. O general da reserva Ajax Porto Pinheiro foi convidado para ser assessor especial de Toffoli. O nome é indicação do comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, que já havia indicado o antecessor de Ajax, o general Fernando Azevedo.”

  7. Vendo tudo isso, a impressão que fica é que aguardam uma “nego$$ia$$ão” com o governo. Infelizmente parece ser a realidade.

  8. Já afirmei mais de uma vez.
    Estes vermes estão enrolando para manter o Lula preso “ad eternum” na esperança de que ele morra na prisão.
    A maioria do STF é de bandidos que recebram $$$$$$$$$$$$$$ pelo golpe.
    Não podem voltar atrás mesmo que suas reputações chafurdem na lama diante de todos os tribunais superiores do mundo.
    E foram praticamente todos colocados lá por governos do PT.

  9. Isso parece um leilão de consciências! Qual a necessidade de protelar essa decisão? Já se sabe que as fundamentações dos ministros são dignas de risadas, e beiram o grotesco. Diante da clareza do dispositivo constitucional em tela, não há como negar a desobediência do próprio Supremo diante da nossa Lei Maior! Não nos esqueçamos também que se trata do nosso “Com o Supremo, com tudo” e, assim sendo, esses ministros canalhas, que votaram contra a nossa Constituição, tentam, em vão, restaurar à própria dignidade do Supremo, que agoniza em praça pública, ao tentar continuar com o golpe e a farsa que ajudou a forjar!

  10. Curiosamente, esse ministros deu “trabalham muito ” segundo o presidente do STF, pra analisarem se os votos do impeachment começariam pelo norte ou pelo sul(debate mais inútil que eu já vi no STF), eles discutiam madrugada adentro

  11. A tal votação é algo tão estranho como votar se o “voto nulo” é nulo ou não. Mas não só é estranho, é pérfido, é criminoso. Essa laia do stf não tem autoridade para colocar em dúvida a Constituição Brasileira. Não sou jurista e nem quero ser, mas o bom senso me diz que as nações civilizadas o são, porque se estruturam sob normas invioláveis assumidas pelos seus cidadãos. O assalto a essas normas nessas nações, é punido de maneira a dissuadir futuros contraventores. Quem cuida disso? Um conjunto de cidadãos de elevada reputação. No Brasil esse conjunto de cidadãos não tem elevada reputação. O sujeito da peruca, boçal, primitivo, que diz que o legislador deve escutar o povo porque é muito bom o trust on me, o careca que trabalhou para organização criminosa e foi colocado no cargo por um bandido golpista traidor, o vigarista seboso que manipula números, informações e não passa de um escroque sem vergonha, o escarro de juiz que entrou no lugar do morto. Lixo. O Brasil só será grande quando se libertar dessa corja e do que está atrás dela..

  12. O julgamento final da 2ª instância no STF coincidindo com com o leilão da sessão onerosa do pré sal – 6 de novembro. Se liga brasileiros! o leilão se dará a entrega do butim onde governadores, acovardados e vendidos, vão levar o deles daquilo que é nosso! Ou coces acreceram em acaso?

  13. eu tava fiando no palpite do primo do collor, 7 x 4 mas parece, vendo quem falta q na melhor das hipóteses dará 6 x 5 a favor da prisão na 2a instância. E se alguém mais ‘weberar’, a ponto de mudar o resultado, correrá tb o risco de ser ‘teorizado’. Num país anormal, a pressão é proporcional

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.