Com Bolsonaro, caminho da direita segue interditado

Por mais imprecisões que tenha, pela coleta por telefone, a pesquisa Datafolha segue mostrando o quadro que, por diversas vezes, aqui se apontou: Jair Bolsonaro segue tendo forte controle do campo da direita e, aparentemente, inviabilizando as pretensões eleitorais deste campo: Sergio Moro, Luciano Huck, João Doria e quem mais tenha pretensões nesta área.

Ao mesmo tempo, os índices de rejeição (44%) e de desconfiança no presidente (46%) tornam cada vez mais difícil que se repita 2018, com o centro aderindo ao ex-capitão contra a “esquerda”.

O resultado, porém, arrisca uma retomada do radicalismo ao qual Bolsonaro deu uma “folga”desde a prisão de Fabrício Queiroz e da reação do STF a seus arroubos autoritários. Afinal, dá a ele a oportunidade de dizer que seu apoio é igual ao do início da pandemia e seu show de horrores.

Mesmo com a péssima condução do processo político-eleitoral, praticamente abdicando da disputa real das eleições municipais nas grandes metrópoles, o PT acaba se beneficiando deste impasse, porque Bolsonaro é tão grotesco que dissolve parte do antipetismo e, no quadro atual de forças, acabaria fazendo desaguar em uma candidatura de esquerda um “ele não” que se tornou mais forte.

Lógico que é muito cedo para análises mais precisas, porque ainda não sabemos o tamanho e a duração da crise sanitária e nem da crise econômica em que vamos mergulhando. Sabemos, porém, que ambas serão imensas e vão, nos próximos meses, moldar o sentimento da parcela flutuante da opinião pública.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

9 respostas

  1. Mesmo com a péssima condução do processo político-eleitoral, praticamente abdicando da disputa real das eleições municipais nas grandes metrópoles, o PT acaba se beneficiando deste impasse, Isso quer dizer o quê? Péssimo porque?
    Fala direito

    1. O PT não se interessa em participar desta “Frente ampla” do CIRO, FHC, Moro ,Çerra, Alkimin, Paulo Preto, Aecin do Pó PCC, etc e etc. O PT está na arquibancada vendo o circo pegar fogo e e dando risadas.
      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  2. Se tem crítica ao PT a fazer porque não faz com todas as letras? Quero ver vc defender Ciro Gomes. hehehe

  3. 32% de aprovação é um índice muito grande…. mesmo com todas as presepadas cometidas neste 18 meses de governo e será muito difícil vermos uma queda… dificultando ainda mais um impeachment ou cassação, na minha opinião…. o fracasso dos governos estaduais ao combate da pandemia, com os escandalos de corrpução e desvio de verba, dão força ao discurso do bolsonaro….

    1. Será que estas pesquisas fajutas, não fazem parte de um plano no sentido de ludibriar a opinião pública para o Baronato atingirem seus objetivos. Parece que sim. Vejamos : O País tá numa merda só, desemprego em massa, o povo não tem dinheiro, o povo está pendurados no Cartão de crédito e a “Foia” nos apresenta estes números. Sejamos sinceros: Estas pesquisas (a maioria) são fraudadas)
      .Quanto terá sido (%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%)

  4. É inesperado esse resultado de 32% de bom e ótimo. E logo agora, que é visível por toda parte uma mudança radical de posição por parte de quem votou nessa tragédia. É possível que seja isso mesmo e que isso já seja influência das bases do Centrão, mas esse número não se sustenta. E rezar a Ave Maria em público traz uma nova questão: de repente os católicos se tornaram mais importantes que os neo-pentecostais?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *