Covid: mortes vão passar de 400 hoje

As mortes por Covid 19, que vinham mantendo um crescimento, embora expressivo, menor que o da explosão de casos de infecção pela variante ômicron, voltaram a subir com força.

Hoje, o total deve ficar em torno de 400 óbitos registrados nas últimas 48 horas, pois apenas quatro estados que divulgaram números até agora – São Paulo (227), Rio Grande do Sul (50), Mato Grosso do Sul (14) e Minas Gerais (18) – já acumulam mais de 313 óbitos.

O quadruplo do que eram há quatro semanas.

Também lá fora, em países onde o desenvolvimento da doença provocada pela ômicron se deu mais cedo que aqui, os números espantam: a Itália registrou 468 mortes em 24 horas, a Espanha, 382 e o Reino Unido, 439, voltando a níveis que não se viam desde fevereiro passado.

É, segundo a Folha, a média semanal de mortes diárias (8.209) desde setembro do ano passado.

E continuamos, a rigor, sem fazer nada para impedir esta escalada, ao contrário, apenas reduzindo o isolamento de quem tem resultados positivos nos testes e achando que a ômicron, por ser fraquinha não mata nem incapacita pessoas.]

Ou melhor, o governo está agindo. Pela primeira vez em mais de 623 il mortes, decretou luto oficial para uma vítima da Covid, o seu “guru” Olavo de Carvalho, que achava o vírus uma “invenção comunista”.

PS. Saíram os números e foi ainda pior: 487 mortes em 24 horas

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *