Datafolha: a ilegalidade “legal” da mídia desinforma os brasileiros

Os resultados da pesquisa Datafolha sobre os vazamentos dos diálogos de Sérgio Moro e dos procuradores da Lava Jato e a suposta maioria que defenderia que é “justa” a prisão de Lula a partir de um processo ilegalmente conduzido, precisam, até que sejam divulgados os dados detalhados, com uma reserva essencial, sob pena de trabalharmos com conclusões falsas.

É que apenas 53% dos entrevistados definem-se como “bem” ou “mais ou menos” informados sobre o que foi revelado, enquanto 37% não tomaram conhecimento e mais 8% se dizem “mal informados”.

Não é exagero, portanto, dizer que quase a metade (47% das pessoas) não formou opinião por, simplesmente, ser composta de pessoas desinformadas do que se descobriu.

Bastaria isso para fazer um libelo condenatório à imprensa brasileira que, em um mês, deu tão pouco destaque à maior crise já enfrentada pela Lava Jato que, um mês depois de ter surgido, teve uma cobertura tão pouco clara e eficaz que um em cada dois brasileiros diz não saber nada ou muito pouco sobre isto.

O pouco que fez – mesmo quando se tratou dos veículos que divulgaram o atropelo da legalidade – foi sempre com a ressalva que não se criticava a lava Jato, que se defendia a operação, que ela era o “o maior golpe contra a corrupção da história”, etc e blá-blá-blá conhecidos.

Como escreveu deste blog, logo em seguida às primeiras notícias, o “Ilegal, e daí”.A hipocrisia do jornalismo ‘lavajatista’

Ou seja, que era “legal”, no sentido de bom, ainda que ilegal quanto a esta bobagem chamada devido processo legal.

Ainda assim, é preciso observar a quantas andam os números para a parcela que tomou conhecimento do caso, que vai se ampliar – e muito – à medida em que as revelações continuem e se agravem, como aconteceu com os trechos publicados pela Veja, cujos efeitos ainda não surgiram na pesquisa.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

31 respostas

  1. BOMBA!
    (O Fernando Collor de Mello também estufava o peito e dizia: “ninguém me tira daqui!”
    E lá o que havia era um Fiat Elba!)

    Folha e Veja aguardam perícia em áudios da Vaza Jato
    Blog da Cidadania

    1. Não existe termo de comparação entre os dois casos. No caso de Collor, existia um amplo apoio institucional e social para derrubá-lo. No caso de Lula e da Lavajato, justamente o contrário. A mídia ficou desde 2004 dando pau no PT em Lula e em Dilma e todas as instituições estão contra Lula e o partido. Ainda mais, não existe apoio social dos trabalhadores ao menos articulado e de rua, no sentido de defesa de Lula e seu partido.

  2. Não faz nenhum sentido que menos de um ano depois de Lula aparecer nas enquetes como o candidato a presidente favorito até para ganhar no primeiro turno seja considerado um criminoso passível de prisão por uma outra suposta “maioria” atual. Alguma coisa está muito mal lida nessa enquete de um instituto de pesquisa golpista.

    1. LULA acabou! FOI corrompido pelo poder…com provas reais!! Reconhecido no mundo todo como o grande chefe idolatrado, endeusado pela esquerda brasileira!!! E ponto!

  3. Cá entre nós . Quem imaginava que o jornalismo ia voltar ao leito da decência e da imparcialidade , está redondamente engandos . Band , folha , veja e outros , todos eles estão jogando um xadrez em cima das informações do The Intercept . A narrativa anterior não será sobrepujada pela nova , simplesmente porque eles mesmos podem derrubá la , como iniciou a folha com a pesquisa .Teremos várias outras com o mesmo perfil . ” Ele errou , com relação a Lula foi um acerto ” . Isso vai muito de encontro ao comportamento do nosso povo . ” É a famosa ” lei de Gerson ” em ação .

  4. A grande imprensa tem a mesma credibilidade que a operação que ela mesmo ajudou a colocar de pé. Zero. Se os membros da operação são os executores do crime contra a Democracia brasileira, estão longe de serem seus autores intelectuais: se for dar nomes aos bois não teria nenhuma dúvida em colocar Fernando Henrique Cardoso, seu “partido” e “sua” grande imprensa “amiga” (sócios nos silêncios) no centro desse projeto criminoso. O outro autor intelectual não tem rosto público e gosta de se apresentar como “entidade”, o Mercado, na verdade aqui o que temos são muitas caras escondidas atrás dessa “misteriosa” entidade. E disponíveis para executar o crime muitos, muitíssimos “funcionários” públicos (como os da “operação”) e privados (os membros da contra-revolução arrivista canarinha), espécie de nobreza doutoral da Bruzundanga.

    1. “O ‘mor(T)o’ caçador de corruptos” sempre foi uma farsa!
      Sim, desde o mega escândalo do Banestado sob a égide da Privataria do DEMoTucano ‘FHC Brasif’!

      $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

      A TROPA DE CHOQUE DE SERGIO MORO NO CONGRESSO É UM DESFILE DE HOMENS COM PROBLEMAS COM A LEI
      Por jornalista João Filho
      7 de Julho de 2019, 08h42

      (…)

      Fonte: https://theintercept.com/2019/07/07/a-tropa-de-choque-de-sergio-moro-no-congresso-e-um-desfile-de-homens-com-problemas-com-a-lei/
      .

  5. Isso é o que eles golpistas queriam que a maioria aprovassem a prisão de Lula. O temor que os golpistas demonstram com a soltura do homem desmente a pesquisa, ou seja, manter preso quem não representa mais perigo.

  6. eu estou começando a achar que a profecia dos idiotas, está se realizando, eles são mais numerosos. e talvez caiba a gente honesta, sair do país. pois estamos chegando a um nível inacreditável de estupidez neste país.

  7. O maior problema é que o grande capo desse golpe internacional judiciário no Brasil de hoje é o chefe da polícia. Quem irá prende-lo? Um cabo e um sargento?

  8. Reitero : A “grande mídia” brasileira se comporta como uma CADELA NO CIO para agradar a elite de MERDA !

  9. pra mim, o pig ainda vai ter que ralar muuuito pra provar que voltou a fazer jornalismo. Duvido muito que isso aconteça. Se acostumaram a vazamentos e a ter lado. Basta lembrar a d. Judite, presidente da ANJ, dizendo que a mídia é que era oposição, pq o psdb estava muito fraquinho. Agora está na situação, logo não vai mudar de posição. A propósito, quem não assistiu, sugiro o filme “The Post”, sobre o editor do Washington Post durante muito tempo, inclusive durante o caso watergate. E como o jornal e ele mesmo saíram, com dignidade, de uma fria maior que farsa jato

  10. Com uma amostragem desse tipo não há nenhuma precisão nos resultados, mas o que importa é a manchete alinhada com o pensamento conservador. Sempre foi assim no datafolha.
    A prisão de Lula e sua manutenção no cárcere foi e é respectivamente o meio de vida desse jornaleco integrante do PIG.

  11. Ando tão desalentada com o nível de blindagem desse governo corrupto e criminoso, que nem o fato de está implementado um estado policialesco no lugar da república, é notícia. Começo, por isso, a pensar que se aprovarem logo essa destruição da previdência, a blindagem pode ter chances de cair. Vejam o nível do meu desespero

  12. Nesse ponto o deputado Glauber Braga conseguiu colocar as coisas num termo popular: Moro é um juiz ladrão (sentido futebolístico).

    Pela dificuldade natural de comunicação (envolve muitas coisas de caráter técnico), mais o boicote do PIG, faz-se necessário o uso de termos mais populares. Algo também que tem apelo popular é saber porquê Moro não queria uma delação do Eduardo Cunha.

  13. A mídia vive de receita de publicidade. Quando começar o jogo do Peru, hoje à tarde, veremos os maiores patrocinadores, empresas das quais seus acionistas, donos e CEOs raramente aparecem n a mídia, quando se sabe quem são. Agora mesmo, ao adentrar na página, insistentemente, um comercial do santander que não consigo bloquear. Esses patrocinadores da mídia e do golpe seguem tendo suas atrocidades atendidas por um imbecil do qual chama de presidente.

  14. Estamos submetidos a uma ditadura disfarçada, derivada de um golpe de estado, ou não? As Leis e a Constituição têm seus dispositivos submetidos ao arbítrio do Judiciário, que participa do comando do golpe. E olhe que os golpistas ainda não lançaram mão dos instrumentos de coerção e repressão, criado no governo (?) do traíra, Michel Temer, enfeixados. agora. no Ministério da Justiça e Segurança Pública, sob comando exatamente de Sérgio Moro, que usa o poder de que dispõe, até aqui, apenas para se defender das acusações da mídia ligada a Glenn greenwald e se manter no cargo, oponentes que ameaça atacar com a Polícia Federal, que está sob suas ordens, mesmo porque a oposição e as organizações populares e dos trabalhadores não incomodam, estão esperando sabe-se lá o quê. Por enquanto, o golpe, tendo o ridículo Bozo posando de Presidente, com a responsabilidade (somente ao que se presta) de distrair os brasileiros com suas esquisitices, com sua trupe de milicianos e viúvas da ditadura de 1964, permitindo que o mercado esteja nadando de braçadas, com a bolsa de valores, a BOVESPA a mais de 100.000 pontos, o dólar nas alturas com a maior taxa real do mundo, comprando ativos do país, em direção ao estado mínimo (acabaram o “Mais Médicos”, faltam médicos, enfermeiras, professores, sendo desestruturadas as burocracias que tocam os serviços públicos em todas as áreas, inclusive as polícias federais e Forças Armadas),com a promessa nada velada de que não haverá nos próximos anos concurso público para repor quadros. Enquanto isso, o mudo do trabalho sofre com o desemprego (treze milhões), subemprego (vinte e cinco milhões) perda de direitos trabalhistas, além da Reforma da Previdência que que também tirará ainda mais direitos do trabalhador, e aumentará a contribuição, reduzindo os ganhos mensais de todos. Além disso, mais de quarenta milhões de brasileiros fora do mercado, entregues à pobreza extrema e à miséria. Até aqui, é o paroxismo do sucesso neoliberal no Brasil, que está conosco desde a década de 1990, favorecendo o grande capital (nacional e estrangeiro) e alienando nossa soberania. tudo de acordo com os EUA e no seu interesse.

    1. 57 milhões de imbecis não enxergaram o óbvio, que você expôs com clareza. avalio que a maioria deles continua tâo imbecil, preconceituosa e incapaz de analisar o que vem acontecendo quanto no dia em que votaram nesse governo de dementes e traidores entreguistas.

  15. Só para lembrar aos ministros do Supremo.

    Art 39. São crimes de responsabilidade dos Ministros do Supremo Tribunal Federal:

    1- altera, por qualquer forma, exceto por via de recurso, a decisão ou voto já proferido em sessão do Tribunal;

    2 – proferir julgamento, quando, por lei, seja suspeito na causa; (“Aha, uhu, o Fachin é nosso”)

    3 – exercer atividade político-partidária; (pertencer ao partido da Globo/Lava Jato no STF, entendeu Barroso?)

    4 – ser patentemente desidioso no cumprimento dos deveres do cargo; (“In Fux we trust”)

    5 – proceder de modo incompatível com a honra dignidade e decoro de suas funções. (apequenar o STF com medo da coluna do Merval ou notinha plantada no antagonista, certo Carminha?)

  16. Toda a chamada grande imprensa está comprometida. Não vai demorar muito e voltarão a pedir desculpas aos brasileiros, como a Globo e, agora, a Veja. Na verdade são cúmplices para desinformar a população. Tenho pena dos jornalistas de verdade que são obrigados a enfiarem a viola no saco para manter seus empregos.

  17. É difícil desacelerar o Titanic das mentiras golpistas. Isso vai acontecer aos poucos. Só em outubro, como já previmos, a verdade dos fatos ocupará lugar de destaque nas comunicações, jogando as tentativas de sustentação das mentiras para segundo plano e perdendo terreno.

  18. A grande questão, penso eu, parece que não está na pesquisa: grande parte dos entrevistados votou no Bozo e não querem reconhecer a fraude.
    Do mesmo jeito que as viúvas do Aécio saem nas ruas falando em acabar com a corrupção…. A mais pura hipocrisia.
    Na verdade, grande parte da população brasileira quer ganhar o jogo, mesmo com o jogo roubado, com assoprador, bandeirinha e Federação combinados.
    Não adianta querer verdade é inteligência num povo que vota no Bozo.

  19. Que Pesquiza … mas Esquiza… Como está na moda o Falso, deve ter tanta credibilidade quanto fakes Multiples

  20. Ótima análise. A midia sempre foi parte importante no controle social no Brasil, desde sempre. Explica-se porque o vazador da vaza-jato não escolheu nenhuma midia nacional. Falta de confiança.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.