Datafolha: para 72% economia vai piorar. Vai. Mais. Muito

sitecojun

Não há nenhuma surpresa, claro, no fato do Datafolha ter registrado um aumento acelerado na deterioração da expectativas da população quanto à situação econômica.

A “ponte para o futuro” já nos mostrou para qual futuro pretendeu dar passagem, como nos versos de Lupicínio Rodrigues, deixando o céu por escuro e indo ao inferno à procura de luz.

Há várias razões para crer que este processo de perda de confiança vai se agravar, mais ainda e muito mais.

O cenário externo, sobretudo a alta dos juros americanos, drenando de volta capitais do mundo inteiro ainda não desatou a tempestade financeira nos mercados, mas há poucas dúvidas de que logo vai fazê-lo.

Aqui, o grau de desemprego, a interrupção – senão a reversão – da queda das taxas de juros, a paralisação dos investimentos públicos e a supressão do crédito para infraestrutura só prenunciam uma paralisia maior dos agentes econômicos.

A tal “candidatura de centro” não apareceu, dela ninguém sabe, a ela ninguém viu.

Dias atrás, escreveu-se aqui que a crise econômica brasileira  “é uma crise de Estado e só pode ser resolvida por homens de Estado”.

Não os temos no momento, exceto um, excluído do processo político e preso em Curitiba, a Bastilha dos nossos senhores feudais, os que não têm para o Brasil senão o projeto do atraso, da colônia e da pobreza.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

23 respostas

  1. Nenhuma revolta, rebelião ou revolução acontece se o povo não sentir a água na altura do queixo. A mídia produziu artificialmente numa multidão de midiotas esta sensação, a de que o país estava à beira do abismo e os manifestoches fizeram aquele papel ridículo e infame nas alegres tardes de domingo com metrô franqueado e futebol adiado… Agora, o melhor que pode nos acontecer é que a situação piore cada vez mais e que a seleção de “estrangeiros” que representa o brazil paneleiro na copa do mundo seja eliminada o quanto antes para que os serviçais da plutocracia não tenham com o que tapear o povo.

    1. O sentimento de ridículo é tão latente que quase não vejo ninguém com camisas da seleção. Copa era uma época para deixar as desavenças meio que de lado e entrar de cabeça na paixão nacional pelo futebol. Mas o GOLPE foi tão absurdo que a própria CBF chamou o lobbysta Dória pra representar a selecinha na Copa América do Chile de 2015, na onda dos manifestoches. Agora não tem o que reclamar de “azar” se quase ninguém de espectro político algum tem coragem para vestir aquela camisa amarela que, infelizmente, virou sinônimo de vergonha político-social.

      1. Eu aindei vendo algumas pessoas, poucas, usando camisetas piratas da cbf (a original está custando os olhos da cara) ou aquelas camisetas baratas inspiradas na camiseta da cbf. Passo por ruas da periferia e vi algumas até enfeitadas, sobretudo onde existem bares que usarão as transmissões dos jogos como chamariz para atrair clientes. Me dá uma sensação de asco, de nojo enorme. De cada pessoa que vi vestindo uma camiseta “canarinho”, só consegui pensar: “Aí vai um tonto!” Incrível o nojo que nasceu em mim por todos os símbolos nacionais associados ao golpe e à “elite branca” que restaurou a velha república.

        1. Pois é. Eu não visto mais. Mas mandei fazer malha de algodão com o escudo da CBD costurado para crianças vestirem, afinal elas ainda tem tempo de viver um pouco de sonho. Mas sem gastar essa grana preta com porra de nike e cbf.

          1. Na última Copa, eu até me animei embora não seja louca por futebol. Fui a barzinhos locais aqui da cidade do interior de SP onde moro, curti e torci, até usei camisetas “customizadas”, não a da CBF mas algumas “verde-amarelices” divertidas, com brincos iguais, etc. Agora não vejo mais qualquer sentido nisso. Alguns bares e restaurantes aqui vão tentar repetir o “sucesso” e já estão enfeitando suas instalações para atrair clientes mas a cidade como um todo não mostra nem um terço do entusiasmo de 2014. Sinto por meus netos, que não entendem o que acontece e querem torcer pela seleção, compor álbuns de figurinhas, etc. Uma alegria ingênua que nós, adultos, compreendemos e apoiamos mas não conseguimos mais compartilhar.

        2. Será que só eu estou vendo coisas ou a Globo está colocando filtro nas chamadas da própria Globo, onde aparecem torcedores com camisa da CBF em tons mais escuros. (não as publicidades de patrocinadores mas as da própria Globo)

    2. Assisti um noticiário pela madrugada do SBT fazendo loas à ” retomada” ….Essa mídia vendida e bandida faz muito mal ao país.

    3. Concordo.
      Mas lembro que isso ocorre na Matriz dos Manifestoches.
      Lá a população é tão ou mais amorfo ainda. E nem o Occupy Wall Street alterou isso, o contrário. Wall Street assumiu tudo, principalmente, a capital da distração do mundo, Hollywood.
      Como nossa elite não tem vergonha na cara, seguimos ladeira à baixo com o líder.

      P.S.: Estou vendo coisas ou agora todos os filmes tem protagonistas fumantes. Além de, óbvio, carros, armas, bebidas e cassinos.

      1. A indústria do tabaco patrocina a Netflix. Duas coisas comuns nas séries da empresa americana. A bandeira dos EUA e personagens fumando

      2. Você fez a leitura correta. Todos os filmes tem personagens fumantes. Comento com frequência entre os conhecidos.

    4. QUER REVERTER O QUADRO? BASTA RESPONDER A PERGUNTA QUE BOTA O MORO ESCONDIDO NA EMBAIXADA DA PÁTRIA DELE E SEPULTA O GOLPE: ONDE ELES ESCONDERAM O EDUARDO CUNHA?

  2. Miriam Leitão, que na TV sempre lembrou-me aquele cãozinho depressivo do desenho “Droopi”, agora, mais do que nunca, vai ter que virar animadora de programa infantil para defender o “grande legado” do golpe.

  3. os dados econômicos revelam as paredes do abismo que jogaram o Brasil.. em breve virão atrás do Lula para conter o derretimento do país e a revolta do povo.. e é aí que eu acho que o Lula não deve contemporizar.. essas eleições em OUT/18 estão COMPLETAMENTE comprometidas.. não adianta nada Lula eleito presidente com um congresso pior do que o atual (que já é uma aberração).. a ganância e a burrice dos invasores destruíram estruturas, instituições, não adianta só eleger o Lula.. no mínimo é necessário uma Assembleia Nacional Constituinte.. muito bem vindo também um tribunal de exceção e o fuzilamento de todos os que traíram a nação, arresto de bens e por aí vai..

    1. Na mosca! Quero a Globo, Record, SBT, Bandeirantes no ar com novos donos. Aí, elas mostrarão os ex-donos na primeira fila do paredón dos traidores.
      Nada de entregar as TVs para gringos. Chega de tudo nas mãos de estrangeiros.

  4. Vai piorar e vai explodir. A aposta agora é se vai explodir antes das eleições, ou se vai aguentar chegar até lá. O que é que estão tentando fazer? Estão tentando transformar com urgência atropelada e sem qualquer licença democrática para tanto, um gigante de economia mista em um pigmeu neoliberal azumbizado, só para fazer a vontade de meia dúzia de meias dúzias que sofrem de obesidade financeira mórbida. É como tentar enfiar um elefante em uma casinha de cachorro. Vai explodir tudo.

  5. O futuro é o do pretérito. Não há horizonte, só trevas. A única saída está travada. Sem Lula, só uma rebelião popular, que nem se longe somos capazes de fazer. Portanto eles nos levarão ladeira a baixo. O consolo é que nós iremos à força, enquanto eles de consciência pesada, como guia.

  6. O economia surgiu da filosofia e por isso, quando uma população é forçada a se transformar institucionalmente numa sociedade vira-lata, roubada, desprezada, habitando uma república bananeira sem nenhum futuro e muito menos soberania a previsão á uma só – o caos permanente.
    Segundo Oscar Wilde : “O pessimista é uma pessoa que, podendo escolher entre dois males, prefere ambos”, esse é o quadro econômico para os brasileiros, caso essa corja continue seus desatinos.
    #LulaLivre

  7. Hilário é ver que até a Miriam Leitão admite isso. Cadê a “recuperação econômica”?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.