“Declaração de guerra” bolsonarista a Maia é jogo de cena

O líder do Governo na Câmara representa -perdoem o pleonasmo – o governo. E o governo, num sistema presidencialista – perdoem, de novo – é a vontade do Presidente. Como o presidente é – mais perdões – Jair Bolsonaro, é possível dizer que aquilo que diz o líder do governo é o que o Bolsonaro quer.

Assim, a notícia de que “líder do governo diz que vota MPs nesta semana”, publicada por Tales Faria, em seu blog no UOL, pode, sem qualquer exagero, ser interpretada como um ataque de Jair Bolsonaro a autoridade de Rodrigo Maia e ao “centrão”.

Como há absoluta certeza numérica de que não há força para fazer vitorioso este ataque, é obvio que a declaração do insípido líder Major Vitor Hugo se destina apenas impressionar a opinião pública.

O governo Bolsonaro, à toda evidência, começa a montar a estratégia do “eu tentei, mas eles não deixaram” como forma de reduzir os danos de imagem do aprofundamento da crise em que o país se meteu.

Não há possibilidade de se votar nada sem a anuência de Rodrigo Maia, que só volta amanhã à noite de uma viagem aos EUA. Tudo se destina a manter o estado de “excitação permanente” nas falanges.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

8 respostas

  1. O Tsunami , a previdência , o Coaf , a lei anti crime de Moro : Tudo ligado e entrelaçado , nas mãos do botafogo , há tempo , até o sogrão está pendurado nele . Somando se as milícias presidenciais e outras a carga de botafogo é de botar fogo no Brasil .

    1. Maia irá em frente. Se der Moro, não haverá nenhuma esperança de solução política do descalabro.

    2. E aí o Ursinho Pooh foi para o Zestadozunidus. Foi comprar outro potinho de mel e aproveitou para colher mais instruções? Sim, porque os gringos, a esta altura, já estão cansados de saber que deu chabu e querem abrir outra rota.

  2. Enquanto isso, neste momento (15:45 hs), Temer e o Cel. Lima já tem os votos suficientes para saírem da cadeia. Mais uma cortina de fumaça que se apagou.

  3. Estamos num parlamentarismo velado? O congresso ajudando a governar? Isso vai durar 4 anos?

  4. É MUITO FODA!!! UM VIAJANDO PARA OS U.S.A. EM HOTEL BOM, EU AQUI DESEMPREGADO SEM PERSPECTIVAS DE EMPREGO, SEM ESPERANÇA E COM MEDO E DESANIMADO.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.