Diário de bordo: Alckmin não vai, Bolsonaro fica e Lula/Haddad irão

A “decolagem” do tucano Geraldo Alckmin parece, cada vez mais, com a “retomada do crescimento” de Michel Temer.

Era certa, viria, estava chegando, coisa de semanas e…

Hoje, quinta-feira, campeava o desânimo entre os estrategos de Alckmin, segundo registram os jornais.

Aliás, não só lá. No mercado financeiro, diz o Valor, a onda negativa também é sentida:

A piora na percepção de risco foi alimentada por informações de que o candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, pode ser alvo de denúncias no âmbito jurídico. As acusações não representam risco iminente de impugnação da candidatura do tucano, mas elevam a preocupação com o desgaste de sua imagem numa disputa presidencial tão aberta como esta”.

Sim, houve o depoimento de Alckmin ao Ministério Público e a denúncia que Verônica, filha de José Serra, operava uma conta no exterior para o recebimento de propinas, mas o baque sentido foi mesmo a entrevista ‘muy amiga” de Michel Temer à Folha,  na qual este abre os braços para dar o abraço de afogado ao tucano.

Ser exposto em praça pública como o candidato do Governo Temer vai ser o desastre que ocupará o final de semana dos marqueteiros que lhes ensaiam as respostas ao questionamentos nos debates e, francamente, é difícil encontrar uma resposta minimamente  desgastante para u que lhe será feito.

Tanto é assim que Ciro Gomes, depois da tentativa frustrada de atrair o Centrão, já chama de “ganhar na Loto” a frase maquiavélica de Temer sobre o ex-governador. Ciro, porém, deve tomar cuidado, pois é o único que pode dar uma saída a Alckmin, porque é fácil a resposta a ele, que andou cortejando os partidos da base do Governo Temer e escancara a possibilidade de receber o “toco”: “você está falando isso porque eu tenho o apoio dos partidos que você cortejou, cortejou e lhe deram um não”.

O processo sucessório continua nas mãos de Lula, e não por sua vontade.

Tal como o Chuchu não inflou, conforme diziam os “sábios”, também Bolsonaro não murchou, Segue em torno dos 20% e só não será um novo Collor –  que teve, no primeiro turno,  perto de um terço dos votos –   porque, no povão e no Nordeste há uma força sólida a ocupar o espaço: Lula.

O TSE está num dilema: se decreta, logo, sua inelegibilidade, abre espaço para que o “lançamento” de Fernando Haddad aproveite todo o tempo de televisão do PT e dê início ao processo de transferência de votos que, de cara, já levará o substituto de Lula no mínimo ao segundo lugar nas pesquisas e, com isso, a ser a grande novidade de uma sucessão onde o que faltam são novidades.

Se protela a decisão, não terá como impedir a aparição de Lula na TV, uma situação para a qual não há nenhuma capacidade de prever-se o efeito, salvo o fato de que será o maior de todos os acontecimentos da eleição.

Seja como for, a circulação espontânea da informação  funcionará quase que como um sistema de vasos comunicantes na formação da opinião popular, que vai deixar à margem do rio todas as quinquilharias que políticos, intelectuais elitistas e donos da mídia enchem a boca para fazer parecerem verdade.

Lula o compreendeu, eles, não.

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

35 respostas

  1. :: * * * * 04:13 * * * * .:. Ouvindo As Vozes do Bra??S??il e postando: Poesia contra a distopia (Distopia = Ideia ou descrição de um país ou de uma sociedade imaginários (!??!!!????) em que tudo está organizado de uma forma opressiva, assustadora ou totalitária, por oposição à utopia.)…

    A cantoria para o candidato de Lula

    ter, 14/08/2018 – 21:43
    Atualizado em 15/08/2018 – 07:31

    Por Edson Nunes Oliveira, em um comentário no Youtube da TV GGN

    Eu voto num cambito
    Num jegue, num passarinho
    Num burro, num porco espinho
    Numa cabra ou num cabrito
    Em alguém “fei” ou bonito
    Num rato, peba, ou preá
    Voto num lobo guará
    Quer Moro goste ou não goste
    Eu voto até num poste
    Se Luiz Inácio mandar

    Eu juro aqui de pé junto
    Que voto num caçuá
    Num balaio, num landuá
    Votaria num defunto
    Pra não sair do assunto
    Votaria num gambá
    Tubarão, tamanduá
    Num hiato ou num ditongo
    Eu voto num pernilongo
    Se Luiz Inácio mandar

    Não adianta revista
    Nem manchete de jornal
    Mercado, nem capital
    Nem banqueiro nem rentista,
    Que saiba antagonista
    Não adianta algemar
    Nem prender, nem difamar
    Nem colocá-lo em berlinda
    Voto boneco de Olinda
    Se Luiz Inácio mandar.?
    .:.
    ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ?
    * * * * * * * * * * * * *
    ? ? ? ? * * * *
    Por uma verdadeira e justa Ley de Medios Já pra antonti (anteontem. Eu muito avisei…) ! ! ! ! Lul(inh)a Paz e Amor (mas sem contemporizações indevidas, ou seja : SEM VASELINA) 2018 neles/as (que já PERDERAM,
    tomaram DE QUATRO nas 4 mais recentes eleições presidenciais no BraSil) ! ! ! ! !
    * * * * ? ? ? ?
    * * * * * * * * * * * * *
    ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ?
    ????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????
    :: ????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????
    ::

  2. Prezado Fernando, Teu site no meu computador, tem aparecido como não seguro no endereço. Já perçebi também que está muito lento, não sei se é pela quantidade de anunçiantes que apareçem e voçe nem autorizou. Seria bom çonsultar alguém que entedesse do assunto, pois pode estar rackeado. Abraço.

  3. Ontem, no clube em que frequento aqui em Porto Alegre, deparei-me numa roda de conversas com “colegas” quase todos eufóricos com o bosta naro em 2º nas pesquisas e me perguntaram para quem votaria. Respondi: Lula ou Haddad, foi como se um terremoto explodisse no bar do clube. Quase fui linchado verbalmente por “amigos” quando disse que voto em “centro-esquerda” e que jamais votaria num dinossauro mental como a horrenda figura. E perguntei-lhes se conhecem, mesmo de forma parcial, todos os cantos do Brasil, onde a pobreza e miséria ainda imperam. Por questões profissionais, já estive em todos os estados do norte/nordeste e sei bem como é a realidade desse povo sofrido. Resume-se nessa conversa de bar a real visão do Brasil. Uns achando que basta o país ser país para 15% da população. Os outros 85% que se lasquem. Isso ainda dá, até a corda da represa romper……….daí…..é a força descomunal das águas que determinará tudo.

    1. Passei por isso no meu trampo, um lugar elitizado e cheio de moralistas sem moral e sonegadores. Agora nenhum deles falam em politica comigo por perto, pois não sou bobo e tenho argumentação. Ficam constrangidos.

    2. O curioso é esse pessoal achar que a realidade da amostragem de votos do seu próprio quintal é a realidade do Brasil. Então, se não der Bolsonaro, pra eles é fraude, pois não têm capacidade de olhar para além do próprio umbigo. Norte e Nordeste não existem pra eles e depois se assustam com os resultados.

      1. Olha, te falo que mesmo aqui em Sumpaulo, lá nas periferias e nas quebradas, a pobreza é gigantesca. Há milhões de pessoas morando em condições sub-humanas. Mas para uma parte da classe média, essas pessoas não existem.

  4. Há mais de dois anos comento neste Tijolaço que a direita golpista, oligárquica, plutocrata, escravocrata, cleptocrata, privatista e entreguista NÃO conseguiria forjar NENHUM candidato em que se pudesse colar o rótulo de “novo”. Eu disse mais: afirmei que o máximo que essa direita conseguiria era o “picolé-de-chuchu”, o opus dei Geraldo Alckmin. Não deu outra. O candidato do sistema é Geraldo Alckmin.

    A besta nazifascista Jair Bolsonaro foi cevada para ser o adversário “ideal” a ser batido num 2º turno. Se necessário, os togados do STF farão andar contra o ex militar bunda-suja os dois processos em que ele é réu nessa côrte. Sem escrúpulos o empresariado escravocrata de Pindorama, assim como nos tempos de OBAN, aceita se juntar a Bolsonaro. Mas o mesmo não se diga da alta finança nacional e internacional, que está/ão forçando a barra e tentando emplacar o “plano B”, Fernando Haddad. Isso quer dizer que além de ter Geraldo Alckmin como candidato oficial, os golpistas, ao perseguirem e tentarem alijar o Ex-Presidente Lula da disputa presidencial, cuidaram também de infiltrar um candidato seu, “do mercado”, com o aval da máfia burocrático-jurídico-judicial que seqüestrou o outrora Partido dos Trabalhadores e que conspirou para que Lula fosse preso, coagido, chantageado, ameaçado e mantido preso político incomunicável numa solitária curitibana.

    Jair Bolsonaro não tem capacidade, postura e discurso de candidato que pretenda vencer uma eleição que já se mostra farsesca e fraudulenta desde o início deste ano, ao se impedir que o candidato preferido pela maioria dos brasileiros, O Ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, possa dela participar. A Bolsonaro não foi permitido ampliar o tempo de propaganda eleitoral nem ter como candidato a vice alguém com carreira política. O boquirroto e criminoso Hamilton Mourão, general da reserva que compõe a chapa bolso-nazista, não agrega NADA à candidatura do ex-capitão, que há 28 anos foi convidado a deixar o exército, por indisciplina e planejamento de atentado terrorista (para explodir a adutora que abastece o Rio de Janeiro). Não dá para confiar nas “pesquisas” que apontam Bolsonaro com inabaláveis índices de intenção de votos superiores a 15%.

    Todo o circo farsesco e fraudulento dessas eleições tuteladas pela ditadura da toga (submissa e subserviente ao Deep State estadunidense) está preparado para que nesses 45 dias de campanha, sobretudo a partir do próximo dia 31 (com a propaganda eleitoral no rádio e na televisão), o candidato oficial do golpe, Geraldo Alckmin, tenha uma “excepcional arrancada na reta final”, deixando desidratada a candidatura da dupla nazifascista dos coturnos. Mais do que isso, ao impor como candidato do PT esse que é uma mistura de Emannuel Macron tupiniquim e Michel Temer, ou seja, Fernando Haddad, os golpistas parecem ter negociado com a máfia burocrático-jurídico-judicial que seqüestrou o PT e aniquilou e prendeu o Ex-Presidente Lula, a derrota (pra a Esquerda) que legitimará o golpe de Estado, o desmonte, a privatifaria e o entreguismo, já em curso mesmo antes da destituição da Presidente Dilma Rousseff.

    Neste momento é bom ficar claro que, ao postular e registrar candidatura ao Senado por MG, Dilma Rousseff renunciou ao cargo de Presidenta da República e legitimou o golpe midiático-policial-judicial-parlamentar que a destituiu do cargo em maio/agosto de 2016. Com isso o PT e a Esquerda perdem o argumento de propor Referendum Revogatório contra as medidas legislativas e executivas postas em prática após maio de 2016. A agora Ex-Presidenta da República, Dilma Vana Rousseff, que anda a tiracolo com o laranja-podre, o quinta-coluna-mor, José Eduardo Cardozo, deve muitas explicações as seus eleitores e a todos os brasileiros que defendem a democracia e a soberania brasileira. Ela é refém de Cardozo, dos quinta-colunas, da milicalha e dos agentes do Deep State estadunidense? Ela negociou com os golpistas a manutenção dos direitos políticos e a possibilidade de voltar a à cena política, candidatando-se a senadora, aceitando entregar a cabeça do Ex-Presidente Lula numa bandeja?

    De concreto o que temos é o PT seqüestrado por uma máfia, uma burocracia jurídico-judicial que se adonou do comando nacional da legenda. Essa máfia parece ter sido plantada com orientação do Deep State estadunidense, além da direita oligárquica e plutocrata tupiniquim em sua ala jurídica. Para preservar o PT e a Esquerda, as bases e militâncias evitaram, por 15 anos, tornar pública essa luta intestina. Mas neste momento é preciso tornar público esse desmonte e essa auto-destruição imposta ao partido por células infiltradas que tomaram a direção nacional do partido. Qualquer “plano B”, de bastardo, de bola nas costas, será a pá de cal nesse que foi o maior partido de esquerda da América Latina. Sem Lula na cabeça de chapa, disputando os dois turnos eleição, o PT e a Esquerda brasileira estão mortos.

  5. A decolagem do tucano, assim como a retomada do crescimento só existe na cabeça de energúmenos do P.I.G.
    Pato engana trouxa…

  6. Ciro Gomes nunca tentou “atrair o centrão”, foi convidado pelos representantes do mesmo para discutir alianças e o fez em local público, diferente do PT que se encontra com golpistas as escondidas como o flagra do Jorge Viana (PT) em Dubai com Eunício (MDB) e Anastasia (PSDB) https://youtu.be/3R3rzf8ODAg

  7. Uma ala desesperada dos filo-golpistas, vendo desabar a tenda alckmínica, está tentando migrar para o arraial do Ciro elogiando ao máximo seu plano de tirar milhões de nomes do SPC. Cabe dizer que esta proposta está no plano do Haddad desde o início, ou seja, na determinação de recuperar e desenvolver a capacidade de crédito da população. Um problema complexo, estreitamente ligado à recuperação dos empregos, por sua vez ligado à retomada do investimento público e a uma completa revisão da fracassada Reforma do Trabalho. Coisas que cheiram a alho e crucifixo para vampiros golpistas.

    1. Mostre onde está no plano do Haddad a proposta específica do Ciro. No plano do Haddad também tem auditoria da dívida ou o PT vai continuar fingindo que dívida pública não existe?

  8. Só que aí me aparecem ciristas que, ao invés de investir no enfraquecimento do Alckmin e na palidez da Marina, resolvem se motivar batendo no Haddad, tentando promover a cizânia com o papinho furado de que Haddad é tucano. Na boa, cirista ressentido não aprende?! Vai ficar dando murro em ponta de faca?! Assumam seus erros.

    LULÃO-HADDAD-MANU

    1. Olha quem fala para os outros assumirem erros… Algum apoiador do partido que mais errou nos 13 anos que foi governo, aliando-se ou fazendo vista grossa a todo tipo de podridão dos aliados em nome de uma pretensa “governabilidade”… Olhem seu rabo primeiro (é bem grande), petezada, antes de olharem o rabo dos outros…

      1. Ciro estava abraçado com o “centrão da extrema-direita”, não tem qualquer moral para falar das coligações que o PT foi obrigado a fazer porque o povo retardado, que segue pato amarelo, que vota em traidores como Marina, Marta, Cristovan, Romário, Tiririca… cisma em eleger. O importante é que o PT fez os melhores governos possíveis e a retirada dos petistas do governo provou que eles é que faziam a diferença. O Brasil sem o PT é uma desgraça só.

    2. Nem todos aí são ciristas. Na seção de comentários do 247 e afins, tem um monte de perfis que são figurinhas tarimbadas petistas e que, no anúncio de Haddad, se opuseram e passaram a falar que ele era tucano

  9. Votei no PT desde 2002, mas não voto mais nem com reza braba, pois o jogo sujo que fizeram com Ciro mostrou exatamente o que é o PT… Não votarei em POSTE do PT novamente, agora é só #Ciro12. Se der Bozo e Haddad no 2o turno, voto Bozo só de sacanagem…

    1. Quem sacaneou Ciro foi ele próprio, falando uma m… a cada três palavras sobre o PT. Vcs ciristas são muito engraçados e vitimizados. Você deveria ter criticado seu candidato quando ele começou a descer o pau no PT, em Lula e em Dilma. Onde ele pensava que ía conseguir voto esculhambando o PT? Na direita?
      Isso, vota no Bozo, Bozonaro, que aí mesmo é que vc vai ver o que o Brasil vai virar. Espero que repense isso.
      Vou te dizer. Apesar de todas as patinadas de Ciro, se caísse, por milagre, ele contra Bolsonaro, Alckmin, Meirelles, Alvaro ou Marina eu votaria no Ciro com certeza, porque o Brasil está acima de tudo para mim e destes ele seria a melhor opção. Não tenho estas picuinhas políticas. Enxergo bem mais adiante e penso no povo.
      Haddad pode parecer um poste para você, mas entre ele os outros 5, tirando fora Ciro e Boulos, ele é a esperança do Brasil.

      1. Hoje, já não tenho qualquer dúvida, Haddad é bem melhor que Ciro e, levando em conta Manoela e o PC do B, a chapa de LULA é imbatível.

    2. … Tá brabo de escrever no Tijolaço, mano. A gente manda a mensagem sem nenhum palavrão, nenhum insulto, nada e mensagem cai no crivo? Por que isso? Escrevo aqui há 5 anos e nunca foi assim.

      1. Eu nunca escrevi aqui,mas aprecio muito os textos do jornalista Fernando Britto q chegam ao 247,onde costumo comentar,pois lå,até agora,nåo teve e espero q evite chegar a isso,essa censura puritana,por exemplo.

        Jå no DCM,onde ia sempre e comecei a comentar,depois q escrevi algo assim…. « agora esse canalha( era um desses do judiciårio,né?) vai levar no rabo…”,me censuraram e tudo o que escrevi lå,qualquer coisa,nåo passa mais????

        Ok! Fico sem ir lå,embora goste dos textos ????

        1. Sigo o Tijolaço há 5 anos. E sou grande admirador. Sempre que leio textos dele no 247, clico no seu próprio site para ajudar.
          Lá no DCM de vez em quando caio no censor também. Mas depois eles liberam.
          Só que esse depois é horas e aí a mensagem perde o timing. Percebi realmente tua ausência lá.
          Eu entendo que eles estão fazendo isso para evitar os excessos da fascistada, que certamente acontecerão.
          O negócio é a gente, que é mais esquentado, dar uma maneirada no palavreado. Rsrs.
          Abraço .

      2. E entåo,os redatores querem q nós,diante dessa tragédia toda q os golpistas fizeram e eståo fazendo com o país,escrevamos como se nåo estivéssemos até o topete de raiva??
        Ao meu ver,deve-se evitar insultar de forma cabeluda os colegas leitores,q comentam juntos,mas chamar essas criaturas,principalmente do judiciårio,TODO,de patifes,pilantras,canalhas,se tornou normal e merecido.
        Se forem bloquear todos q o fazem,vai esvaziar e muito os blogs e que tais.

        1. Estou evitando até estes termos , mas mesmo assim todos os meus comentários caem na censura.
          Acontece contigo também?

    3. Eu cheguei a pensar em votar em Ciro, com o indefinição do PT, que parecia suicida, mas depois eu percebi que as estratégia de Lula era correta e que Ciro vinha se mostrado meio bipolar. Ele fala bem e mal de Lula a depender do interlocutor. É no mínimo estranho este comportamento dele, apesar de ser um cara muito capaz. Se o PT escolhesse ele, votaria sem dúvida. Mas acho que Lula o conhece melhor que nós.
      Ciro, só no caso de 2o turno. Agora é Haddad.

  10. Assim como a globo vcs distorcem os fato!
    Ciro não procurou o centrão! Como ele falou o aluado natural deles(centrão) era Geraldo, foi procurado e participou de uma reunião com conversas republicanas!
    Acho eu q aluado natural do centrão não e o geraldo, mas sim o pt, como a alianca petista com golpistas em “15” estados demonstra!

  11. De novo. Outra mensagem normal e caí na censura de novo. Qual é o problema com minhas mensagens?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *