A direita tucana joga a toalha

garra

Tem som de réquiem, aqueles cantos e preces que se destinam aos mortos, a coluna de hoje na Folha do ex- pit bull Reinaldo Azevedo, transmitindo a sensação de que o “centro” político, aquele em que ele, Fernando Hnerique e boa parte da direita clean brasileira – e nem tão clean, porque  se emporcalhou com o golpismo – jogou definitivamente a toalha nas eleições presidenciais.

Ao afirmar que “amplos setores do MPF e da PF têm seu candidato à Presidência: Jair Bolsonaro”, ele assume o que já havia visto a esquerda que não se turvou com o udenismo de R$ 1,99 da nossa mídia, que a Lava Jato é parte de um projeto antidemocrático e autoritário:

Observem que os alvos da operação são as principais lideranças que governaram o país desde a redemocratização. Atenção! Nesse grupo, incluo o próprio Lula porque, ideologicamente, ele é bem mais amplo do que o PT. (…) Gente que conhece o MPF por dentro e pelo avesso assegura que os Torquemadas torcem é por Bolsonaro. Li trocas de mensagens de grupos do WhatsApp que são do balacobaco. E assim é não porque os senhores procuradores comunguem de sua visão de mundo –a maioria o despreza–, mas porque veem nele a chance de fazer ruir o “mecanismo”, que estaria “podre”.

Este fenômeno, que em Biologia chamar-se-ia mutalismo, quando dois seres distintos se beneficiam do convívio vale, claro, até a destruição da democracia e das liberdades. Depois, claro, um devorará o outro e o próprio colunista diz que os lavajateiros “estão cavando seu próprio fim como força interventora na política”.

Se isto não for evitado – e até Azevedo sabe que em eleições livres e amplas, que o PT  “venceria a eleição se Lula fosse o candidato” – as consequências para o país serão terríveis, com a eternização de uma situação de crise, esgarçada pelo crescente ódio social.

Será, portanto, legítimo e necessário que se usem de todos os mecansmos legais e políticos – e com compromissosclara e previamente definidos – que qualquer candidatura popular , para enfrentar o quadro eleitoral forjado pelo casuísmo autoritário, diga claramente à população que, vencedora, irá se abrir a governar como quem governaria se não estivéssemos vivendo eleições onde a extrema direita autoritária se levanta por força de uma ação do quisto judicial que muitos cevaram.

Reinaldo Azevedo, entre outros.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

54 respostas

  1. Para quem tinha alguma dúvida do papel político partidário da Lava jato, leia-se Polícia Federal, Ministério Público e parte substancial do Judiciário “com Supremo e tudo”. #LavaJatoBolsonou

      1. O presidente da Turquia, Recep Erdogan, um grande estadista que defende com unhas e dentes os interesses de seu país e que por isso é considerado pela imprensa conservadora ocidental como “truculento” e de “métodos ditatoriais”, foi avisado pela Rússia (outro país estigmatizado pela mesma imprensa) de que seria vítima de um golpe de estado patrocinado pelos Estados Unidos. Ele bolou e efetivou uma reação que incluiu repressão sobre os dois focos golpistas: O militar e o do judiciário. Como se vê, usar o judiciário para golpes é hoje uma coqueluche global. No militar, Erdogan fez uma varredura em regra na qual mandou prender inúmeros oficiais. E no judiciário, mandou prender 2.700 pessoas, entre juízes e procuradores. https://exame.abril.com.br/mundo/autoridades-turcas-ordenam-prisao-de-2-745-juizes-e-promotores-apos-golpe/ 2.700 juízes e procuradores golpistas foram presos! O povo foi para as ruas para apoiá-lo. Em um ato de profundo respeito ao Brasil, Erdogan avisou à presidente Dilma por telefone de que estava em andamento um golpe contra ela, semelhante àquele que ele decepou. Mas ela considerou que isso era uma absurda teoria da conspiração.

        1. Pois é, ela foi avisada e todos nós prevíamos o que iria acontecer. Infelizmente para nós e para ela, ela reconheceu muito tarde seus erros e sua estratégia estúpida de manter a frente do Ministério da Justiça o imbecil do José Eduardo Cardoso. Aquele idiota devia ser enviado para um gulag na Sibéria e ficar lá ums dez anos e abandonar a política. Sujeito mais estúpido e incompetente impossível.

    1. Se entrar em perfis de procuradores desconhecidos(que não estejam nos holofotes no momento), é possível ver eles compartilhando posts de Bolsonaro e do MBL. Até então, Bolsonaro e MBL não eram aliados e trocavam insultos. Mas, como eles tem um adversário em comum(a cor vermelha, o comunismo, a esquerda, o PT, o martelo, a barba, etc.. ), se uniram. O interessante é que eles são a favor da ESCOLA SEM PARTIDO, mas só quando não ensinam o viés políticos deles. Tenho amigo professor, e a patrulha dos Bolsonaristas é grande, com alunos adolescentes coagindo outros colegas a votar em Bolsonaro. Tudo isso é culpa do CHAMADO CENTRO DIREITA, que com a mídia a favor deles, foi criminalizando e disseminando ódio a esquerda brasileira. Agora Reinaldo chora as PITANGAS que ele mesmo ajudou a criar.

      1. Fui professor por 14 anos e nunca vi uma geração de crianças com a cabeça tão lavada como hoje, impressionante. Isso e feito de centenas de milhões de reais de think tanks norte-americanos injetados em grupos brasileiros tipo mbl e vem pra rua. Um aluno me perguntou, com o celular em punho e filmando, o que eu achava de bolsonaro. Obviamente para editar e me jogar de imediato nas redes sociais. Ano passado decidi desistir da sala de aula, trabalho atualmente como técnico. Minha saúde mental agradece.

    1. A Lava Jato é o mais podre dos mecanismos, a mídia golpista é tucana e “mercadista” mas os rapazes do Moro são adeptos do fascismo.

      1. Se bem que – posso estar enganado – aparentemente os fascistas gostam de um anarco-capitalismo. Pelo menos aqui em Pindorama.

        Um passo nessa direção foi a proximidade recente de um economista da escola austríaca a Bolsonaro.

        Sem falar o deslumbramento de Moro numa recente “homenagem” em um país que tem o tamanho de Copacabana – e por isso pode cobrar impostos a taxa quase zero.

    2. A Globo não é um mecanismo, é um virus, nascido de engenharia manipulativa, gaslightining, interesses escusos e completa falta de empatia com o que é humano. É uma doença moral, social e emocional.

    3. Comentário do companheiro Marcos: “TCU, PGR, CNJ, STF, MPF são todos lixos burocráticos a serviço de estrangeiros. Todo mundo tem seu preço. Infelizmente o nosso Judiciário se vendeu bem barato. E Moro, numa demonstração de escárnio, vai receber prêmio num PARAÍSO FISCAL, onde só dá sonegador. Mas são ladrões ricos e estrangeiros e não faz vergonha um juiz brasileiro de 1º instância ficar recebendo diárias e passagens para participar de festas e rega bofe. Ah! Esqueci, juiz no Brasil finge que trabalha.”

      Podiam dividir a remuneração com quem realmente trabalha: os estagiários e os bacharéis em Direito que redigem os textos assinados por eles.

  2. A água bateu na bunda e eu pergunta aos “servidores” golpistas ( MFP, PF, STF e demais tribunais): Quem paga e pagará seus salários?

    A – Petroleiras
    B – Depto de Estado dos istadusunidus?
    C – Maçonaria
    D – Banco Itaú
    E – Os fiéis do templo

    Por acaso eles tem merda na cabeça?

    1. têm sim. se fossem minimamente inteligentes teriam se feito essa pergunta antes de fazerem a destruição que fizeram.

  3. Espetacular análise. E levando-a alguns meses adiante, vejo que a ideia nela contida aponta para golpistas arrependidos apoiando a libertação e a candidatura de Lula contra o Palhaço Fascista. Depois de intensivas e tensas negociações, é claro, que incluiriam a anistia a muitos dos criminosos, como os Marinho e a totalidade dos banqueiros. Fantasia? Duvido que qualquer ser humano com QI acima de 90 e patrimonio maior que dois imóveis deseje uma pústula moral como Bolsonaro ditando as regras, se é que existiriam regras em um eventual governo dele.

    1. olha, infelizmente a classe média tem QI acima de 90 e ainda assim estou cansado de ver e ouvir todos os dias um monte de boçal da classe média dizendo que vai votar no bolsonaro. pior, os cretinos acreditam de fato na “solução bolsonaro”: repressão, autoritarismo e submissão ao Império. a elite do atraso, escravagista e ignorante, como apontou o Prof. Jessé em seu magnifico livro. e a classe média nem classe dominante é, são só lacaios e prepostos dos poderosos locais, que por sua vez são serviçais dos senhores de marionetes lá fora.

      1. Italo Rosa, estou com você, de qualquer forma, assista ao vídeo que enviei como em resposta a comentários acima a entrevista de Pepe Escobar e, se achar pertinente, ajude a divulgá-lo, pode ajudar a recerter o pensamento de alguns leleitores menos boçais: https://www.youtube.com/watch?v=bt2mpq1dWl0

  4. Da proxima vez que a direita for dar um Soft Coup, que aprenda as lições: não se destrói as bases sociais de uma Nação apenas para se obter lucros maiores em seus negócios. É perigoso, não há garantias que vá dar certo e pode se voltar contra os feiticeiros. E cá entre nós, se a direita quer eleger alguém, que aprenda que nós eleitores só votamos em candidatos que OFERECEM ALGO. Fica a dica.

  5. Pelo que entendi , o MPF, PF e o Judiciário estariam tramando um golpe, torcendo por Bolsonaro( que, obviamente, se ganhar, teremos uma forte crise não depois de que ele for empossado, mas sim, no segundo seguinte á vitória….) para , justamente, tentar um golpe.

  6. Triste trajetória de Reinaldo Azevedo, de Pato da Fiesp a Mula-Sem-Cabeça de Jair Bolsonaro.
    Ah, sim. Será conduzido por um cabresto enfincado no rabo!

  7. Bolsonaro é o Collor da vez. Não se iludam, não é só o MPF e a PF que apoiam Bolsonaro é o mercado, grande midia, o setor financeiro, ou seja, toda máfia golpista, que chegaram a conclusão que só Bolsonaro tem chances reais de enfrentar e até vencer o candidato das esquerdas. Essa gente não tem escrúpulos, se esse é o preço para ganhar da esquerda eles encaram até porque se Bolsonaro pisar na bola com os golpistas, eles o derrubam assim como fizeram com Collor, quando conseguiram a proeza de unir direita e esquerda para tirar o colorido da presidência.

    1. É por essa razão que temos de ficar de olho em quem vai ser o seu vice.

      Se acontecer dele ganhar e depois quiserem fazer um impeachment, poderá ser uma jogada seguinte no xadrez do golpe, e a esquerda terá que tomar muito cuidado. O golpe é essencialmente neoliberal, o resto é pretexto.

      1. Parabéns. Você enxergou também a jogada dos golpistas. Com Lula a nossa vitória seria liquida e certa e quem confirma isso é a própria direita quando o prendeu. Sem Lula, Bolsonaro passa a frente e os candidatos de esquerda crescem muito pouco e os votos nulos e brancos chegam perto dos 40%. O grande desafio das esquerdas será convencer esse eleitorado que só admite votar em Lula e que em caso de seu impedimento optam pelo voto nulo ou branco, a votarem em um indicado pelo grande líder. A direita sabe disso e por isso prendeu Lula.

        Em sexta-feira, 8 de junho de 2018, Disqus escreveu:

  8. Como é que um sujeito que se entende jornalista, no século XXI, tem o descaramento desse verme, de achar que todos nós somos descerebrados.
    Foi posto pra fora do veículo mais covarde, só comparado à Globo toda, daí se bandeou pra uma rádio de quinta, e aceito pela Band, que são irmãs gêmeas da outra, com alguma pinceladas de tintas pra enganar os imbecis, e se pensa autoridade pra driblar a opinião da gente, que nunca perdeu tempo em apreciar suas pautas horrendas, grosseiras, partidarista, própria de um desclassificado, manipulado pelos patrões.
    Veja é tão lixo quanto ele, e não me apraz sentir isso, visto ser contra atacar pra me defender. Apenas vejo que Azevedo não nos dá opção. Pra mim, ele não merecia estar tendo suas sandices divulgadas.

  9. Só os candidatos da esquerda se preocupam em falar ao povo dos
    problemas do povo. Todos os presidenciáveis da direta e da extrema direita não
    falam ao povo brasileiro. Só falam diretamente para o Neo-Coronelismo-Liberal (NCL) que alguns
    insistem em chamar de “mercado”. O Neo-Coronelismo-Liberal é uma doutrina
    cruel, de fundo escravagista e internacionalista, uma adaptação tupiniquim do neoliberalismo pós Tatcher. Só existe no Brasil.

    Alckmin se ajoelha diante do altar NCL e jura que vai
    privatizar tudo, até os tirantes da ponte estaiada.

    Meirelles se ajoelha diante do NCL e garante que vai
    privatizar a Caixa Econômica.

    Bolsonaro se ajoelha, bate continência para a bandeira do
    NCL e garante que vai privatizar a segurança pública.

    E o Ciro Gomes foi muito mais radical, e conseguiu colocar
    como seu vice um dos grandes sacerdotes do credo NCL. Isso significa uma garantia explícita de
    que, se ele não rezar direito pela doutrina do NCL, então um dos sumos sacerdotes
    em pessoa vai assumir o cajado do país.

    1. Em tempo, um dos e-mail recentemente vazados de FHC pedindo dinheiro ao Marcelo Odebrecht também tinha como destinatário (cópia para) o provável vice de Ciro, Benjamin Steinbruch (na época executivo da FIESP).

      No caso do Reinaldo Azevedo, embora ele diga coisa certas sobre a Farsa a Jato, defende o indefensável: o golpista Temer, que não apenas derrubou a Dilma, mas deu um giro de 180 graus no programa de governo que tinha ganho nas urnas.

    2. Gostei, Alecs!!! Gostei muito!!! Da forma e do conteúdo!!! Poderia, com razão, postular uma coluna na blogosfera!!!

    3. Cuidado que os patos que lerem isso vão achar que NCL significa neo comunismo liberal… E que o liberalismo que afunda o país é coisa de comunista …

    4. O que o reinaldo faz não passa de justificativa disfarçada de crítica. Cairão toda a direita liberal no colo do proto fascista boçal ignaro. Assim como a direita liberal alemã caiu no colo de hitler. Para depois terem suas cabeças decepadas (claro, depois de exterminados os comunistas, socialistas, espartaquistas e até kautskystas). Como os proto fascistas brasilis se distanciam enormemente dos seus inspiradores fascistas (estes tem pretensão hegemônicas geo políticas. Aqueles, radicalizam no entreguismo mais servil), a repetição farsesca da história recebe doses generosas de estupidez dos incultos da direita tucanalha, do mp, do judiciário e da pf.

  10. Estamos entregues ao imponderável e mesmo o apoio a Lula para um candidato a presidente que possa vir a vencer as eleições presidenciais, não garantirá uma grande bancada de esquerda no Congresso Nacional e com isso qualquer iniciativa de um presidente que não Lula, não conseguirá governar!!!!

  11. Ou conquistamos o direito de Lula concorrer, ou Bolsonaro vence. Não há outra opção, a não ser que os “nobres” juízes cometam fraude eleitoral. E parece que essa é a intenção, pois baniram o comprovante em papel. Estamos nas mãos do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que, por sua vez, obedece ao TFM (Tribunal da Família Marinho).

  12. O cenário é triste. A realidade é caótica. O devir se reflete no retrovisor. O Brasil morreu. O cadáver está em disputa. E os despojos estão mais para cova profunda do que para um renascimento. Sinto uma desesperança tão grande. Até o cérebro trava…..

  13. É tão simples e cômodo para os paneleiros transferir a conta da crise para o PT diante da tragédia anunciada que todos já alertavam, mas o programa de governo e as políticas econômicas que estão sendo impostas e só seriam alçadas ao poder por vias tortas, indiretas, não democráticas e por atalhos, são os mesmos que eles sempre defenderam de forma imediatista como solução, defendiam até ontem e historicamente são defendidas pelo PSDB e pelo mercado, mesmo que atropelassem a democracia, já que jamais seriam aprovadas nas urnas pela soberania popular. Fica mais digno assumir a irresponsabilidade e inconsequência dos seus atos.

  14. JAIR BOLSOVARDE…
    (a desculpa de agenda não colla, haja vista que foram oferecidas diferentes datas)

    Por Redação – do Rio de Janeiro

    Pré-candidato do PSL à Presidência da República, o deputado Jair Bolsonaro (PSL) tem aceitado os conselhos de seus financiadores e se mantido distante do debate de ideias e projetos para o país. Principalmente, se entre os debatedores estiver o presidenciável Ciro Gomes (PDT).

    Bolsonaro tem preferido falar para o seu público mais direto; na tentativa de manter a atuai faixa dos 20% do eleitorado mais radical, da extrema direita fascista. Sua assessoria tem, sistematicamente, desmarcado sua presença em fóruns de discussão e debates políticos; seja qual for a pauta.

    Empatado
    Nos últimos 60 dias, Bolsonaro declinou da participação quatro encontros de grande porte; que contaram com a presença dos demais pré-candidatos; além de não conceder entrevistas e falar apenas a jornalistas alinhados ao seu espectro político.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.