a25ba0f02d020691809cbe79dc403604

Diretores de escolas federais vão processar Weintraub por ofensas

A Associação dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior, Andifes, anunciou, em nota oficial, que vai processar o Ministro da Educação, Abraham Weintraub, por crime de responsabilidade. Depois de dizer que ele “parece nutrir ódio pelas universidades federais brasileiras”, os reitores e diretores anunciam que a entrevista em vídeo, mostrada ontem aqui, dizendo que há cultivo extensivo de maconha e produção de anfetamina nos campi universitário, não vai ficar impune como outras agressões feitas por ele ao sistema de ensino brasileiro.

Destaco o trecho essencial:

(…)o Ministro Abraham Weintraub ultrapassa todas as fronteiras que devem limitar, sobretudo, os atos de um gestor público do alto escalão da República. Sem fazer quaisquer mediações, afirma que as Universidades Federais são “madrassas de doutrinação”, ofendendo a um só tempo toda a comunidade acadêmica e a fé muçulmana; afirma ademais que foi criada uma “falácia” segundo a qual as universidades federais precisam ter autonomia, ignorando que essa “falácia” na verdade é mandamento previsto na Constituição brasileira (art. 207) e que um ministro de Estado atentar contra ela constitui crime de responsabilidade (art. 4º, “caput”, c/c art. 13, I, Lei 1.079/50); e afirma, ultrapassando todos os limites, que algumas universidades federais têm “plantações extensivas de maconha” com o uso até instrumentos tecnológicos para seu cultivo, além de afirmar que “laboratórios de química” das universidades se transformaram em usinas de fabricação de drogas sintéticas, como metanfetamina. Enfim, estende essa suspeição a todas as instituições, pois, segundo ele, “cada enxadada é uma minhoca”.

Se o Sr. Ministro da Educação busca, mais uma vez, fazer tais acusações para detratar e ofender as universidades federais perante a opinião pública, mimetizando-as com organizações criminosas, ele ultrapassa todos os limites da ética pública, indo aliás muito além até de limites que já não respeitava. Nesse caso, o absurdo não tem precedentes. De outro lado, se o Sr. Ministro, enquanto autoridade pública, efetivamente sabe de fatos concretos, sem todavia apontar e denunciar às autoridades competentes de modo específico onde e como ocorrem, preferindo antes usá-los como instrumento de difamação genérica contra todas as universidades federais brasileiras, poderá estar cometendo crime de prevaricação. Assim, diante dessas declarações desconcertantes, a Andifes está tomando as providências jurídicas cabíveis para apurar eventual cometimento de crime de responsabilidade, improbidade, difamação ou prevaricação.

a25ba0f02d020691809cbe79dc403604

14 respostas

  1. espero que processem mesmo. ontem, por acaso, 2 postagens de 2017 e 2018 anunciavam medidas contra isso e aquilo e nada se concretizou.

  2. Como “bom judeu” ele ofendeu a comunidade islâmica. Um ministro ignorante que vê inimigos e incompetentes por todos os lados, quando, na verdade, ele é o inimigo número 1 da educação brasileira. Não preciso lembrar quem o indicou para ministro da educação, não é?

  3. Infelizmente,devo afirmar aos membros da ANDIFIS.que serão atitudes inúteis,pois O JUDISSSSSSSIARIO BRASILEIRO É CÚMPLICE DESSE GOVERNO DE CANALHAS.Em ultima analize,são eles,os MAGISTRADOS E SEUS SEQUASES,que dão “legitimidade”, à esse governo de canalhas.

    1. Engano seu, Marco. Quem dá legitimidade “à esse governo de canalhas” é o Department of State, mediante a presença do xerife “embaixador” P. Michael McKinley, que vez por outra acena com a IV frota para manter a oposição no seu devido lugar.

  4. Demorou… Já era p ter processado a muito tempo. Um ministro da educação q fala mau das universidades sob sua administração apresenta no mínimo um desvio de personalidade ou mau caráter mesmo logo nalo pode ocupar um cargo de ministro,contudo, o chefe dele é ainda pior!!!!!!!

    1. Mau caratismo puro. Entrave é uma pessoa má, arrogante e ignorante, igual o chefe, o que parece ser requisito pra ser ministro do bozo. Se ele sair, pode ter certeza que vem coisa tão ruim quanto ou pior.

  5. Demorou! Não sei como aturaram tantos desaforos desse desmiolado? De educação não sabe é nada, aliás, nem tem. É um ignorante de carteirinha.

  6. Deve ser processado e reprocessado. Se o castigo for pequeno, deveriam recorrer até ao Supremo, para que este despautério possa ser apreciado e punido exemplarmente pela mais alta corte de justiça.

  7. Enquanto isso o sistema judiciário começa a apertar o pescoço de bozo e seus aliados….quebra do sigilo bancário fiscal do ministro do ( a destruição ) meio ambiente.

    Paulada no zero tal e tal….só falta um.

    E em breve o ministro ferradura da inducassão.

    Fora de pauta, pero no mucho…

    Colômbia……..povo nas ruas.

    Chile……´povo nas ruas.

    Bolívia…..povo nas ruas.

    Equador……..povo nas ruas.

    Argentina…….povo nas ruas.

    Brasil…..gado na IURD.

  8. Conversando com um amigo, lá do Bom Jardim, ele falou:

    “Meu filho, quanto mais imbecil, idiota um arrivista descarado for, mais capacidade de sucção de determinadas partes intermediárias do corpo masculino ele possui.

    Veja o exemplo do nosso ministro da educação”.

    Fiquei sem ter o que falar. Né não?

  9. O Traubinho quer mostrar que não é mais um orangotango na cristaleira, ele é diferenciado e dá coices, outra especie de Deus

  10. Senhores, o UvaVinífera não é páreo para um preá. Só fala inutilidades. Mostra que sua visão das Universidades Federais do Brasil se reduz a maconha e anfetamina. Certamente o indivíduo não sabe o que é maconha e anfetamina. Não sabe que a heroina é a diacetil morfina. Não sabe porra nenhuma. É um inútil que quando estiver com câncer terminal e lhe injetarem morfina para que sofra menos, duvido que diga “não sou comunista, me injetem uma droga capitalista, neoliberal, do mercado”. Idiota. Injetem nele KCl 1M e rapidamente ele vai para a casa do carvalho. A Universidade pública de qualidade é uma conquista que qualquer país quer. O Brasil adaptou essa conquista a suas necessidades e o está fazendo muito bem. As Universidades Federais do Brasil são ponto de partida para a formação de brasileiros com visão de Brasil e de Mundo. E agora vem esse estúpido na sua visão tacanha, querer ver a Universidade Brasileira como formadora de viciados em drogas? UvaVinífera, você tem que ser reeducado. A pauladas. Esquece os calhordas dos teus chefes. É algo pessoal. Umas boas pancadas poem você nos eixos. Idiota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *