F-1 no Rio, negócio de Bolsonaro, acaba sem começar

Acabou hoje a armação, patrocinada por Jair Bolsonaro, que pretendia trazer para um novo autódromo, a Fórmula 1 para o Rio de Janeiro.

A Folha já havia chamado a atenção sobre o passado nebuloso do sr.  José Antonio Soares Pereira Júnior, presidente da Rio Motorpark, ex-Rio Motosports, empresa que ganharia a concessão para construir a pista em área cedida pelo Governo Federal (especificamente pelo Exército) , em Deodoro, na Zona Oeste da cidade.

O blogueiro especializado em automobilismo Victor Martins, comentarista do ESPN diz que, trabalhando na área de defesa e armamento, José Antonio, aproximou-se dos militares e de Jair Bolsonaro.

Ele esteve no video-mico do Presidente esta semana,  – onde ele foi desmentido pelo CEO da Liberty Media, grupo que comanda a Fórmula 1, Chase Carey – ao dizer que era “99% ou mais certo” que o evento fosse transferido para o Rio de Janeiro.

Hoje, a Globo, ainda detentora dos direitos de transmissão das corridas – mesmo em franca decadência de audiêncial e, portanto, de cotas de patrocínio – pôs uma pá de cal na história.

José Antonio, revelou a emissora, montou a concorrência que ele próprio ganharia, como único competidor, através de outra de suas empresas, a Crown Assessoria.

A Rio Motor Park, diz a emissora, não tem mais que 0,14% do capital social exigido aos licitantes, de dez por cento do valor da obra. Dos R$ 69,7 milhões necessários, seu capital registrado é de R$ 100 mil e seu contrato social, para adaptar-se às exigências, foi modificado (inclusive com a mudança de nome) em janeiro deste ano, 11 dias antes da abertura da licitação.

O abacate de Jair Bolsonaro apodreceu antes de ficar maduro.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

21 respostas

  1. Como acho corrida de carro uma coisa besta, totalmente desinteressante, vou aproveitar o espaço para comentar algo aterrador. Existem 42 milhões de evangélicos no Brasil (o suficiente para eleger um presidente) e bozo mais malafaia como vice já se lançam candidatos para a reeleição em 2022.Tentar mudar a ideia, politizar ou convencer os crentes é tão inconsequente e inútil como desejar que não chova no dia do casamento. É preciso começar a desmascarar os pastores, revelar suas riquezas, seus métodos e como enganam os fieis. Exigir um posicionamento dos próximos candidatos (da esquerda, por óbvio) no sentido de transformar igrejas em pessoa jurídica e pastores e assessores ou ajudante (sei lá como se chamam) em pessoa física para fins de imposto de renda. Cobrar iptu, ICMS dos artigos vendidos, imposto de renda entre outros impostos e taxas. Quem vai amarrar o guiso no gato?

    1. Tem gente que acha política uma besteira. Eu gosto de ambas, corridas e política, mas cada um na sua…

    2. Impossível desmascará-los.
      Lembro-me de um vídeo apresentado pela Groubo, há tempos em horário nobre num final de semana (Fantástico, talvez), mostrando o Edir Macedo numa orgia escancarada de malas cheias de dinheiro do dízimo.
      Um escândalo daqueles que derrubaria qualquer mortal…Pois o sujeito nem sequer foi arranhado.
      É impossível atingi-lo com a blindagem de imbecis deveram em volta dele.
      Sonho com um ex-devoto enraivecido por descobrir-se enganado que resolva vingar-se.
      Sonhar não é proibido.

    3. Quem vai colocar o guizo no gato foi um ótimo achado para definir um dos problemas que temos em mãos no atual momento político, me permito estendê-lo para outros gatos presentes no recinto, tais como os das corporações militares, os da mídia hegemônica (os mais gordos dentre eles) e os adeptos do punitivismo judiciário. Entendendo, claro, que todos estes gatos se misturam e, no escuro, quase nenhum é pardo.

    4. Concordo plenamente com você, mas isso deveria ter sido feito há tempos. Temo que seja tarde para reverter essa situação.

  2. À exceção da incompetência e da ligação com as milícias, todo o restante que emana desse desgoverno é falso.

  3. A Globo fez isso porque tava sentindo cheiro da transmissão ser feita pela Record? Porque tem negócios com os governos paulistas? O buraco é abissal.

  4. https://scontent.fgig4-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/65392198_466142267452475_2028751244197101568_n.jpg?_nc_cat=102&_nc_oc=AQkxl28DvVuc_YT3WZvo72u-1bahwwQTj-UrR1ZLRK-GlZ3WdUkjVaEN-N07DI35LVw&_nc_ht=scontent.fgig4-1.fna&oh=466731b0fe9e92a9b8af7f736fc9a6d1&oe=5D80E9F6
    Bolsonaro, Flávio, Queiroz e o “sargento cocaina” (dos 39kg na espanha) na mesma foto. Por que ninguém está divulgando isso??
    Dá pra ver que é ele pelo corte e as entradas no cabelo e pelo orelha, que tem o mesmo formato.

    Ta ai uma foto com maior resolução para poder comparar.
    * desconsiderem a seta amarela no Queiroz.
    https://www.diariodocentrodomundo.com.br/wp-content/uploads/2018/12/7ce1c236-a814-4298-bca9-ab7a1147ed2c.jpg

    1. Porque não há confirmação que a foto seja real e, se a gente embarcar em montagens, perde a credibilidade.

  5. Um momento… não tem crime aqui? O presidente anuncia com entusiasmo o resultado de uma licitação de uma empresa só? Posso colocá-lo como cúmplice em um conluio viciado?

  6. Só coisas brabas contra esse Predidentinho.. As mais recentes são estarrecedoras, ou seja, o areococa e agora essa farsa .para construir um aotódromo… Quanta grana rolando, né?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *