Fatos, não boatos: Auler, em Juiz de Fora, investiga o “Caso Adélio”

 

No dia da agressão a faca contra Jair Bolsonaro, recebi a ligação telefônica de Marcelo Auler. Incorrigivelmente repórter, ele me dizia que estava indo para Juiz de Fora(MG), atrás da verdadeira história do crime.

Foi e , hoje, apresenta no Jornal do Brasil e em seu blog o mais completo levantamento das circunstâncias reais  que envolvem Adélio Bispo de Oliveira e não, como até agora, os boatos que se criaram em torno dele.

Por onde andou e o que fez nos poucos dias em que fora morar em Juiz de Fora; de onde veio o dinheiro em sua conta bancária, como escapou do linchamento no dia do crime que praticou e, sobretudo, como não há nada, neste momento, que possa indicar mais do que o ato solitário de um homem tresloucado.

Vale a pena a leitura, porque nada melhor que fatos contra qualquer teoria da conspiração, que parecem ter virado moda na internet.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

44 respostas

  1. Estão sabotando o blog dele, que apresenta erros, quando se tenta ler a reportagem lá.

    Numa ditadura como estamos, o repórter apurou aquilo que lhe permitem os chefes e os da caserna.

    1. Fato. Ficaram várias perguntas sem resposta, como a veracidade do ferimento. O ato todos nós vimos, mas as consequências dele, incluindo os padrões “peculiares” da hospitalização, continuam sem explicações plausíveis.
      De qualquer modo, meus respeitos ao trabalho do Marcelo Auler e à divulgação neste Blog.

  2. BOLETIM MÉDICO MUDA DE TOM E DIZ QUE ESTADO DE BOLSONARO É GRAVE

    O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, permanece internado na UTI e ainda está em estado grave, informou o hospital Albert Einstein; segundo boletim médico do hospital, Bolsonaro terá de passar por uma cirurgia de “grande porte” posteriormente para reconstruir o trânsito intestinal e retirar uma bolsa de colostomia

    10 DE SETEMBRO DE 2018

    (…)

    FONTE: https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/368297/Boletim-m%C3%A9dico-muda-de-tom-e-diz-que-estado-de-Bolsonaro-%C3%A9-grave.htm

    1. ATENÇÃO PARCELA DO BEM DA NAÇÃO BRASILEIRA

      Não podemos descartar a possibilidade de o candidato Jair Bolsonaro “não está nem sabendo direito acerca do que está, verdadeiramente, se passando”!
      Estou falando a sério!
      Será que os Marín(ho) da Globo e os congêneres terroristas da CIA/FBI/deep state norte-americano atentaram contra a vida do agora “paciente-candidato”?
      O calvário do Tancredo Neves poderá ser remasterizado (sic) pelo Bolsonaro?

      ***

      De modo que segue o novo mantra da Globo/CIA LIXO tóxico estrangeiro:
      “Agora é ‘Mourão, Mourão'(!), com ou sem eleição!”

      Parodiando o jornalista Ricardo Kotscho, golpe que segue!

  3. CAMPANHA DE BOLSONARO ESPALHA FALSIFICAÇÕES SOBRE ATAQUE A FACA

    A campanha de Jair Bolsonaro está espalhando informações falsas e montagens fotográficas falsificadas como desdobramento da facada sofrida pelo candidato da extrema-direita; são montagens grosseiras, escandalosas, espalhadas ao mesmo tempo em está sendo construída, com apoio de segmentos da imprensa conservadora, a versão de que o ataque a Bolsonaro seria “político”, resultado de uma trama, com o objetivo de mais adiante culpabilizar a esquerda

    10 DE SETEMBRO DE 2018

    (…)

    FONTE: https://www.brasil247.com/pt/247/poder/368271/Campanha-de-Bolsonaro-espalha-falsifica%C3%A7%C3%B5es-sobre-ataque-a-faca.htm

    1. Vi um vídeo no Youtube no qual um cara mostra a tela congelada de um celular onde está a multidão em torno do Bolsonaro. Nesta multidão, ele mostrava uma mulher de óculos escuros que, segundo ele, tinha passado por baixo a faca do crime para outro cara que depois a entregou ao Adélio. Quando se quer ardentemente ver algo, basta uma sombra qualquer que do resto o cérebro se encarrega.

      1. Cérebro? Que cérebro? Desde quando bolsomínions têm cérebro?
        Você está forçando demais a barra!

  4. Só por curiosidade, como anda a investigação do atentado à caravana no Lula no Paraná? A PF investigou alguma coisa ou ficou somente com a ínclita polícia militar do PR? Assim, só por curiosidade mesmo. Talvez seja o caso de cobrarmos isonomia mais uma vez. Ou a seriedade com que são tratados os casos depende do ator e de esperar a tragédia se consumar???

  5. Claro que é Fake a camisa apresentada pelo Bozzo filhote, mas essa de “desconhecido” puxando Bispo pra trás de portão de ferro não combina com turba enraivecida.
    Bozzo pai usava colete à prova de balas?

  6. Ou o post atraiu muitos visitantes legítimos ou a extrema direita derrubou o site de Auler (ao menos no momento em que posto esta mensagem).

  7. Muito importante este trabalho do Marcelo Auler, e grato a ele por isto, e ao Fernando Brito por indica-lo aqui.

  8. – Pela memória de Carlos Alberto Brilhante Ustra?

    – Nããããããããooooo!

    – Pela memória de quem, então?

    – Adélio Bispo de Souza!

    Brincadeirinhas à parte (ok, Raquel Dodge?), o sujeito aparenta comportamento esquizóide.

    1. Só por curiosidade, como anda a investigação do atentado à caravana no Lula no Paraná? A PF investigou alguma coisa ou ficou somente com a ínclita polícia militar do PR? Assim, só por curiosidade mesmo.

  9. Depois que li o artigo no site do Auler, parece que o site esta’ tendo problemas. Nao consigo acessa-lo mais. Espero que seja apenas um problema tecnico sem importancia, e nao um ataque dos agentes Bolsonaristas.

  10. Uma ironia é Boçal Nato ter sido esfaqueado…em frente a uma loja Riachuelo, aquela do arqui-coxinha Flavio Rocha – franqueado do MBL.

      1. Não é brincadeira, no café da manhã da padaria vimos uma barulhenta família de coxinhas, hoje fascistinhas, em estado de total euforia, falando alto para aborrecer todos os fregueses. Diziam eles que só um idiota pode acreditar que o Adélio agiu sozinho, e que “estão dizendo por aí” que ele se “formou em política” em uma faculdade da Venezuela.

  11. … Se o STF conceder liminar para o presidente Lula se candidatar;
    e/ou o Bolsonaro não suportar os ferimentos;
    e/ou o mafioso mimiSHELL anunciar à população que os recursos para a eleição foram ‘sFACHINhados’…

    Não haverá eleição!
    Mesmo porque para os criminosos transnacionais Marín(ho) do Projac usina de fake news do golpe vagabundíssimo, “Agora é Mourão, Mourão(!), com ou sem eleição”!
    Sim, e o regime vai fechar!

      1. … Só se for para os ‘milicos’ precipitarem a oficialização do golpe de estado!

  12. Não consigo acessar o blog do Marcelo Auler, aparece informações de erro interno 500. Fica difícil NÃO ACREDITAR nas TEORIAS DA CONSPIRAÇÃO. Não creio em bruxas, mas que elas existem, existem…

  13. Outra questão intrigante, porque os médicos do Sirio e Libânes que se deslocaram de Sp pra Juiz de Fora não transferiram a vitima pro Sirio e Libânes e, a vitima, foi parar no Albert Einsten ? Porque uma equipe médica de um hospital de referência se desloca de MG p/ SP e não transfere a vitima para aquele hospital ?

  14. As “teorias da conspiração” (título criado pelos americanos para ridicularizar justas especulações), não se tornaram famosas à toa. São consequência de centenas de conspirações verdadeiras que foram reveladas posteriormente. O golpe de 64 foi conspiração, o assassinato de Kennedy, a guerra do Iraque, a da Líbia, da Ucrânia, e mais centenas de casos são conspirações, isto é, forças poderosas se uniram para forjar uma situação, com objetivo de dissimular seus interesses e justificar ações perante a opinião pública.
    A situação do Adélio é apenas metade da história. Foi um ferimento superficial ou o “massacre da serra elétrica” que apregoaram ? Além disto há inúmeras contradições e inconsistências no conjunto da história.

  15. Uma questão essencial a ser esclarecida em toda essa his(ou es?)tória é a misteriosa visita, feita pelo tal Adélio ao bunker dos bolsonaros em Florianópolis, em princípios de julho, que foi, curiosamente, apurada por uma repórter da Globo. Como ela descobriu esse fato ou suspeitou de que algo assim pudesse ter acontecido também é um mistério. A ‘visita’ do tal Adélio justamente àquela academia, e não à outra, me parece um tanto improvável de ter acontecido por acaso, assim como é improvável que o Sr. Adélio soubesse de antemão que lá era uma academia em que os bolsonaros não só frequentam, como aparentemente são também sócios.

    Não teria sido uma reunião para a qual o Sr. Adélio foi convocado? E se o ‘atentado’ foi uma armação que ‘fugiu do script’?. Ora, o candidato do PSL sempre saía com o seu colete a prova de balas segundo vários relatos. Há uma discrepância de informações quanto a ele estar usando ou não no dia do ‘atentato’. Um colete à prova de balas é, certamente, à prova de facadas. Se a facada tivesse encontrado o colete, o ‘atentado’ teria acontecido, com este timing político incrivelmente perfeito (como estamos vendo) e o candidato não teria sofrido nenhum arranhão. Ou seja, ‘teria dado tudo certo’.

    Sendo a tal .38 uma academia de tiro ela deve ter um circuito interno de tv para gravar e guardar as imagens de todos que lá frequentam e guardá-las, até por imposição legal, por um bom tempo. Se o banco de imagens não foi apagado, não deverá ser difícil identificar o tal Adélio em suas dependências e o que ele foi, de fato, fazer lá: se foi praticar tiro (?) ou se foi, quem sabe, encontrar-se com alguém.
    Segundo o próprio Auler, a visita à Juiz de Fora pelo candidato estava prevista inicialmente para julho (lembrando que a visita do Adélio ao bunker dos bolsonaros foi, segundo consta, no início de julho) e essa visita às vésperas do 7 de setembro só foi publicamente confirmada no dia 3/9 e o tal Adélio já estava lá há 13 dias. Como o tal Adélio ele poderia saber, com antecedência, que ele iria efetivamente a Juiz de Fora nesse período, a menos que tivesse algum tipo de informação privilegiada da organização de campanha do Bolsonaro?
    P.S Não sou cultor das chamadas ‘teorias de conspiração’ mas, nesse caso, há dúvidas razoavelmente fundamentadas, em fatos publicamente conhecidos, que ainda não estão esclarecidas. Tudo isso pode ser apenas um enorme conjunto de incríveis coincidências, mas há dúvidas que ainda não foram esclarecidas.

    1. Complementando sua teoria da conspiração, tambem estou encafifado com algumas coisas. Primeiro o tal colete. Se usa sempre pq estava sem nesse dia? De manhã ele fez uma visita ao hospital do cancer e consta que lá já houve tumulto, Depois quando foi almoçar, mais tumulto. E depois o calçadão e a especulação adoidada para culpar a esquerda. Não poderia mesmo ter sido uma armação em que o atacante errou o bote? Não era pra acertar a perna ou o braço mas que no tumulto se errou o alvo?Seria curioso observar mais as imagens dos eventos anteriores pra ver se o cara já não estava seguindo o “bom moço”…

  16. As teorias da conspiração muitas vezes tratam de conspirações verdadeiras. Melhor questionar e andar desconfiado que ser um crente manipulado.

  17. Apenas uma pergunta para Brito,Auler e demais jornalistas progressistas :

    Se a bomba do Rio Centro não tivesse explodido no colo do sargento do Exército, se tivesse explodido conforme o planejado pelo Serviço de Inteligência do Exército, matando milhares de jovens naquela noite de 1ºde maio, seriam taxados de “delirantes defensores de teorias de conspiração” as pessoas que como eu duvidam de desgraças lucrativas, facadas da sorte totalmente convenientes aos interesses da “vítima”, das quais não se tem notícias de nem uma gota de sangue ? Vocês me criticariam quando eu dissesse que o genocídio do Rio Centroeria sidoi tudo uma armação conspiratória para atender a interesses políticos exclusivos dos conspiradores ?

    1. o site teve problemas de instabilidade, informou-me o próprio Marcelo Auler. Tive essa dúvida nas primeiras mensagens e conferi o link

  18. Tem tudo para o general assumir.
    Tem muita gente apoiando a volta deles.
    O bolsonaro vai ser a marionete.
    Os milicos tao na mídia direto.
    Não querem nem sonhar com o pt no poder porque seria um pesadelo.
    Ate 7 de outubro vamos ver e ouvir muito
    coisa.
    Triste fim será o nosso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.