Feia a coisa: até colégio com nome de pai de Bolsonaro tem fraude

A coisa foi assim, relata o repórter Bruno Alfano, de O Globo.

Para “puxar saco” de Jair Bolsonaro, uma escola municipal de Duque de Caxias, no Grande Rio, foi entregue à Polícia Militar para administrar e fazer vitrine sobre a militarização das escolas proposta por Jair Bolsonaro, para, segundo ele, aumentar “exercício da autoridade por parte dos mestres”.

Com fanfarra, Mito e Wilson Witzel a escola foi inaugurada, levou o nome de Percy Bolsonaro, pai do presidente, mas com vagas destinadas unicamente a filhos de PMs e  bombeiros, que fizeram uma prova.

E a Justiça decidiu que , como a escola era pública, não se poderia impedir que crianças que não fossem filhos de policiais fizessem a prova. Como, aliás, é regra nos colégios militares: concursos abertos.

Anulou-se o concurso e fez-se outro.

Só que, neste, repetiram-se 21 questões já aplicadas na primeira prova que, ainda por cima, foi publicada no Boletim da PM, ao qual só a corporação tem acesso.

Para o juiz Márcio Santoro Rocha, da 1ª Vara Federal de Duque de Caxias, o colégio “criou uma vantagem competitiva imoral para aqueles que fizeram a primeira prova (ou seja, os filhos e dependentes de policiais militares e bombeiros militares) Em síntese, a ampla concorrência nesse novo concurso foi, usando uma palavra popular nesses dias, fake“.

E a moralidade, ó…

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

17 respostas

  1. Impressionante como eles não conseguem fazer nada correto. Dedo podre. Seus eleitores parecem ser do mesmo tipo, desde tocar fogo na mulher, até traficar drogas. A rede está repleta de imagens de mínions picaretas.

    1. eles fazem tudo certo, a intenção era admitir só filho de milico,
      só que é ilegal kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      é sempre ilegal

    2. Tem razão. Tirando os ladrões de galinha e aviõezinhos do tráfico em sua maioria “negros e pobres”, na visão dos idiotas, os picaretas, eleitores do bozo, em sua maioria “empresários” se auto proclamam arautos da moralidade, ética, da família, enfim. Mas, na realidade não passam de sepulcros caiados, bonitos por fora, mas que abrigam em seus interior a podridão.

  2. Primeira aula desse miliciano foi, fique esperto, roube se puder até vaga em escola. Kkkkk Bolsonaro é em desmoralizador.

    1. Não duvido que o clã já tenha cidadania italiana. Se precisarem, todos os caminhos levam À ROMA!

  3. PMs e bombeiros ensinando os filhos a serem canalhas desde cedo… Depois crescem e viram Flávio, Carlos e Eduardo… ????????????

  4. E as duas corporações não se pronunciam. Isso é que é triste de ver. Se o comando é podre, o resto é o resto mesmo.

  5. Cota “milico?”Pensei que o “mito” fosse contra as cotas mas,como se ve,farinha pouca meu pirão primeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *