Guaidó pede invasão estrangeira na Venezuela. Maduro agradece

Vejam em que sinuca nos metemos com a ânsia de fazer politicagem com diplomacia.

Juan Guaidó, o tal autoproclamado “presidente encarregado” da Venezuela, hoje, indagado pela Folha,se estava defendendo uma possível intervenção militar estrangeira em seu país,  respondeu: “eu quis dizer exatamente isso, que devemos considerar todas as opções. A Constituição venezuelana dá à Assembleia Nacional o direito de solicitar apoio desse tipo”.

Opa!

Não há na história do mundo constituição que dê a alguém o direito de pedir intervenção de exército estrangeiro num país, salvo se ele estiver sendo invadido por tropas de outro ou outros países.

Se essa é a proposta do Sr. Guaidó, recomenda-se ao General Mourão que, simplesmente, ignore qualquer possibilidade de diálogo com ele.

Porque a nossa Constituição é clara.

De cara, no artigo 4°, diz que “a República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações internacionais pelos seguintes princípios: (…)  III –  autodeterminação dos povos; IV –  não-intervenção; V –  igualdade entre os Estados; VI –  defesa da paz; VII –  solução pacífica dos conflitos”

Só o fato de aceitar discutir uma “solução” intervencionista, bélica, já é contrária à nossa Carta Magna.

Politicamente, Guaidó acabou dando razão a Nicolás Maduro, que denuncia um plano de invasão militar da Venezuela.

Ele assume expressamente o desejo de que ela ocorra.

O General Hamilton Mourão, enviado à Colômbia para discutir a crise, fará muito bem em deixar as tratativas se isso for proposto, e nisso terá todo o apoio da ala militar do governo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

41 respostas

  1. Só sei de uma coisa: Uma pessoa minimamente sensata, à esquerda ou à direita, a essa altura teria posto nosso chanceler para fora do Itamaraty, a pontapés.

    1. Não teria nem entrado, se houvesse sensatez. Ele e o ocupante do Planalto (tal como Temer, recuso-me a chamá-lo “presidente”) que o nomeou. ????

  2. Mourão é um personagem oposto a Bolsonaro: inteligente, político, discreto, etc. Mas tem uma característica pior, é muito menos transparente. Não me passa nenhuma credibilidade. Não sabemos até que ponto esse governo golpista está comprometido com os EUA e isto é que vai decidir nosso destino, não a vontade dos militares.

    1. Não acredito que Mourão esteja usando sua inteligência para evitar uma guerra por bons princípios.
      Mourão sabe que um confronto com a Venezuela vai fazer os miliquinhos voltarem para casa com o rabo entre as pernas, e aí vamos descobrir que não precisamos de exército que desrespeita constituição e não serve para nada. Só serve para maltratar seu povo.
      É melhor continuar fazendo de conta que temos um exército, que nos custa muito, mas está preparado para defender o país.

  3. Estamos vivendo na pós verdade. Aqui no Brasil os bozos querem convencer a gente que lutar contra Maduro é importante para o Brasil não virar uma Venezuela. Quando na verdade os Bozos querem transformar o Brasil numa colônia dos EUA. Mas a mídia tradicional distorce tudo e cria essa confusão na consciência política do nosso povo.

  4. General Mourão vai a uma reunião???? Não seria o caso de ir o Presidente da República ou o Ministro das Relações Estrangeiras?

  5. O que esse títere dos EUA está fazendo é traição à Pátria. É caso de ser capturado, processado, julgado, e executado.

  6. O tal Guaiaco, ou gaiato ou coisa parecida achou que as forças armadas venezuelana ia bater palmas para o Trump se borrar de medo. Bem que de outras países isso tem ocorrido, mas la eles tem patriotismo verdadeiro .Dançou, e Colombia, Brasil e Usa ficaram com cara de bobos. Solução pedir invasão a bala. Hoje o povo venezuelano pendurariam ele na corda como traidor. Mesmo seus ex seguidores.

  7. Guaidó, apesar de ser engenheiro formado em Caracas, cursou uma pós-graduação em “ciência política” em uma universidade americana famosa por ter fornecido vários chefes da CIA e do FBI. Lá ele virou de vez um nativo latino que trabalha para os patrões estrangeiros.

    1. Guaidó é um destes fantoches a soldo do império que apenas executa o que lhe é ordenado.
      Esteve envolvido com ações terroristas das guarimbas, que buscavam desestabilizar o governo.
      Guaidó é a versão venezuelana (piorada, ainda que pareça difícil) de kim kitaguiri O mesmo tipo de fantoche brotado do nada para fazer o serviço sujo que os serviços de espionagem e ingerência lhe determinaram.
      Suas últimas ações (notadamente safar-se do país para pedir intervenção militar estrangeira) passam recibo de que falhou o golpe intentado com a auto-proclamação como presidente encarregado (algo que não existe no ordenamento jurídico e constitucional venezuelano) assim como a farsa da ajuda humanitária.
      Gauidó é um inimigo da nação venezuelana a serviço do assalto imperialista às riquezas naturais da Venezuela (petróleo e ouro especialmente) da mesma forma que boa parte da canalha bolsonariana são inimigos do Brasil, submissos ao imperialismo.

  8. ESSES IDIOTAS SÃO MUITO IDIOTAS
    MAS COMO TEM OUTROS TANTOS IDIOTAS IGUAIS OU PIORES – ELES CONTINUAM CONVENCENDO ALGUNS DESCEREBRADOS

  9. A Damares está dando uma palestra na comissão de Direitos Humanos da ONU. E eu aqui passando vergonha. Veja lá no twitter dela.

    1. E nessa palestrela sobre Direitos Humanos, a Damares trata especificamente de que, laranja ou goiaba?

    2. DEUS ME LIVRE! Mais uma pataquada internacional? Pobre Brasil. Só falta o Frota palestrar na ONU! Aí desmoraliza geral.

  10. Rússia devia enviar mais dois Tupolev TU-160 para a Venezuela. Seria bom um exercício conjunto com tropas da China, Irã e Turquia.

  11. Não me falha a memória, quando da crise forjada contra a Dilma, o general Villas-Bôas passou pano pra golpistas e pra governo, dizendo que os “milicos estão acima de intervenções na política”. Que se fez de tão sensatas declarações à época? Laudas aos militares, equilibrados diante da tormenta. Não faz muito tempo que o mesmo comandante-geral tuitou ameaças contra poder constituído da República. E hoje, tomam de assalto o poder público, usando um fantoche chamado Jair Bolsonaro. A sensatez de Hamilton Mourão contrasta assustadoramente com a memória recente sobre esse indivíduo: de chamamentos à mobilização de tropas contra a Presidenta da República, em 2015-16, às declarações babugentas durante a campanha do fantoche troglodita. Mourão, na verdade, não representa na minha opinião uma veia protecionista e que se importa com soberanias e constituições, dentro das forças armadas. Pra mim, essa criatura nada mais é que só mais um general entreguista, mais interessado em coordenar com o Tio Sam sua própria sobrevivência nas posições de poder do que guiar o país em benefício do nosso povo e dos interesses regionais.

    Podem não ser tão toscos quanto as olavetes que constituem o chorume civil de escolha do bolsa-de-colostomia, mas não me enganam.

  12. Esse Grupo de Lima é uma reunião dos piores loucos dos piores hospícios do planeta Terra.
    Somente assim para que Mourão, saudosista de uma nefanda ditadura militar e fã de um de seus piores torturadores, possa ser visto como a mente mais lúcida desse grupo, talvez a única esperança de uma possível decisão sensata, se é que há sensatez nessa reunião.

  13. Este canalha pro-americano,sabujo,calhorda é uma prova REAL de que Venezuela não tem ditadura.
    Em que ditadura o regime aceitaría um vagabundo destes conspirando contra o país para entregar suas riquezas aos estrangeiros ???
    O cara está vivo e solto !!!!!!!!!!!! ,e ainda tem imbecil que acredita na campanha montada para gerar consenso a uma intervenção yanquee.
    Sem se perguntar sobre ,O QUE OS PORCOS AMERICANOS TEM A FAZER NA VENEZUELA?????

    1. Guaidó não volta mais para a Venezuela. Se voltar será preso por conspiração contra a própria pátria. O Maduro e o exército venezuelano tem que prender esse vagabundo e seus asseclas.

  14. Ainda bem que o “dono” do Brasil não foi. Seria um desastre total. Mourão é mais centrado.

    1. nunca pensei que estaríamos aliviados por ter um representante militar no lugar de um presidente…ah! Brasil!

  15. Estão tomando o poder, mas não pela capacidade, e sim pela quantidade. Imbecis!!

  16. Bateu uma preocupação: Quando os EUA desistirem da Venezuela virão com tudo contra o… Brasil! Eaí como o Bozzo já declarou sua antipatia aos russos, aos chineses, á UE, à ONU e aos árabes não haverá quem possa nos defender.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.