Guedes parte para a chantagem explícita. “Não brinco mais”, ameaça

Incapaz de propor qualquer medida econômica que anime um pais que se transformou, nas palavras de Delfim Netto a Claudia Safatle, no Valor, em “um buraco negro”, Paulo Guedes insiste em seu samba de uma nota só: que apenas uma reforma estrondosa na Previdência salvará o Brasil do caos, agora já virá no ano que vem. A sua ameaça, explícita, deveria ser apavorante como a de um deus que diz que abandonará um país.

Se o Congresso não mantiver o saque das aposentadorias perto de R$ 1 trilhão, “pego um avião e vou morar lá fora”, avisa ele em entrevista dada à Veja.

Nenhuma palavra sobre qualquer projeto para a economia que não o de, com o corte dos proventos, esperar um florescimento da atividade econômica pela “confiança do investidor”.  Vê-se que é, então, a mesma ladainha de que o capital financeiro, seguro que às burras do Tesouro não faltará com que remunerá-lo – à custa da desgraça social –  se despejará em caudalosas torrentes sobre o Brasil.

Ofendo o leitor e a leitora se perguntar quantas vezes vocês ouviram esta cantilena?

Guedes, como o seu chefe, aposta em obter tudo com ameaças de caos. Na pauta econômica, seu comportamento é semelhante ao da pauta política e moral do bolsonarismo: a dominação tem de ser completa e todos devem crer no que diz e segui-lo como ovelhas.

Não há nenhum economista sério que encare a reforma da previdência como remédio imediato para uma crise que, unanimemente, todos vêem agravar-se. Certamente quase todos acreditam na necessidade de uma reforma previdenciária, mas sabem que seus efeitos só podem ser de médio e longo prazo e serão zero se não forem adotadas medidas contra o ciclo de encolhimento que o país está a viver.

E estas medidas estão tão em falta no Posto Ipiranga que até Jair Bolsonaro se lança a imaginar um “imposto de atualização de valores de imóveis” que é uma destas tolices rematadas de gente que acredita que vai “descobrir a pólvora”.

Talvez a ideia de Paulo Gueedes de pegar um avião e ir morar lá fora seja uma proposta mais eficaz para a recuperação da economia.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

31 respostas

  1. A não aprovação da previdência , Salvará o Brasil de Guedes .O que é preciso para isso ? . Rua , Rua , Rua ….

    1. A democracia é um saco… Demora demais… Tem que aturar debates… Tem que conciliar interesses… Tem que receber não apenas gente rica, mas também gente pobre… Muito melhor dar um jeito de detonar com tudo isso, para meter logo a grana no bolso e ir embora para os States.

  2. Esse excremento que fala vai é fugir pra não ser preso. Mas um dia essa corja destruidora da nação, vai pagar pelo que fez e está fazendo.

  3. Espero que já tenha ido. Se não, proponho-me a pagar sua passagem aérea (só de ida) para qualquer outro país. Se quiser ir de primeira classe, não tem problema.

    #LulaLivre

    1. Só não sei qual linha aérea faz o trajeto Brasil – Inferno… se ele quiser, a gente pesquisa horários, preços… ;-P

  4. Ele só confirma que a economia é movida pelos pobres que gastam o que ganham aqui mesmo. Traduzindo, o que ele usará não é novidade é a reforma se passar, talvez antecipe a passagem.
    Confia porque todos eles, que fazem parte dos 3% mais ricos gastam suas fortunas lá fora. Se tornarem ainda mais dos pobres, apenas agravarão o problema porque o consumo interno só diminuirá

  5. Isso tudo aí faz parte da estratégia deles. Se eles começam a resolver a crise antes da reforma, sabem que a chance de aprovar é menor. Eles mantém a crise aterradora para que fique a percepção de que qualquer coisa (até perder aposentadoria) é melhor do que continuar do jeito que tá. Depois que aprovarem aí vão tentar dar uma melhorada. O que também não é nada garantido, levando-se em conta que a ideologia liberal não tira país nenhum da crise. Na melhor das hipóteses, é boa pra quem já está com economia e desenvolvimento de vento em popa.

    1. Esse portal 13 é da sorte…Mas ele foi no portal 17 que é o do partido do JÉGUE…e foda-se lá…Ai o doido do avião da Boeing que ta caindo igual goiaba do pé, e a mãozinha do CAPETÃO, bate o top top…significa, FUDEU…com malas e cuias…

  6. Está escrito no livro do Gênesis: Deus fez a reforma da previdência e…fiat lux! O paraíso de Adão e Eva logo estava criado.

    Seria cômico se não fosse trágico para milhões de desalentados.

  7. Paulo Guedes quer fugir! É urgente começar logo pedidos de inquérito contra ele, ou pelo menos uma emergencial CPI para investigá-lo no Congresso. Alguma coisa que o impeça de dar o fora de fininho enquanto o governo macabro de seu chefe afunda no pântano. .

  8. Eu carrego as malas para esse pulha… coloco no bagageiro e falo p/ o piloto:”Não traga esse traste de volta”.

  9. O tchutchuca dos Banqueiros vai ralar peito para o exterior de qualquer forma, dando ou não o que querem os tigrãos.

  10. O Congresso está fu: ou dá ou desce. Não há acordo possível, que não seja Paulo Guedes drenar, em dez anos mais de R$ 1.000.000.000.000 (hum trilhão de reais) dos brasileiros, na realidade os mais pobres e a classe média assalariada que precisam, e muito, do INSS e previdência complementar para se aposentar. Essa dinheirama toda, claro, para ser drenada para as burras dos banco, não fosse Paulo Guedes um banqueiro. Com a sutileza que lhe é peculiar, como um grande democrata, o Ministro Paulo Guedes diz que não aceita menos de um trilhão de reais em dez anos, não interessa os demais parâmetros de que se utilizou para chegar a esse número mágico, que a ninguém, até agora, deu o direito de conferir, ou discutir suas premissas de trabalho. Que se vá, porque não deixa saudades.
    ,,,,,,,,,,,,,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *